Queen

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se procura pela rainha patricinha de Pretty Cure, veio ao lugar errado, caro otaku. O artigo certo é esse


Nirvana.jpg
Passarinho.jpg
Queen é um(a) artista ou grupo musical, ou se refere a uma banda.

Além disso, este artigo pode conter assuntos sobre temas musicais, ou não.
Certamente, fãs idiotas alienados odiarão este artigo!!
331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é maior que o seu cu e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim
Wikisplode.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Queen.
Queen
Pagar la luz.JPG
Alguém pagou a conta de luz???
Origem Londrina
País Reino Úmido
Período 1970 - preguiça
Gênero(s) Pagode e balé clássico
Gravadora(s) Porkaphone
Integrante(s) Paulo Rogério
Bruno Maio
Rogério Talo
Ex-integrante(s) Frederico Mercúrio
João Diácono
Site oficial {{{site}}}


Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.


Cquote1.pngVocê quis dizer: Freddie MercuryCquote2.png
Google sobre Queen
Cquote1.pngVocê quis dizer: Pop rockCquote2.png
Google sobre Queen
Babelfish.gifTraduzindo: Rainha
Babel Fish sobre Queen
Cquote1.pngSua intenção era pesquisar: We Will Rock YouCquote2.png
Google sobre Queen
Cquote1.png Iti's a cáindi ófi méjiqui, companheiro. Cquote2.png
Lula sobre Queen
Cquote1.png No Queen, três são totalmente gays, só o Brian que é May. Cquote2.png
Piada sem graça sobre Queen
Cquote1.png WE WILL... WE WILL... FUCK YOU! Cquote2.png
Queen sobre Você
Cquote1.png Mama, just killed a man. Cquote2.png
Um pobre garoto, após compararem Queen com Muse
Cquote1.png Quero andar nela. Cquote2.png
Queen sobre BMX
Cquote1.png Isso é uma BICHOOOONAAA, Doutor!!! Cquote2.png
Severino sobre Queen
Cquote1.png Puro glamour e sofisticação. Cquote2.png
Clodovil sobre Queen
Cquote1.png Nós não somos gays, só o Freddie que é! Cquote2.png
Os outros "membros" do Queen sobre o grupo
Cquote1.png Ah, tá! Valeu! Cquote2.png
Elton John sobre o comentário acima
Cquote1.png Freddie está morto. Cquote2.png
Nietzsche sobre Freddie Mercury
Cquote1.png Ei, essa frase é minha! E a música também! Cquote2.png
Curtis Mayfield sobre Nietzsche
Cquote1.png Mr. Freddie Mercury!!! Cquote2.png
George Michael sobre Freddie Mercury
Cquote1.png Eu amo os acordes do Queen! Cquote2.png
Colega de trabalho sobre Queen
Cquote1.png Minha favorita entre todas é aquela que faz tum-tum-tá tum-tum-tá... Cquote2.png
Fã poser sobre We Will Rock You

Queen é uma banda de pagode britânica que foi formada por Freddie Mercury nos orais, teclados e viadagem, Brian Gay nas guitarras, cordas e cavaquinhos, John Deacon no baixo, alto e violino, e Roger Taylor na bateria, pandeiro, bongô e cuíca. Mais tarde, quando Freddie foi para Lap Of The Gods, May e Taylor se uniram a um cara desconhecido chamado Paul Rodgers, mas depois de duas turnês blasfemicas e um álbum de estúdio, Paul decidiu deixá-los por não suportar as comparações com Freddie e saiu em turnê com os miguxos do Bad Company.

Singles[editar]

