França

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


Chiracpre.jpg
ALLONS ENFANTS DE LA PUTARIE!!!


Este artigo contém altas doses de coisas francesas! Provavelmente não gosta de tomar banho. O autor deve comer muito petit gateau e camembert. Provavelmente ele mendigou na Avenue Champs-Elysèes. E eliminará de novo o Brasil da Copa!
Cuidado! A qualquer momento um alemão pode invadí-lo!
Republique Socialistique Islamique Française
Franquistão
Bandeira da França Brasão de Armas da França
Bandeira Brasão
Lema: Putaria, Globalismo e Rendição
Gentílico: Fedido Francês
Hino:
"Alguma musica pop francesa (sempre), Le Marseillaise (raramente)"
Capital Berlim Paris
Idiomas Francês (hoje), Árabe (amanhã)
Governo Globalista socialista anticristo
Emir Emmanuel Macarrão Macron
Vice-emir Algum fresco
Ministro Outro fresco
Gerentes Mais um fresco
Heróis Nacionais Napoleão Bonaparte, Carlos Magno, Charles De Gaulle
Independência 1944
Moeda Franco Euro
Religião Islamismo, Rendição, Macumba, Frescura, Exibição e Ateísmo
População 67 milhões de africanos, árabes, asiáticos e franceses, sendo que este último será a minoria até 2050
IDH 0.901
TLD .fr
Código telefônico 33
Site do governo www.surrender.com

Cquote1.png Já invadi Cquote2.png
Alemanha sobre França
Cquote1.png Estamos invadindo Cquote2.png
Refugiados sobre França
Cquote1.png Eles fedem Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre franceses
Cquote1.png Para as crianças, não basta saberem que a França é capital da europa Cquote2.png
Seu Madruga sobre França
Cquote1.png Nossa, olhem esse país que sempre ganhou todas as guerras e o seu povo cheira bem... Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre França
Cquote1.png Ich jarr invadirr várien vazes Cquote2.png
Alemães sobre França
Cquote1.png Je voceyes perderam duas guerres mondiales Cquote2.png
Franceses dando patada nos germânicos
Cquote1.png Irr vorrces perrderram quasen alles asss krieges e konflicten quirr estiverram Cquote2.png
Alemães dando uma patada mais forte nos franceses
Cquote1.png Sacrebeu! mon Dieu! '_' Cquote2.png
Franceses sobre patada dos alemães

França (Aka Fedidos) é um país da Europa, são conhecidos por perderem guerra para a Alemanha e Reino Unido, os homens serem viados e frescos e as mulheres gostosas, inventaram o iluminismo, perfume, champanhe, espumante, sexo, putaria, e a mais famosa invenção deles, a viadagem, na qual até os franceses héteros (isto non ecziste) se vestem como mulheres.

A culinária é ridícula, você come quase nada e paga muito caro, além de ser nojenta, o escargott, que não passa daqueles caramujos que você vê em um terreno que é cozido na panela, depois oferecem ele para você comer em um restaurante francês como uma iguaria, e você paga o olho da cara para comer essa nojeira.

Típica comida da França, na qual se paga muito caro e você sai de barriga vazia.

História

  • Idade Antiga e Média

Esse lugar era habitado originalmente pelos gauleses, comandados por Obelix, mas o Império Romano domina esse lugar, mostrando para os celtas, os nativos dessa região, as invenções greco-romanas, como arte, filosofia, aquedutos, civilização, e o que mais os locais adotaram, a boiolagem. No século 5, o Império Romano do Ocidente vai a falência, e a província da Gália é ocupada por povos germânicos, dando origem ao Império Franco. Então os franceses deixam a frescura de lado e adotam o cristianismo, e dominam a porra toda na baixa idade média, sob o comando de Carlos Magno. Como foram dominados pelos romanos, surge o idioma francês, a versão gay e fresca do latim, que para se falar tem que fazer biquinho. O país vira o Reino da França, na qual é divido em três estados, o primeiro estado era a Igreja Católica, o clero, que eram super priveligiados e não pagavam impostos, o segundo estado, que eram os nobres, o rei e a família real, que também não pagavam impostos e eram um bando de burgueses safados, e o terceiro estado, a maioria absoluta da população, que era o fudido, pagavam impostos pra caralho, composto por pobres, camponeses, operários e até pessoas mais ricas, como grandes comerciantes, e por razões óbvias, tinham muita inveja dos dois primeiros estados.

