La Frikipedia

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
OLÉÉÉÉÉ!!!

Este artigo é un forastero, com sangue espanhol! Por isso não se espante se você levar uma chifrada ou ver pingos de uma paella e azeitonas esparramadas. Ele deve ter colonizado a América e um Picasso original pode estar por trás de Você!

Cuidado! General fraco pode querer matá-lo!

77px


Quick.jpg Este artigo é sobre mais uma wiki de tortura virtual. Salve-se mudando para a Wikimerda, ou leia mais sobre a desgraça logo abaixo.
La Frikipedia faliu!
Banespa.jpeg
Cows1.jpg

Nem a Mega-Sena vai pagar suas contas!

Clique aqui pra ver quem ficou no vermelho.

60px-Uiquiilogo botante.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: La Frikipedia.
Computer01.png Freakypedia
Maquinapedia.png
"La Enciclopedia Sen Slogan"
Tem que pagar pra ver essa porra??? Não
Proprietário Freakazoid
Gênero Irracionalidade
Fundador Freakazoid
URL frikipedia.frikia.com
Maior feito
Empresas Associadas SGAE
Cquote1.png Toma-te en tu cu Cquote2.png
Cauê Moura (em péssimo espanhol) sobre Sysops da Frikipedia

La Frikipedia é uma versão hispanica do Wikidoido, que atualmente conta com mais de 8000 artigos[1], a La Frikipedia está sob a licensa LGBT. Basicamente, é o lugar perfeito para os ianques que sabem falar espanhol, pois as três wikis americanas são uma bosta, além das outras duas em espanhol serem ainda piores.

Vandalismo[editar]

Por causa desse clichê imbecil e sem graça conhecido como Chuck Norris, a La Frikipedia sofreu mass-vandalismos de apreciadores do bom humor e da piada inédita. Alguns artigos ficaram mais brancos que o Michael Jackson, enquanto outros ficaram cheios de SPAM e outros foram reescritos com ideais comunistas.

A La Frikipedia tem uma característica bem semelhante a da Desciclopédia: todos cumprem as regras, menos os admnistradores, que eliminam qualquer artigo sobre algo que eles não conheçam e não achem graça, motivo: pra não dar problemas judiciais, no caso, eles se aproveitaram do que a SGAE fez com eles pra sacanear os novatos.

Por esse motivo que, mesmo estando no ar desde 2006, a La Frikipedia ainda não conseguiu chegar aos 10.000 artigos.

A indomável[editar]

Acredite, existe uma página em meio a esses anuncios

Nos primórdios da nerdice, a Sociedade Gay Assexuada de Emos (SGAE) processou o responsável pela La Frikipedia Sheldon Cooper por "roubar seus bofes", pedindo entre 24.000 e 69.000 vibradores de indenização, Sheldon se recusou a dar seus preciosos vibradores a uma sociedade emo, então a SGAE chorou litros sobre os servidores da La Frikipedia, levando o site pra vala.

Após o encerramento, Lisa Simpson lançou uma campanha para a volta da La Frikipedia, além de Sheldon Cooper abrir o cu uma pequena indenização de 2 a 5 centavos pelo sistema de pagamentos PayDei, para que possa comprar putas que afugentem os emos.

Depois de acharem vibradores no lixo e dar para a SGAE, a La Frikipedia reabriu seu cu site um mês depois, mas substituindo a SGAE por propagandas do enlarge your penis, que, com o tempo, tomou conta de toda a La Frikipedia. Como qualquer ser humano gosta de sacanear os emos, a La Frikipedia fechou novamente por alguns segundos, mas os Frikipedianos conseguiram criar artigos sobre emos em geral.

Porém, ianques roubaram artigos da La Frikipedia através do cache do Google e levados para a Encyclopedia Dramatica, mas como a La Frikipedia é uma sociedade nerd enquanto a Encyclopedia Dramatica é uma sociedade burra, os EDiots criaram um outro site em espanhol chamado Inciclopedia, que seria a versão "argentina" da Uncyclopedia, porque a coisa que a Encyclopedia Dramatica mais gosta de fazer é ferrar com a Uncyclopedia.

Típico artigo da La Frikipedia

Em 2007, o judiciário LGBT condenou Sheldon Cooper a comer todos os emos ou iria ser acorrentado a eles pelo resto da vida, Sheldon Cooper optou por se matar.

Desde a morte de Sheldon, a La Frikipedia é cuidada por ninguém.

Autenticação[editar]

IPs não podem editar a La Frikipedia, e para se autenticar é uma merda, tem que fazer coisa pra caralho, por isso o povo até desiste. Pra começar, você tem que preencher um bando de informações pessoais, tipo quantos centimetros, que ficarão em sua userpage, e vai ter que colocar seu e-mail (que também ficará exposto) e depois ir lá no e-mail confirmar.

Quando você vai lá checar o e-mail pra tentar confirmar, é dado que o tempo expirou e agora você não pode criar outra conta na Frikipedia com o mesmo fucking e-mail. Por causa da autenticação, a La Frikipedia só consegue usuários com uma onda Friki do I-Doser, que pode ser evitada tirando o som do navegador, coisa que ninguém faz, pois gosta de ouvir gemidos enquanto bate uma no RedTube.

Galeria[editar]

Ver também [editar]

Referências[editar]

  1. Sério

Ligações externas[editar]

Enciclopédias
Wikimerda(Weirdpedia - Esquisitopedia) - Uncyclopedia(Desciclopédia - Inciclopedia - Desgalipedia - Zombiepedia - Nonsensopedia - Nonciclopedia - Hikipedia) - Whuspedia - Wikipédia - Wikipeetia - Conservapedia - RationalWiki - Bestopédia - Penicopédia - Desligapédia - Dorgadopédia - La Frikipedia - Anarcopédia - Privadopédia - Nupedia - WikiLeaks - Wikisimpsons - Metapédia - Wikidoido - Destruipédia - Otakupédia - Stupidedia - Encyclopedia Dramatica - WikiLetras - Insanopédia - Nazipédia - Crapédia - WikiPiada - WikiGP - RPG Wiki - Illogicopedia(Malucopédia - Artigpedia - Logimalpédie - Irratiopedia) - Malucopédia (Usuários) - MemesWiki - Wikiality - Payopedia - WikiIndex - EcuRed - Wikinet (Usuários) - the hidden wiki - Desciclopédia(HistóriaUsuários Banidos - Editores - Vândalos) - Encarta - Encyclopaedia Britannica - Encyclopaedia Metallum - Flapédia - Educopédia - Vândalopédia - Odontopédia - Encyclopedia Daemonica - Wikimerda (wordpress) - MormonWiki