A capa original de Sheer Heart Attack, tirada durante uma suruba, rejeitada porquê Roger Gaylor achou que não estava com batom suficiente.
  • Bicicleta de corrida - Nessa música, João Diácono fala do seu amor por uma Magrela. E também há citações a Bagres, Star Wars e a Tua Tia. Ela só fala de uma briga de uma pessoa com a outra, mas no final ele só diz que quer andar naquela porra de bicicleta. O refrão se repete 32 Vezes.
  • Rapisódia Boêmia - Fala sobre a cerveja Boêmia.
  • Pedra de Brighton - Um Révi Métal de mais de 5 minutos, com Brian May Humilhando provando sua habilidade de guitarrista. Ela abre o álbum Ataque Cardíaco, e é considerado por muitos um dos melhores solos de guitarra do Queen, só perdendo pra umas outras 20 músicas.
  • Pequena coisa louca chamada sexo - Clara cópia das músicas de Elvis Presley, mostrando que Freddie era um baita paga pau de Elvis.
  • Não Me Pare Agora - Homenagem a todos aqueles que correm pra carvalho, ou quem sabe o mais rápido de todos eles: Sonic o porco-espinho.
  • Tarado por Gordinhas - Fala de uma tara do Brian May por Gordinhas. Na capa do single e um dos seus shows eles usaram 100 gordinhas gostosas nuas andando de bicicleta durante a execução de música (Lembrando Bicycle Race). O single vendeu bem, devido a capa que atraiu muitos tarados.
  • Amante Bem Emo e Antiquado - Entalada no décimo lugar nas paradas britâncas e na posição cinquenta e dois nos Ísteistes, o que frustrou toda a banda..mas não dá pra entender essa decepção, a música era uma merda mesmo..
  • Livre para sair do armário Quebrar - Escrita em 1900 e minha vó de biquini para o álbum Os Trabalhos. Ela foi composta na época que John Deacon, o baixista da banda e compositor da musiquinha, teve dúvidas sobre a sua sexualidade, querendo assim ser livre. Mas depois ele viu que foi apenas uma fase passageira da sua vida, na qual foi um tanto influenciado por Freddie.
    Fala sério, isso lá é capa de disco que se apresente?
  • Puta Vida Dificil - Forever Alone, não fala nada com nada. Surgida em mais um momento muito solitário do Freddie Mercury, onde ele tava pegando uma gostosona italiana e prova que ele era confuso até na opção sexual, tava cheio da grana com as vendas de The Works, mas ainda se sentia Vazio. Ele compôs a letra com base na sua filosofia própria ao olhar para si mesmo e dizer Cquote1.png Como eu tô sozinho hoje..vou escrever uma música sobre isso.. Cquote2.png, daí surgiu essa filosofia de Freddie totalmente desencontrada de explicar para o mundo sua solidão, apesar de ninguém querer saber de pessoas sozinhas e desencontradas na vida.
  • Morre não, Porra - "Tecnicamente" a primeira música gravada pelo Queen e seu primeiro single, a música foi lançada em 1871 1971, e foi a primeira música da banda a entrar no top 750 da Grã-Bretanha,ocupando a posicão 722,tornando a banda desconhecida em todos as boates que tocou.
  • Rainha Assassina - A respeito de uma rainha que fuma, usa roupas de grife, come caviar, usa perfume de Paris e falava como gente da zelite. Resumindo, ela é uma puta acompanhante. Muito original.
  • Bicha da Minha Vida - Ela chegou quando foi lançada nas paradas britânicas no número 20, e nos EUA no número 60...mas também, ninguém nos ísteites gosta do Queen. Na América do Sul, fez um sucesso mediano entre os apaixonados E os idiotas.
  • Jogue o jogo - Nome desenvolvido por Capitão Óbvio, dá nome a um disco do mesmo nome (ou não) dessa velha banda ingresa.
    E é claro na mesma ordem vemos a tua Namorada, a tua tia, a tua mãe e a tua avó (materna)
  • Princesa do Universo - Faz as músicas do Slipknot parecerem canções de ninar. Ela é uma exceção em meio a álbum Pop Um Tipo de Mágica, que é muito ruim ao todo, e que até o nome é meio Aviadado.
  • Lady Rádio Gagá - Escrita pelo Gaguinho, a música fala sobre a Rádio Gagá e Rádio Gugu.
  • Shave Me Save Me - Ao ser apresentada por Brian Gay aos seus colegas de grupo, teve reações mistas, Brian teve que fazer umas alterações na música pra ela ir pro disco. Primeiro ela começa ao estilo romântico do Freddie, e vira uma balada no Refrão, e já segue um solo bem pesado pra agradar o Roger Taylor, e com uma batida meio Pop no resto que foi ideia de Deacon, e termina a música bem melada, como começou..
  • Sete Mares de Rhye - Composta à base de muito Comprimido do Mal. Freddie disse em uma entrevista: "Foi tudo fruto da minha imaginação"..ata sei..
  • Somos os perdedores Vencedores - Fez parte do repertório da banda em quase todos os shows que a Rainha fazia por onde passava. Foi também executada durante a festa do o velório de Freddie Mercury (conhecido por Tiu Freddie). A mesma tornou-se tão conhecida que passou a integrar a trilha sonora de programas vagabundos, como a Caçarola do Hulk, da Rede Glóbulo.
  • Vamos Te Quebrar - "Basicamente", é a única música que você conhece do Queen. Curta porque que os caras teriam que pensar em uma música toda bonitinha, cheia de solos de guitarras com quase um minutos de duração, mas como estavam sendo processados, tinham que compor a música o mais rápido possível!!