  • Idade Moderna e Contemporânea

Durante o Renascimento, os franceses começam o seu império colonial, cujo objetivo era espalhar a viadagem influência desta nação pelo mundo, no século 16 tentam invadir o Brasil (França Antártica), mas tomam um pau dos hue hue br e dos bigodudos tomadores de vinho. No século 18, a França só se fode, primeiro que assume o rei Luiz XVI, para você entender como era esse cara, é só pegar um jogador de lol virgem que é metido, nerd e se acha e colocar no poder, foi o que aconteceu, ele se casou com a bela princesa austríaca Maria Josefina, que era uma mulher que gastava rios de dinheiro com jóias e penteados loucos. A França entra em conflito com o Reino Unido por busca de territórios na América do Norte, dando origem à guerra dos Sete Anos, que a França sai completamente fudida e mal paga, perdendo a sua marinha e esgotando quase a 0 os recursos do país.

Embora pareça e qualquer um tenha certeza que isso é uma menina, esse é o rei Luiz XIV quando criança. Com essas roupas, ela ele ficou muito viado fofo.

Na década de 1770, os estadunidenses, cansados de serem explorados pelos britânicos, entram em guerra pela independência, e o retardado do rei Luiz, mesmo com a economia francesa em crise, envia dinheiro e armas para os rebeldes americanos, na tentativa de foder com os ingleses, mas quem se fode é a França, levando a já economia debilitada a falência geral.Em junho de 1789, o povo francês cansados de serem escravizados pela realeza, se revolta, iniciando a famosa Revolução Francesa, com o lema de "Liberdade, Igualdade, Fraternidade", que era pura hipocrisia, se você falasse um "a" contra o novo governo você teria sua cabeça arrancada em uma guilhotina. A Primeira República Francesa na teoria veio para acabar com as desigualdades sociais e implantar a democracia no país, mas na prática era o contrário, a fome aumentou ainda mais e milhares eram guilhotinados por supostamente, muitas vezes sem provas, por não gostarem da República.Os reis e imperadores da Europa, com medo que a revolução se esplhasse para os seus territórios, se juntam e invadem a França na primeira coalizão, aí que surge o lendário Napoleão Bonaparte, que não era de fato francês, e sim corso por isso que ele quase sempre ganhava as batalhas e nunca se rendia, que vence várias batalhas contra esses invasores, se tornando um herói nacional e rapidamente virando um general, sendo o mais novo deles.

Napoleão mostrando quem é que manda no pedaço

Em 1804, a França se torna um império, e espalha o terror para todos do continente europeu, especialmente a Áustria, que se rendeu mais de 8 mil vezes, mas esse terror acabaria em 1812, quando a França, com um exército gigantesco, comete a burrada de invadir a Rússia no inverno, eles conseguem capturar a capital russa Moscou, mas a cidade estava em chamas, sem nenhuma comida e com um frio de matar (literalmente), o exército napoleônico recua, quando chegam na França de volta, resta menos de 10% dos militares vivos. Vendo que as forças armadas francesas estavam fodidas, quase todos os países da Europa, incluindo todas as potências, invadem a França, vencendo de lavada, e capturam o seu imperador Napoleão, o prendendo na Ilha de Elba, mas Napoleão dá uma de esperto, foge da ilha, volta para a França, expulsa o rei e se torna imperador novamente, mas apenas por cem dias, pois o exército francês toma no cu na batalha de Waterloo, e para evitar que o general francês fizesse isso novamente, o mandam para a Ilha de Santa Helena, que fica próxima de onde Judas perdeu a bota, Acre e da ilha de Lost.

