☭ 中國的獨裁統治不得人心 ☭

De Wikimerda
(Redirecionado de República Popular da China)
Ir para: navegação, pesquisa
中國的獨裁統治不得人心
Ditadura Impopular da China
Ditadula Impopular da Xina, né?
Lepública Popular da Xina
Taiwan Pobre
Bandeira da República Popular da China Brasão de Armas da República Popular da China
Bandeira Brasão
Lema: Made in China
Gentílico: Maoísta
Hino:
"Chinaaaaaa in Box"
Capital Chinatown
Idiomas 中國普通話語言
Governo Nacional Socialismo
Fascismo
Ditadura Democrática Popular
Fascismo vermelho
Capitalismo (em 2% do país)
Comunismo (no resto)
Censura Chinesa
Fuler, né? Mao Tsé-Tung
Vice-Fuler, né? Jackie Chan
Ministro Hello Kitty
Gerentes Bruce Lee
Jet Li
Jackie Chan
Pai Mei
Heróis Nacionais Jet Li
Bruce Lee
Hello Kitty
Jackie Chan
Mao Tsé-Tung
Pai Mei
Chinês corajoso que encarou uma frota de tanques de guerra sozinho
Independência Do quê se a China é o país mais antigo desse mundo véio sem portêra
Moeda The Kung Fu Dollar
Religião Ateísmo
Maoísmo
Taoísmo
Budismo
Fascismo
Confusionismo
População
Counter.gifCounter.gif
IDH 0554731458169779157
TLD .chingchangchong
Código telefônico 000
Site do governo 38zu.cn
Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.


Cquote1.pngVocê quis dizer: XinaCquote2.png
Google sobre China
Cquote1.pngVocê quis dizer: ChanaCquote2.png
Google sobre China
Cquote1.pngVocê quis dizer: TaiwanCquote2.png
Google sobre China
Cquote1.pngVocê quis dizer: SheenaCquote2.png
Google sobre China
Cquote1.png Um país grande, habitado por muitos chineses Cquote2.png
Charles de Gaulle sobre China
Cquote1.png Ching Wong Pong! Cquote2.png
O espírito Chinês
Cquote1.png Eles traíaram o movimento socialista véio!!! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre a China
Cquote1.png País de atletas dopados!!![COI Cquote2.png
a China
Cquote1.png Sheena China is a Punk Rocker! Cquote2.png
Ramones sobre a China
Cquote1.png Mais original impossível! Cquote2.png
Camelô sobre produto chinês
Cquote1.png Grande coisa, muito antes Adão já comia com um só Cquote2.png
Oscar Wilde sobre a tradição milenar de comer com dois pauzinhos
Cquote1.png A muralha da China é uma das sete maravilhas do mundo. Cquote2.png
Velha desinformada sobre as Maravilhas
Cquote1.png Até isso é falsificado! Cquote2.png
Resto do mundo sobre comunismo chinês
Cquote1.png Seu trouxa!!! Cquote2.png
Colombiana de 12 anos sobre Chinês
Cquote1.png Sr. Deng, derrube esse muro Cquote2.png
Ronald Reagan sobre a China
Cquote1.png Em um bosque lá na china, a xita se perdeu Cquote2.png
Mao Tse-Tung sobre ter perdido sua primeira parceira sexual na China e ter resolvido se vingar do povo chinês por isso
Cquote1.png Made in China! Cquote2.png
Qualquer etiqueta americana sobre a China
Cquote1.png A China é uma grade ilha no pacífico, com ratos gigantes saltadores e outros animais estranhos Cquote2.png
Dilma Rousseff sobre a China
Cquote1.png Eu devia ter comprado o mais caro... Cquote2.png
Qualquer um sobre produto chinês
Cquote1.png Os chineses comem qualquer coisa que tenha quatro patas ou mais Cquote2.png
Alguém que conhece muito bem a finíssima e distinguida gastronomia chinesa
Cquote1.png ABRE O OLHO, PORRA Cquote2.png
Ocidental sobre chinês de olho arregalado
Cquote1.png Se um chinês diz que ele vai fazer alguma coisa em um piscar de olhos, significa ele vai fazer antes de você, é um fato Cquote2.png
Albert Einstein sobre China
Cquote1.png Nosso pau é maior! Cquote2.png
Japão sobre China
Cquote1.png Ah sim, China, a Itália da Ásia Cquote2.png
Benito Mussolini sobre China