Álbuns[editar]

Capa original do disco "The Miracle Silver".
  • Rainha - Por ter sido o primeiro disco, claro que não teve nenhuma música especial, e é óbvio que não foi aquela coisa que se diga "Nossa! Mas que sucesso fantástico de bom por parte da crítica que obteve esse Queen", mas para um primeiro trabalho, fazer o quê...
  • Rainha 2 - Não tem nenhuma música de destaque, ninguém o conhece muito e poucos ainda baixam esse álbum no 4shared, se é que ele pode ser encontrado lá.
  • Ataque Cardíaco - Como o próprio nome diz, pode provocar um súbito ataque do coração em qualquer desavisado que o ouvir sem ter fôlego ou sanidade.
  • Noite na Ópera - Depois do lançamento de Ataque Cardíaco, que de tão ruim seu sucesso até hoje é esperado, os integrantes da banda resolveram largar de ser idiotas e tocarem sons que prestem. Daí surgiu esse álbum que é aclamado pelos posers como um dos melhores álbuns de rock para se jogar fora de todos os tempos.
  • Dias na Corrida do Rubinho - Tem a música Somebody to Love (não a do Justin Biba, sua Guria retardada! É aquela do Happy Feet) e mais um monte de música que ninguém conhece, mas é um daqueles álbuns que você compra pra ouvir porque tem uma música famosa.
  • Notícias do Mundo - Aquele disco do robôzinho, é a fraqueza de Stewie Griffin.
  • Jazz - Era pra ser sobre Jazz.Mas quando Freddie deu a ideia para seus companheiros, eles odiaram, lembrando que eles eram uma banda de Rock não de Jazz, mas Freddie ameaçou fazer um escândalo, então pra satisfazer o "Fredizinho", eles decicidaram dar o nome do álbum de "Jazz" e deixar ele fazer uma música com "jazz" no nome só pra satisfazer a Viadagem o perfeccionismo dele.
    Da esquerda para a direita temos: A Namorada, A Tia, A Avó (Catifunda) e a Mãe do Seu Pai
  • O Jogo - Foi nele que os integrantes mais pagaram de machões, usando jaquetas de couro compradas na Rua Augusta. Também nota-se na capa a falta do bigode de Super Mario no Freddie Mercury. O disco foi um sucesso nos ísteítes e na Ilha da Tasmânia.
  • Flash Gordon - O mais chato, e sem utilidade da história do Rock. Feito em apenas duas semanas, o álbum tem 18 faixas, todas chatas pra Caralho.
  • Espaço Quente - O disco inteiro é de Batidão Seratanejo, em que os integrantes fizeram tudo pelo computador, e não cantaram e tocaram quase nada. Ajudaram na produção totalmente glamurosa do disco Vera Verão,Tom Jobin e João Borrão (via Pai de santo).
  • Os Trabalhos - Conhecido pelo Rádio Gagá como única música que preste, mas também ficou famoso por I Want to Break Free, em que no clipe os integrantes Soltam a Franga se vestem de mulher.
  • Um Tipo de Mágica - As gravações foram muito Alegres. Como se pode notar pela capa do disco. A turnê desse disco foi a última feita pelo Queen, porque eles se cansaram dos fãs queriam descansar. A turnê foi mundial passando por vários países dos 5 continentes.
    Dizem que se você olhar para esta imagem por 5 segundos, você vai querer usar calças de leopardo e pintar as unhas de preto...
  • O Milagre - Realmente milagroso. Porque a banda estava quase separada, porque cada integrante já tinha arranjado o que fazer nesse tempo sem turnês. John Deacon fez uns bicos por aí, e Roger Taylor e Brian May arranjaram outras bandas desconhecidas pra se ocuparem.
  • Innuendo - Foi o último antes de Freddie Mercury virar presunto. Todas as músicas lembram tristeza e morte, porque enquanto Freddie Mercury morria aos poucos, não dava pra pensar em outra coisa. E de tão sem inspiração, Freddie escreveu uma música sobre seu gatinho de estimação (que é a música "Delilah" ), E John Deacon escreveu um Remake da vida dele em "These Are Days of Our Lives" ("Esses são os dias da minha vida").
  • Feito no Céu - Os remanescentes do Queen estavam na pior. Sem as turnês e discos, eles se viram viram perto da mendigagem. Eles não podiam fazer turnês, porque todo mundo só ia no show do Queen pra ver o Freddie Mercury mesmo. Daí o Graveto John Deacon teve a ideia de chamar o Freddie através da Mãe Diná para cantar e compor para o disco. O disco foi lançado em 1995 e ajudou os integrantes do Queen a não morrerem na miséria.