A França volta a ser uma monarquia oficialmente (denovo?) em 1815, com os monarcas voltando a fuder com o povo, mas eles não aceitam isso denovo e os expulsam na Revolução de 1848, dando origem a uma nova República, que seguindo o mesmo ciclo vicioso, vira o Império Francês em 1850, com Napoleão III virando imperador, a França até que cresce nesse período, invade o México em 1863, no final saindo derrotada (que novidade...) e sua moral não estava tão baixa, até chegar o ano de 1870, quando entra em guerra com a Prússia, perdendo feio em 1871, tendo de ceder o território de Alsácia-Lorena para o recém Império Alemão, deixar tropas alemãs ocupar o norte do país, sofre com uma revolução socialista na sua capital, a Comuna de Paris e tem que pagar uma pesada quantia de dinheiro para a Alemanha. Resumindo: a França foi completamente humilhada. Essa humilhação só diminuiria no início do século 20, na Belle Époque, época que a França se desenvolve graças aos recursos suados se suas colônias. Em 1914, começa a Primeira Guerra Mundial, e a França entra em guerra com a Alemanha, e só não perdeu por causa da ajuda das tropas britânicas. Em 1919-1923, a França se vinga do que a Alemanha fez com ela no século passado, no Tratado de Versalhes, obrigando os alemães, que perderam só por causa dos ingleses e americanos, a pagarem pesadas taxas de compensação, e ocupam a Renânia, tomando importantes fábricas alemãs. Nos anos 1930, eles fazem a Linha Maginot, na fronteira com a Alemanha, algo que foi inútil, pois os burros que fizeram isso, não sabiam que o inimigo era só passar por volta. Em 1939, a França, para mostrar que não abandonou a sua companheira e irmã de ser invadida, a Polônia, declara guerra a Alemanha Nazista por a invadir, mas no ano seguinte, 1940, se rende (já está ficando chato isso) para os nazistas, e é criado a França de Vichy, um estado fantoche fascista.

Paris no verão de 1940, não, estes não são soldados franceses, e sim alemães da Wehrmacht.

Em 1944, novamente graças aos americanos e ingleses, os germânicos são expulsos desse lugar, e surge um raríssimo francês macho, Charles De Gaulle, que se torna presidente do país por várias vezes eleito pelo povo até 1960. Em 1949, a França é uma das fundadoras da aliança militar contra os comedores de criancinhas, a OTAN. Recentemente, o país vem sofrendo com imigrantes vindos da África e de países árabes, o que obviamente fez aumentar os casos de estupros e atentados terroristas.

Geografia

O país fica localizado na Europa Ocidental, que é rica, mas totalmente sem moral, com frescura e muita viadagem, hábitos que são muito difundidos na França. O clima é totalmente desequilibrado, no verão faz um calor de 40 graus, que causa queimaduras e câncer na pele, e no inverno, faz frio pra caralho, caindo nevascas que impedem a passagem nas ruas, e ventos que congelam o seu sangue em questão de poucos minutos de exposição, o que faz com que os cidadãos franceses não tomem banho, mesmo se a água estiver morna, o que os faz feder igual um urubu em estágio avançado de decomposição.

Política

A política do país é uma merda, pois permite aos montes refugiados islâmicos entrarem no país de boa, aumentando pra caralho a incidência de atentados de terroristas, enquanto que se alguém for lá para trabalhar ou estudar honestamente, passa por várias barreiras. Eles ficam querendo invadir a floresta amazônica e reduzir a poluição global, mas a França é um dos países que mais causaram poluição e desmatamento na história e ainda causam, pura hipocrisia por parte desses globalistas fedorentos.

Macron segurando um típico cidadão francês e eleitor seu.

Religião

Um mito é que mais de 70% dos franceses sigam a religião da Igreja Católica Romana, mas a maioria da população segue, nos caso das mulheres, usar roupas e acessórios caros e de grife, a viadagem (no caso dos homens), ao longo do final da maior parte das guerras em que estiveram envolvidos, a rendição/derrota, a frescura (seguida por todas as pessoas em geral), e o exibicionismo. Por causa do imenso número de refugiados advindos de países muçulmanos, o Islamismo se tornará a maior e a religião oficial da França até 2100 (talvez até antes), e a única permitida, com o nome completo do país sendo mudado para "República Árabe Islâmica do Franquistão".

