Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa

O Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata celebra-se a 25 de maio e é um festejo lúdico criado na Galiza por pessoas que seguem a linha reintegracionista para a língua galega, isto é, que defendem aquela balela de que o galego e o português são uma só língua.

Origem[editar]

Arquivo:Cartel do día do orgulho lusista e reintegrata.jpg
Um cartaz da festa feito por reintegratas

A data foi escolhida em homenagem a O Guia do Mochileiro das Galáxias (À Boleia Pela Galáxia, no português de Portugal), de Douglas Adams, que assinalava a toalha como um dos utensílios imprescindíveis. É precisamente a toalha o motivo pelo qual muitos galegos travaram o seu primeiro contato com as localidades do norte de Portugal. Por estas razões, o Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata coincide propositadamente com o Dia da Toalha, reafirmando o caráter lúdico do evento de zoar os tugas.

História[editar]

Arquivo:Valença vista por Tui.jpg
A incrível história de duas cidades.

É bem sabido que por vários séculos, a cidade de Tui situada na Raia era frequente a invasão de portugueses durante as guerras entre as coroas de Espanha e Portugal. Por mais, que já naquele período os reis espanhóis preferissem mandar aquela gentalha tuga em calar-se e ir embora pra casa os ataques eram costumamente realizados devido a pouca distancia entre as duas cidades ibéricas.

Com o criação do Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata realizado pelos adeptos ao reintegracionismo, muitos galegos sentiram a oportunidade de se vingarem de seus vizinhos programando uma invasão de Valença do Minho, cidade limitrófe da raia, para castigarem com toalhas úmidas. Desde esse dia que os galegos de Tui costumam zoar os patrícios com essa história sendo exploradas piadas com o tema até na Desgalipédia.

Ver também[editar]