Integrantes[editar]

Brian May[editar]

Pesquisa.pngVer artigo principal: Brian May

Brian May: A primeira propaganda do Bom Bril

Nome artistico de Bruno Maio. Em 2002 e em 2006, Bruno foi considerado o Melhor Trompetista do Mundo, O Premio foi colocado pela SBT Americana em duelos de solos feitos por trompetistas. A 1ª Banda de Bruno Maio, foi aqui no Brasil, se chamava 1984, mais infelizmente não acabou dando certo.

Bruno gravou algumas músicas junto com o Gay’s n Posers para o tão esperado álbum que nunca sai Korean Demo...crazy, mais recentemente, Axe Rosa vetou as partes do Bruno no álbum, sem motivos maiores. Bruno montou uma nova banda com seu parceiro de looooonga data, Rogério Taila.

O Mestre e Influênciador de Bruno Maio é nada mais nada menos que Chimbinha. Em um Show, Bruno ficou muito nervoso com o vocalista por ter errado a letra da música que ele escreveu e resolveu dar um murro no rapaz Bruno quando estava sem banda, após a morte de Frederico Mercúrio, estava planejando fazer parte do Metallica

Roger Taylor[editar]

Pesquisa.pngVer artigo principal: Roger Taylor

Rogério antes da fama

Nome artistico de Rogerio Talia. Quando jovem, Rogério tinha fetiches de se vestir como mulher, e conseguia ganhar alguns trocados quando passou fome na Inglaterra. Em maio de 1900, em troca de alguns trocados, ele entrou como homem-bomba no exército do Iraque. No natal do ano seguinte, seu pai lhe ofereceu uma AK-47 para ajudar nos seus exercícios, mais ele se recusou porque ele queria ser músico, deixou o exército, seguiu para Londrina para estudar Administração e conheceu Bruno Maio e Atchim Staffell formando o grupo Risos.

Ele é mais conhecido como tamborista, ele escreveu músicas para os álbuns desde o princípio, contribuindo pelo menos com nenhuma faixa em cada álbum, como: "Eu Estou Transando Com O Meu Carro", "Rádio Gagá", "Algum Tipo de Macumba", "Me Moendo", etc... Rogério foi o primeiro integrante do Queen a querer ser mais que os outros e desenvolver uma carreira solo em 1913 com o compacto Eu Quero Testar, Ligue a Porcaria da Televisão.

Depois de muito tempo, em 1994, Rogério gravou o single "Areias Desaparecidas" com o ex Jaspion Yoshiki, e regravou "Destinação Final” do "The Mountain Bike"

Paul Rodgers[editar]

Pesquisa.pngVer artigo principal: Paul Rodgers

Paulo tocando um Pagode com os miguxos

Nome artistico de Paulo Rogério.

Nasceu em Middlesburger, Habib's, em 17 de Fevereiro de 1849. Foi o mítico Vocalista da banda Livre, deformada no começo de 1860 que tentou ter exitos com "desejando Bem Mal" e "Tudo Bem Agora, Eu Espero", que mais tarde iria acabar dando para Freddie Merc.., ops, lugar à Má Companhia, que também teve horriveis exitos tais como "Você Não Me Dá Prazer" e "Sentindo Algo Dentro de Mim".

Recentemente Rodgers fez uma tour com o Queen (tentando ocupar o lugar do seu ex) e está juntamente com "Bruno Maio" e "Rogério Taila" na turnê do novo CD intitulado "Guerra nas Estrelas". Paulo Rodgerio gostava de se vestir de rosa e atuar como Frederico Mercúrio no palco, em homenagem a ele.

