Paradoxo do gatinho

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
No Wikipedia.png
SE FUDEU! Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Paradoxo do gatinho.

Existem duas importantes premissas da lógica tradicional:

  1. Torradas sempre caem com o lado da manteiga para baixo;
  2. Gatos sempre caem de pé.

Isso leva ao paradoxo a tentativa de amarrar uma torrada com manteiga nas costas de um gato e arremessá-lo para cima. Há relatos de que tal feito incorra na destruição de todo o universo existente, enquanto outros dizem que é justamente esta a fórmula da antigravidade. Entretanto, existiam duas teorias que contradiziam essa ideia.

Teorias[editar]

Gatoflutuar.jpg

A primeira, oriunda de brilhante Teorema desenvolvido matematicamente no livro Físiquia pária Estudântios de Educacião Físiquia, do Seu Creysson, afirma que o sistema "gato+pão-com-manteiga" cairia rodopiando em sentido horário, posto que estamos no Hemisfério Sul. (No Hemisfério Norte, o sistema rodopiaria em sentido anti-horário, por causa da Força de Coriolis, da mesma forma que uma massa de água escoando pelo ralo de uma pia.) A velocidade de rotação do conjunto seria inversamente proporcional à distância do chão e anularia a velocidade de queda, fazendo ambos caírem cada vez mais devagar - de maneira que, na altura do chão, a velocidade de queda tenderia a zero e a velocidade de rotação tenderia a infinito.

E de acordo com a Teoria da Relatividade, a distorção provocada no espaço-tempo faria todos - o gato, o pão-com-manteiga e o mané que não tinha nada melhor para fazer - voltarem ao passado, mais precisamente ao instante anterior ao início do experimento. Isso também explica o motivo de não haver nenhum relato desse tipo de experimento: talvez até mesmo você já tenha feito essa experiência com seu

Risco de uma experiência mal sucedida do paradoxo

gato, mas não se lembre porque não poderia mesmo se lembrar de ter feito algo que, no tempo real, não chegou a ser feito.

A segunda teoria é a Lei de Murphy, que afirma que o bichano simplesmente comeria o pão e ainda cairia de pé. Ao jogar o gato, ele irá comer o pão antes de cair... de pé, e depois irá vomitar em seu carpete. Caso ele não coma o pão, irá ficar flutuando. Ou ainda, escapará das costas do gato (mesmo que você use super bonder) e cairá no seu tapete.

Mas no século XIX Thomas Alva Edison foi ao futuro com uma máquina do tempo roubada de Einstein e roubou uma invenção de Homer Simpson, então voltou ao passado quando foi roubado pelo avô de Bill Gates, que lançou a invenção pelo mundo. Essa invenção era a levitação de gatinhos, provando de uma vez por todas que isso era possível. Foi inventada pelo japonês da propaganda da Fuvest (aquele maldito da frase: "Eu tava dormindo, daí minha mãe: Acorda, acoda acorda, você ficou em primeiro!")

"Se você tentou falhar e conseguiu, então você já sabe o que é um paradoxo."

Dizem que um dos sinais do apocalipse está intimamente ligado à Lei de Murphy, e surgirá quando alguém amarrar um pão com manteiga nas costas de um gato. Os gatos sempre caem de pé; o pão sempre cai com a manteiga para baixo. Não se sabe o que ocorrerá quando tão temerária ideia for posta em prática, mas cientistas da NASA acreditam que isso tirará o Universo do eixo.

Alguns cientistas também indagam que se a relação gato/pão com manteiga for feita numa menor escala (que não detone o universo) será possível gerar energia elétrica pela movimentação do gato. Talvez essa seja a energia mais limpa o possível que o ser humano possa criar, ou quem sabe uma catástrofe sem igual.

Video[editar]

Ver também[editar]