Liber-otarianismo

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa



Nota: Não adianta chorar, liberotáriozinhos, vocês são de direita sim! E isto é uma vergonha para os direitistas!

Crazyhorse.gif Atenção, este artigo fala sobre Burrices!

Não leve nada daqui a sério, ou você corre o risco de se tornar tão burro e lerdo quanto o criador dessa joça.
Ou as burrices podem te morder.

2qjx1rl.gif
Libertarian american.png
Danielfraga.jpg

Este artigo é liberal!

Libertarianismo adora minorias, não acredita em marxismo cultural, ama a maconha mas não é um esquerdista. O autor provavelmente é anti-estado, hipster e gosta mais de criticar os irmãos conservadores que os inimigos esquerdistas.

Lembre-se de que todo esquerdista é um invejoso parasita esquizofrênico.

60px-Uiquiilogo botante.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Libertarianismo.


Cquote1.pngVocê quis dizer: Ancap "moderado"Cquote2.png
Google sobre libertário
Cquote1.pngVocê quis dizer: LiberotárioCquote2.png
Google sobre libertário

Um típico libertário

O libertarianismo (mais comumente conhecido como liber-otarianismo e lolbertarianismo) têm vergonha do fato de que a grande maioria dos políticos do mundo moderno são vampiros que se alimentam sugando o espírito livre para fora dos ossos das cotas dos cidadãos comuns através de métodos de fusão do poder do governo com o poder das empresas, fazendo o estado crescer em um ritmo alarmante, e salvando banqueiros multibilionários e investidores de Wall Street que, de outra forma, falhariam em uma sociedade de livre mercado.

Os libertários, portanto, querem fingir que nossos políticos não são líderes democraticamente eleitos. Como tal, muitos libertários estão atualmente tentando implantar na cuca das pessoas que esta ideologia visa o fim dos crescentes elementos fascistas de um governo controlado pelas corporações e pelo Complexo Industrial Militar criando um êxodo em massa para locais distantes dos centros de poder político, como a roça e a favela, onde apenas os guaxinins irão ouvir seus gritos de liberdade, porque até agora eles percebem que se esconder do governo é a melhor forma de não sofrer intervenção do mesmo.

Picuinhas políticas[editar]

  • Libertários x Socialistas - Os libertários odeiam o socialismo porque no socialismo eles teriam que dividir seu glorioso café com leite e cream cracker com requeijão com os estatistas. Os libertários também não gostam muito do socialismo porque o socialismo é vermelho e eles não gostam muito de vermelho porque socialismo lembra sangue, e sangue lembra dor e dor lembra socialismo. Eles chamam os socialistas de "socialixos".
  • Libertários x Conservadores - Os libertários odeiam o conservadorismo porque são tão anti-socialistas que acreditam em tudo o que os socialistas dizem sobre o conservadorismo: que este é retrógrado, fascista e o pior de tudo: estatista. O que eles não sabem é que o conservadorismo é o seu malamado liberalismo sem as irresponsabilidades sociais, drogas e com uma família presente e hirerárquica. Ou seja, o conservadorismo é um libertarianismo que presta. E como os libertários não prestam, eles não gostam dos conservadores. Eles chamam os conservadores de "câncervadores".
  • Libertários x Liberais Clássicos - O liberalismo foi inventado em 1759, o conservadorismo foi inventado em 1761, o socialismo em 1848. E o libertarianismo foi inventado ontem. Ou seja, os libertários odeiam coisas de velho. Por isso odeiam todas as ideologias, inclusive sua versão clássica. E claro, os liberais clássicos eram liberais de verdade, respeitavam a religião, a família e a responsabilidade. Os libertários odeiam tudo isto pois gostam de maconha, drogas, ateísmo, putaria e irresponsabilidade.
  • Libertários x Outros Libertários - Os libertários vivem brigando entre si porque uns querem lutar contra o conservadorismo, outros contra o socialismo, outros contra o fascismo, outros contra o liberalismo clássico, mas nenhum quer lutar contra todos estes juntos.

Ver também[editar]

Poop.png ESTE ARTIGO É UM ESBOÇO Poop.png
E é muito pequeno. Que tal fazermos este artigo grande?