A República Popular da China (RPC; chinês simplificado: 中国共产党一党专政人民不可当家作主共和国, chinês tradicional: 中國共產黨領導多黨合作制下華夏人民不便當家作主的共和國, por extenso: Zhōngguó Gòngchǎndǎng Yīdǎng Zhuānzhèng Rénmín Bùkakke Dāngjiā Rénmín Zuòzhǔ Gònghéguó) é um mecanismo de apoio fundamental para a indústria varejista dos Estados Unidos da América. É conhecida como o lugar onde tudo nasce. Tudo foi inventado primeiro na China, incluindo a televisão, a internet, os banheiros, o Japão, o papel, o queijo, a poluição industrial, os mexicanos, a gripe aviária, a homossexualidade, a pólvora, os astronautras, os judeus, nazistas, os preservativos, o fascismo e os Estados Unidos.

Durante séculos, a China foi governada por uma série de dinastias auto-suplentadas por ocasião programada e formal, sem necessariamente derramar sangue. Depois de uma guerra civil de cinco horas súbita e inesperada em 1949, os comunistas liderados por Mao Tsé Tung assumiram a China em uma revolução impopular financiada pelo tráfico de pandas e pela venda de fetos abortados para a Pepsi. Relatos de testemunhas oculares confirmam que Bruce Lee estava lá. A República Popular da China tem estado muitas vezes em desacordo com o império ianque, mas desde 1972 que os dois países têm a má vontade se reunir anualmente para trocar presentes.

A China é um país habitado, em sua maioria, por homens chineses com pele e olhos amarelos. Embora eles sejam todos a mesma merda na visão dos demais habitantes do planeta, os chineses são capazes de se distinguirem um do outro e se reconhecerem entre si. Para possuir este estranho dom, eles sacrificaram a capacidade natural e simples de reconhecerem os habitantes dos outros países. uma pena. Também há rumores de que não tem porra nenhuma neste país, já que todos os chineses parecem ter migrado para outros lugares. O país também possui uma infinidade de doenças (algumas mentais) muito conhecidas como a doença do pau na boca (encefalopatia boqueteforme), a gripe aviária (encefalopóide aviãozis), a doença da vaca louca (anencéfaloboi leitus), entre outras.

Os chineses são conhecidos como grandes escravos trabalhadores manuais com manuais com grandes mentes capazes de criar todos os tipos de acessórios ininteligíveis que você irá encontrar em qualquer lugar. Eles também são famosos em todo o mundo por sua comida de origem misteriosa, e quando a origem não é misteriosa, eles a comem da forma mais bizarra possível. Entre seus hobbies estão censurar todos aqueles digam algo negativo a respeito de seu governo do povo e para o povo. Em um futuro nem tão distante, decidirão unir-se ao Japão para criar o futuro estado lunar Chipão.

História[editar]

Pesquisa.pngVer artigo principal: História da China

Política[editar]

O Exército de Terracota foi criado em 210 aC para esconder a coleção de pornografia impertinente do Primeiro Imperador Qin, que tinha um fetiche por anões, cavalos, mulheres cegas, mulheres sem pernas, meninos de 10 anos de idade, e velhas

Pesquisa.pngVer artigos principais: Ditadura, Fascismo

A China é hoje considerada uma das últimas repúblicas socialistas soviéticas ainda vigente, juntamente com Cuba, Venezuela e Coreia do Norte, sendo portanto o mais bem sucedido estado comunista/socialista/soviético/autoritário/ditador do mundo. É reconhecido por seu sistema político que mais respeita os direitos humanos e as liberdades individuais do mundo, garantindo constitucionalmente, em prol dos bons costumes, proibições que todos bilhões de chineses concordam serem corretas, aceitáveis e coerentes, como as proibições de fazer sexo, proibição de assistir seriados americanos que apareçam mulheres de biquínis (ou seja, todos), proibição de acessar sites na internet com conteúdo subversivo como Xvideos ou Wikipédia e proibição de seguir as religiões ocidentais por mais estranhas que elas sejam. Analistas políticos denominam a China de comunismo de mercado, que consiste em variar sobre ser comunista e ser capitalista de acordo com a conveniência do momento variando também de pessoa pra pessoa, algo que Adolf Hitler e Benito Mussolini tentaram fazer, mas falharam porquê com mercado ou sem mercado, o comunismo é fail. A Iugoslávia também tentou fazer mas que falhou por ser a união de uns 50 povos num pedaço do tamanho de Hong Kong sozinho, enquanto a vastidão continental da China é um povo acostumado a só estar nos campos plantando arroz, foi fácil alavancar o país para o posto de mais rico do mundo.