Ex-integrantes[editar]

Freddie Mercury[editar]

Freddie entrevistando Dudu Nobre

O jovem Frederico Mercurio desde cedo mostrou talento para atividades bem abichonadas como pintar porcelana, assistir aos jogos do (curitias) corinthians e dar a bunda. Através dessa ultima descobriu seu talento para o canto, quando em uma brincadeira com seu colega Jorge emitiu um agudo si bemol de dor e prazer.

Infelizmente, seus pais também descobriram o talento do filho para a música, quando o flagaram com a boca no microfone de um coleguinha de turma, e o expulsaram de casa. Freddie então procurou abrigo na Associação Cristã de Moços (a popular YMCA), aonde conheceu vários rapazes carinhosos que mudariam a sua vida. Dentre eles, George Michael, que se tornou seu amigo de mordeção de fronha.

De tanto morder fronha, contraiu uma curiosa forma de hemorróida que com o tempo se tornou um câncer, explodiu e criou metástase, gerando uma curiosa forma de AIDS. Freddie morreu curiosamente no dia 24 (24 de novembro de 1991), tendo o seu último desejo atendido: sua operação de mudança de sexo onde pode dizer finalmente suas últimas palavras: I Have a vagina! Curiosamente, ele morreu no mesmo dia em que morreu Eric Carr, o ex-baterista do Kiss. Na época, eles assistiram a fita da Samara uma semana antes quando estavam numa festinha particular e pegaram a fita achando que fosse um pornô e...deu merda!

John Deacon[editar]

João conferindo se o desodorante está vencido

Nome artistico de João Diácono. João integrou-se ao grupo oficialmente em 1871 e chegou a tentar assistir algumas apresentações do Queen com um baixista anterior, tão ruim quanto ele mesmo, o que não fica claro a predisposição de ódio que Bacon tinha em ralação ao grupo homosexual

Isso aconteceu após ele partir para estudar engenharia eletrônica em Londrina e fazer um teste de fidelidade para completar a banda. Era tido como o "âncora" do quarteto, além de contabilizador das finanças e engenheiro de som do Queen, desempenhando particularmente nos trabalhos de estúdio a função de regulador de áudio, já que no baixo não tinha jeito mesmo.

Seis mil anos depois da banda do QUeen perder o seu vocalista Frederico Mercúrio, João Bacon desligou-se definitivamente do grupo, da música, da família, do mundo, e foi para Marte. Segundo divulgado na imprensa, João teria ficado muito desapontado com os rumos que os outros dois integrantes do Queen, Bruno Maio e Rogério Táila, deram à obra do grupo, uma vez que os mesmos tocaram com Robin Hood (uma versão de Nós eramos os Campeões que entrou na trilha sonora do filme YMCA que João definiu como uma grande Bosta), e com o grupo de jovens gays Five.

Em miados da década de "1880", os integrantes do Queen já desenvolviam carreira solo. Bacon chegou a criar um grupo de rap batizado "Os Imortais", que teve vida breve, já que não eram Imortais. A dúvida que fica até hoje, é se Bacon pensava em se afastar de seus miguxos do Queen, já que atravessavam problemas internos e profissionais por essa época.

Álbuns ao vivo[editar]

Live at the Wembley[editar]

Isso lá é foto de CD que se preste?

A ideia surgiu um ano antes de começar a turnê, quando Freddie Mercury descobriu que tinha Aids, então ele decidiu que o Queen devia ser filmado o máximo possível antes da banda acabar e também Freddie adorava se mostrar, e quase todos os shows dessa turnê foram filmados. Logo foram procurando um lugar que coubesse 500.000 pessoas e que o aluguel do lugar custasse o mínimo possível, então John Deacon logo achou o tal lugar: O Incrível Estádio de Wembley. O lugar foi escolhido porque nos camarins cabiam de tudo, desde a equipe de maquiagem pessoal da banda (que gay!), a incrível coleção de guitarras e cavaquinhos do Brian May, e a coleção de vibradores do Freddy Mercury.