Curiosidades

  • Ao contrário dos alemães, os homens franceses não gostam de mulheres, fazem sexo apenas quando querem ter filhos, sim, eles sofrem com disfunção erétil, mas não por causa da doença, e sim por viadagem mesmo, transando apenas após muita insistência de suas parceiras (isso quando tem).
  • Como na França os seres "masculinos" são tudo gay, as mulheres são taradas e desesperadas por um estrangeiro, recorrendo até a imigrantes negões, aos odiados localmente alemães, aos indianos e a brasileiros.
  • Uma mulher branca, loira, de olhos azuis claros, linda, educada, amorosa e inteligente (de preferência ucraniana, russa ou sueca) foi posta diante de um alemão e francês, ambos solteiros, o alemão a cantou, a levou nos restaurantes, abria a porta do carro para ela entrar, a defendia sempre, a beijava de boca e língua, a agarrava, namoraram, casaram, transam muitas vezes e formaram uma família, no final o alemão diz: mulher é algo ótimo, é gostosa e me faz relaxar, adoro. Já o francês saiu correndo, dizendo: "Sai fora, xereca oxigenada, uuuiiiiii, aiinn credo, que coisa horrorosaaaa miga, vou me esconder dissannnn" (tinha que ser francês viado mesmo, o que é um pleonasmo, nem todo viado é francês, mas todo francês é viado).
  • O turismo é uma torre de ferro velho, igual aquelas de transmissão de qualquer rede de televisão, só que como fica em Paris, o povo acha que é algo top.
  • O museu do louvre tem umas obras e quadros velhos, e muito, mas muito caro mesmo, que para os ver é só abrir o livro de artes ou pesquisar na net, mas preferem gastar um dinheirão só para os ver de perto, e sua estrutura é igual o MASP, só que na forma piramidal de quatro lados (illuminati confirmado).
  • A culinária é um lixo, é uns pãos em que você acha em qualquer padaria de esquina, um caramujo nojento e sem graça caro pra caralho chamado de escargott (frango frito é infinitamente melhor) e umas folhas e pedaços de fruta e legumes que foram um monte tamanho de uma mão de um recém-nascido, e que custa o olho da cara, e os vinhos, champagnes e espumantes são iguais a qualquer um, tem o mesmo gosto e efeito, mas por serem da terra dos gauleses, são muito mais caros.
  • Sabe por que as ruas de Paris são arborizadas? Para o exército alemão poder marchar na sombra.
  • Sabe por que a França desde o início do século 20 tem estradas asfaltadas? Para os alemães poderem andar com os seus veículos.
  • Sabe por que a França tem portos? Para os alemães terem onde deixar os seus navios de guerra e os seus submarinos u-boats.
  • Sabe por que a França tem aeroportos militares? Para os alemães terem onde aterrissar os seus caças e bombardeiros da Luftwaffe.
  • Sabe por que a França tem mulheres? Para os homens estrangeiros.


Galeria de fotos muito engraçadas e verídicas sobre esse lixo de belo país (clique para ampliar)


Veja também


Países da Europa
DancingHitler.gif

Albânia - Alemanha (Nazista, Comunista, Capitalista, República de Weimar) - Andorra - Armênia - Áustria - Azerbaijão - Bélgica - Bielorrússia - Bósnia e Herzegovina - Bulgária - Cazaquistão - Chipre - Croácia - Dinamarca - Eslováquia - Eslovênia - Espanha - Estônia - Finlândia - França - Geórgia - Grécia - Hungria - Irlanda - Islândia - Itália - Kosovo - Letônia - Liechtenstein - Lituânia - Luxemburgo - Macedônia - Malta - Moldávia - Mônaco - Montenegro - Noruega - Países Baixos - Polônia - Portugal - Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) - República Tcheca - Romênia - Rússia - San Marino - Sérvia - Suécia - Suíça - Turquia - Ucrânia - Vaticano

Francia d.JPG
História da França

Eventos, coisas e ideologias que você não acompanhou porque estava com preguiça de ler as chatices da Veja

GáliaBárbarosDinastia MerovíngiaDinastia CarolíngiaGuerra dos 100 AnosIluminismoRevolução FrancesaImpério NapoleônicoSegundo Império FrancêsGuerra Franco-PrussianaTerceira RepúblicaPrimeira Guerra MundialSegunda Guerra MundialContemporaneidade


Presidentes ditadores e outros canalhas de que de vez em quando você ouve falar
Napoléon BonaparteFrançois HollandeNicolas SarkozyJacques ChiracFrançois MitterrandValéry Giscard d'EstaingAlan Porra Poher