A China foi unificada em 4.400 A.C por Chin Shi Huang Di, o primeiro imperador, que era algo como o Hitler do Antigo Oriente. E desde então se seguiu uma larga tradição de políticos fascistas que se sucederam no cargo até a vinda do libertador Mao Tse Tung, que libertou a china da monarquia absolutista de terceira via para instaurar uma ditadura comunista disfarçada (muito mal) de democracia popular. Depois de grandes reformas e planos quinquenais que converteram o povo chinês em escravos trabalhadores produtores de mercadorias baratas, a China acumulou capital suficiente para virar a dona do mundo, diferente do que aqueles americanos porcos capitalitas fascistas liberais (sim, as duas coisas ao mesmo tempo, foda-se a lógica) nazistas sionistas (sim, as duas coisas ao mesmo tempo, foda-se a lógica)² conservadores retrógrados. Atualmente a China é uma democracia popular, pois o atual povo chinês escolheu que o governo deveria ser eterno em 1949, eles conseguiram voltar no tempo graças a gloriosa tecnologia chinesa, fruto de um trabalho coletivo onde os trabalhadores optam democráticamente e humildemente por não receber salário. E ainda recebem umas chibatadas como lazer.

Cquote1.png Eu que mando nessa pola, HAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Xi Jinping sobre Política da China
Cquote1.png Você traiu o movimento comunista! Cquote2.png
Josef Stalin sobre citação acima

Partidos políticos[editar]

Motoristas chineses enfrentam desafios divertidos em seu dia a dia
  • Partido Comunista da China - De acordo com a constituição chinesa, é o único partido permitido de existir pelo fato óbvio dele ser infalível, correto e supremo o que torna automaticamente irrelevante e redundante a existência de qualquer partido opositor que automaticamente será falível, errado e fraco, e isso é verdade se considerar que é assim desde 1949. Algo errado não duraria tanto tempo, não é mesmo? O partido não é chinês, visto que sempre foi internacional, mas decidiu manter o nome para imitar o fascista-mor Benito Mussolini mantendo o nacionalismo. Este partidão está no domínio de associações estudantis mundiais, em especial as brasileiras, instituições antigas que ainda hoje servem de cabide de empregos para desocupados que não gostam de estudar. O ideal do PCC sempre foi atransformar o país em uma nação de plantadores de arroz miseráveis e aleijados de tanto pisar em minas terrestres, na qual a corrupção e o sedentarismo da vida urbana fossem completamente erradicados. E a melhor forma de erradicar isso era matando seres humanos, a causa de todos os problemas. Esse ideal sempre foi bem sucedido.
  • Frente Unida de Partidos Democráticos - Um grupo de dissidentes infiltrados dentro do PCC que se cagam na calça de medo do Grande Irmão (ou o Cartaz Enorme de Mao Tse Tung na Praça da Paz Celestial) e sonham que um dia a China inteira possa ser como Taiwan, ou seja, meros escravos econômicos dos estadunidenses.