Como não estavam ali pra brincadeira, e iam ter que entreter mais de 500.000 mil pessoas durante quase 2 horas, eles tiveram que ensaiar muito. Brian May foi ter aulas particulares de guitarra e banjo com Jimi Hendrix via pai de santo. Roger Taylor foi ensaiar batuque na própria casa, e foi interrompido várias vezes pelo seu vizinho mala. John Deacon foi tocar Punheta baixo com seus amigos baixistas de outras bandas que ninguém lembra que existem. Freddie Mercury foi ensaiar seus passos no Balé de Bolchói em Joinville. Depois de meses de ensaios, finalmente achavam que estavam prontos.

Queen Rock Montreal[editar]

Ficou marcado como o primeiro show da história gravado em qualidade HD,mas não adiantou muito, porque na época só existia Fita K7,e a imagem ficava uma bosta de qualquer jeito..ainda bem que ele foi relançado em DVD,na sua qualidade total, mas foi um fracasso de vendas, porque ninguém sabia que esse show existia.

Freddie dando a bunda para o publico

Como o Freddie Mercury gostava muito de aparecer e se exibir diante de câmeras, o pessoal da banda decidiram gravar seu primeiro show para agradar o Freddie Mercury. Então escolheram um lugar onde eles eram bem populares pra ninguém reclamar do repertório,daí tinham 3 opções:Inglaterra, Lesoto e Canadá..escolheram a terra da Polícia Montada porque já iam fazer um show lá mesmo. Dois dias depois pegaram suas tralhas e viajaram rumo àquela terra distante.

Quando lá chegaram, o pessoal da banda já foram decidindo o que iam fazer no show. Logo Freddie já foi pedindo pra filmarem o filme em alta definição porque era muito fresco queria que seus fãs os vissem bem. Só não sabiam que Fita K7 não suportava HD, então não adiantou Porra Nenhuma o gasto a mais com câmeras em alta definição. O repertório foi escolhido a dedo para agradar aqueles viados do Canadá, cantando canções que só fizeram sucesso lá, como a versão "rápida" de We Will Rock You (We Will Rock Fast) e Tie Your Mother Down e mais um monte de músicas desconhecidas.

Live Killers[editar]

Mais uma capa que esconde a verdadeira preferencia sexual

Só foi gravado graças a mais uma frescura da Banda, para registrar a fase Anos 70 deles.

O Queen estava mudando, não se podia negar..todos estavam se embaitolando mais, todos cortaram o cabelo (menos o cabelo de Bom Bril do Brian May) e até o gosto musical deles mudava (para que seria o primeiro disco aviadado deles, The Game), mas Freddie, não queria deixar em Branco a fase Semi-Macho anterior da Banda, e por isso resolveu fazer uma turnê no inverno de 1979 só pra gravar o disco, a famosa turnê menor que pinto de japonês, a Crazy Tour. Teve esse nome porque houve muitas Loucuras durante ela. Passou somente pelos Estados Unidos.

Freddie achou que pra registrar todo o repertório da banda, era necessário Dois LPS, então, por mais uma Frescuragem dele, foi lançado o Primeiro e único disco duplo da história do Queen. Esse Disco vendeu um monte cópias, e é considerado um dos melhores de todos os tempos, simplesmente por falta de discos concorrentes no Seguimento. Tem faixas do tempo do Uepa!, como Keep Yourself Alive, Killer Queen e outras desconhecidas da banda e que ninguém queria ouvir, mas Freddie queria no disco porque segundo ele Cquote1.png Nós devíamos registrar todas as canções dos anos 70, antes que a gente Arransse o Azulejo de Vez Cquote2.png.

Video[editar]

Ver também[editar]

Queen picking.jpg
God save the Wikimerda
The £ondon Royal British Association of England, Merlim's Order First Class, Scotland Island, Ireland, Beatles Band and Walles and Gales garantem que este é um artigo 100% ingreis e industrializado legitimamente da Ingraterra, casto e muito vitoriano e tendo a aprovação da Rainha Elizabeth II, do £ewis Hamilton e da Câmara dos £ordes!

Se o artigo for sem graça, é apenas humor britânico. Afinal, vocês querem o quê, Monty Python?

£embre-se: Deus te ama... mas os argentinos, franceses e alemães te odeiam!

Roger Waters.jpg
Kurt cobain angry.jpg

Queen pode levá-lo para o lado azul da força

É muito barriga, Senhor Macho! Digo... .


Nem pense em vandalizar, senão Kratos irá matá-lo!!