Poderes[editar]

Legislativo[editar]

O antigo filósofo Confúcio (551-479 aC); Confúcio dizia: Cquote1.png É preciso muita madeira e muitos parafusos para fazer um berço, mas apenas um parafuso para preenchê-la Cquote2.png

O Congresso Nacional Popular é composto por 3000 delegados e funciona no formato zerocameral, ou seja sem representatividade prática, pois para ser delegado do congresso o político deve submeter-se a um processo de lavagem cerebral nos porões da Cidade Proibida onde é transformado em um robô sem emoções. Os delegados de Macau, Hong Kong, Tibete e Taiwan são normalmente bonecos espantalhos vestidos em ternos, localizados no canto escuro do congresso para parecerem chineses de verdade, com os braços erguidos para o alto de maneira a sempre votarem positivamente nas propostas lançadas pelos presidentes do congresso. Até existe uma tal Assembleia Nacional da China, todavia ela é absolutamente inútil e se encontra no momento abandonada, pois uma vez que a China se declarou orgulhosamente um país comunista, qualquer constituição que a assembleia venha cogitar criar, o poder executivo do país a rasgará, tendo então os deputados chineses como única atribuição elaborar leis acerca do aumento do salário dos políticos e do aumento do imposto sobre o arroz ou sobre o serviço de plantar arroz. É responsável por colocar em prática os delírios do executivo e do judiciário, e, consequentemente, criou toda a monstruosa máquina burocrática da China. Até 1952, ele era apenas um cargo técnico, mas como Mao Tse Tung tinha uma série de miguxos para agradar, visto que estes lhe deram apoio nas horas mais difíceis, ele resolveu arrumar um bico para cada um deles.

Dessa forma, o legislativo é ampliado, tendo dois responsáveis e sete mil quinhentos e vinte auxiliares, sendo que esse contingente é de antes de Liu Shaoqi assumir o poder. Mao Tse Tung, sempre ele, resolveu criar mais um poder, o executivo, para inflar o próprio ego e demonstrar que ele era melhor que os outros. Pouco tempo após assumir, perdeu-se as contas de quantos camaradas trabalhavam no legislativo, ainda mais depois que Mao Tse Tung sancionou um lei para que houvesse um representante do poder em cada cidade com mais de 25 mil habitantes. Com isso, o legislativo seguiu ganhando importância e inventando novas formas de tornar as coisas mais complicadas e com uma quantidade maior de documentos a serem preenchidos e protocolados. Eis que nasce a burrocracia burocracia chinesa, famosa por não ter seus recordes de tempo, gastos e paciência ainda quebrados, sendo os mais longos que já existiram. Em 1954, foi fixado o número de cinco titulares e dois candidatos. Esses suplentes, para aguentar a ansiedade de, um dia, assumir um posto permanente, contavam com um staff de 440 auxiliares para fazer suruba de auto-ajuda, oferecer calmantes, pastel de flango e outros serviços que pudessem ser requeridos. Mao Tse Tung, que não gostava nem um pouquinho de aparecer e ter poder, seguiu sendo membro do leislativo, mesmo que sua única função fosse a de ir nos coquetéis e festas de lançamento de novos armamentos, para encher o bucho.

Cquote1.png É igualzinho a um certo cargo de meu partido Cquote2.png
Vladimir Lenin sobre legislativo chinês

Executivo[editar]

Típico restaurante chinês onde servem toneladas de molho de soja

O presidente da China tem poderes de chefe supremo de estado seguidor ferrenho do maoísmo e sua função não é administrativa, mas meramente cerimonial, e seus mandatos são de 10 anos, quando o atual presidente deve renunciar sob ameaças de morte. Devido ao caráter monarquista de governo, não existem na China algo como eleição direta a presidência, mas sim uma linha de sucessores de um grupo de possíveis presidentes pré-estabelecidos por um alto-imperador de nome de batismo desconhecido, mas denominado apenas como "Grande Irmão". O executivo tem mais de oito mil benefícios, como vale-compras infinito no Wal Marx, trezentos camponeses para realizar serviços em sua casa, quinze moças virgens da República Checa e uma biblioteca com todos os livros de Lenin, Karl Marx, Gueorgui Plekhanov, Paulo Coelho e Bruna Surfistinha, além de suprimento infinito de pastel de flango.

O executivo já chegou a ser denominado de secretariado-responsável ou secretariado-primeiro, mas como os executivos não eram responsável e nem os primeiros, pois, como eram homens, quem mandava mesmo era a mulher. Mao Tse Tung não gostava da referida denominação, preferindo ser chamado como Deus, MaoMao ou Tio Mo. Após o fim do período maoísta, nada mudou em relação ao executivo, com a diferença de que os sucessores passaram a delegar funções mais dispendiosas, como despachar camaradas para o Himalaia ou assinar papelada na mão de assessores associados a outros setores, como o Diário do Povo e o China in Box, respectivamente. Dessa forma, sendo mais como de função decorativa, o executivo é o símbolo do partidão e da própria China, mas, na prática, podia ser limado caso tomasse uma direção diferente da doutrina maoísta, como Liu Shaoqi sentiu, ao ser removido do cargo para ser substituído por Li Xiannian.

Judiciário[editar]

O caractere chinês DHO, traduzido aproximadamente como Impossivelmente complexo sistema de escrita baseada em pictogramas que uma pessoa leva mil anos para aprender

Os tribunais chineses são considerados um dos mais rígidos do mundo, com pelo menos umas 156 penas de mortes previstas, inclusive para quem controle infringir as diretrizes de planejamento familiar, onde é proibido ter mais de um filho de maneira que o sexo anal é incentivado por propagandas do governo, e caso desobedeça o segundo filho de um casal é doado para plantadores de arroz do Laos. Outra lei importante é a Lei de Diretrizes Básicas de Conduta Saudável na Internet, onde os juízes chineses podem arbitrariamente mandar uma equipe de batalhões especiais entrar de rapel no apartamento de um chinês, caso em sua internet monitorada seja detectado que ele escreva no Google palavras como "protesto", "Estados Unidos", "direitos trabalhistas", "Taiwan", "Capitalismo" ou "liberdades individuais". Os juízes chineses que compõem a Suprema Corte Popular são meramente parentes dos deputados da Assembleia Nacional da China, afinal, na China não existe curso de direito, pois ele foi abolido junto com todas as escolas do país em 1980, e portanto para eles o poder judiciário é só um lugar para receber salários enormes, mesmo que façam nada durante todo o mandato de juiz.

Um dos tribunais chineses mais famosos é o 高級選舉法院, organização criada por trotskistas que têm como objetivo esconder o verdadeiro governo, fazendo o povo acreditar que existe democracia no país. O 高級選舉法院 foi fundado em 1957, por Chen Duxiu para fiscalizar se Mao Tse Tung não era uma encarnação de Josef Stalin. Depois de sua morte, Mao Tse Tung decidiu manter o 高級選舉法院 a fim de garantir que os coronéis pudessem seguir manipulando os processos eleitorais com segurança. Outro tribunal famoso é o 最高法院. A ele cabe defender os interesses do Partido Comunista e dos políticos chineses, resguardando a liberdade e o patrimônio dos mesmos. O papel desse tribunal, que é a mais alta instância do poder judiciário chinês é de suma importância para o a China, pois além do papel defesa dos políticos e traficantes, ele tem o papel de tribunal constitucional, cabendo a ele decidir sobre a constitucionalidade das normas, atolando o máximo que pode os processos judiciais através da criação de princípios alucinógenos do direito e fornecendo emprego farto para os milhares de advogados chineses.

Relações exteriores[editar]

Made in China

Em primeiro lugar, qualquer país do mundo que queira estabelecer relações com os chineses, precisam assinar um documento chamando Política de Uma China onde deve reconhecer que a ilha de Taiwan é uma ilha inabitada e o Tibete é uma região repleta de gente feliz com o governo. A China é um dos integrantes perpétuos do Conselho de Segurança das Nações Unidas e portanto tem pica grossa (no sentido figurado). É o país que mais gosta de ser do contra no conselho, vetando praticamente qualquer resolução que surja. Basicamente os chineses são fãs de controversas e por isso são nada amistosos com seus vizinhos, gostando de declarar que são donos de ilhas japonesas, russas ou coreanas, e montanhas indianas, tadjiques, mongóis, vietnamitas e nepalesas. A china não acredita e não conhece que existe algo além da Rússia, Estados Unidos, Coreia do Norte e Japão, que são justamente os únicos quatro países que detém negócios ou algum tipo de relação bilateral. As relações com os Estados Unidos, porém, são de subserviência absoluta e total, tanto que são os americanos quem escolhem os presidentes da China e tudo mais.

O Congresso Nacional Popular, e não é a União Soviética

Em um discurso no início de 1952, Mao Tse Tung expressou sua política externa muito claramente:

Quote1.png O mundo develá ploduzir pastel de flango, o fascismo develá ser implantado em toda a Ásia. O impelialismo deixalá de leinar, o modelo fascista dominalá. Os polcos amelicanos não podelão abandonal suas posições, por isto develão ser mortos. Pala um mundo esclavo plodutor de pastel de flango!!! Cquoteclear2.png


Muitos não entenderam, então Mao Tse Tung resumiu:

Cquote1.png 迪克在他的屁股 Cquote2.png


Claramente, a política externa de Mao Tse Tung era agressivamente nacionalista. Mao acreditava que todos os outros países eram inferiores a China. Isto deixou Nikita Khrushchov muito irritado, pois ele achava que a Mãe Rússia era superior e chefe do mundo. Nikita foi tirar satisfações com Mao, fazendo Mao descobrir que o chefe-de-estado soviético era seu inimigo eterno de infância. Nikita aproveitou pra dizer que havia matado Stalin, amigo de Mao. Com isto, Mao ficou puto com Nikita e o mandou para o Himalaia.

Geografia[editar]

Você não tem direitos aqui, porco fascista

A China é o terceiro maior país do mundo em território, perdendo apenas para a Rússia e para a Sibéria, compõe 95% do território total da Ásia. Faz fronteira à nordeste com a Manchúria, ao norte com a Mongólia e a oeste numa zona desconhecida e muito mal mapeada de fronteiras com países que todos desconhecem ou duvidam da existência como Cazaquistão, Quirguistão e Tadjiquistão. Toda a fronteira sul da China é litigiosa pois encontra-se nos Himalaias e não há ser humano racional que possa mapear aquele picos escarpados, havendo então indefinição de fronteira com Paquistão, Índia, Butão, Nepal e a Birmânia. Há sudeste há ainda um pedaço de fronteira com a Indochina por onde entra o arroz importado. Todo o leste do país é banhado pelo Mar da China Austral, Mar da China Oriental e Mar Amarelo onde encontra-se os territórios das províncias ultramar de Taiwan, Hainan, Japão, Coreia do Norte e várias outras ilhotas sem importância como Iwo Jima. Há ainda pelo menos uns 50 exclaves espalhados pelo mundo em centros urbanos como Nova York, Londres, São Paulo, Moscou e Los Angeles, oficialmente denominados de "territórios arrendados" e informalmente chamados localmente de "Chinatown".

Para os leigos, Chinatown é um lugar construído por pessoas que se acham chinesas, mas não são, e além disso como eles não têm dinheiro para ir pra China, ou não querem mesmo por motivos óbvios, eles criam esses lugares para se sentirem em casa. Muita gente visita as Chinatowns no lugar da China autêntica para economizarem dinheiro. As chinatowns foram inventadas pelos gringos, que possuem a mania de imitar tudo que vêm do Oriente, porque eles preferem se denominar superiores aos orientais, apesar de pagarem pau pra eles. Além disso eles sabem muito bem que nunca iriam ganhar uma guerra com a China. É por isso que eles preferem criar sua própria China dentro do território estadunidense americano, em vez de invadir a China original. A curiosidade é que nisso eles imitam os próprios chineses: Os americanos acusam os chineses de praticarem pirataria, mas a chinatown também é uma forma de pirataria. Alguns costumam dizer que a China não existe, pois os chineses se encontram em diversos lugares menos na China, a verdade é que eles migram porquê já não cabe mais ninguém lá. Para se sentirem em casa, eles não ganham empregos decentes e trabalham em pastelarias e lojas de 1,99.

Cquote1.png Viram? Isaac Newton é burro! Ele disse que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço. Aí está a prova de que ele sempre esteve errado! Cquote2.png
Olavo de Carvalho

Relevo[editar]

Os chineses são ensinados desde pequeninos á amar os seus vizinhos japoneses

Devido às suas vastas proporções, a China é dividida em quatro porções geográficas bem definidas: Desertos, Himalaia, Pastelarias em Massa (ou caos urbano) e Mesetas de Plantações de Arroz. Ao longo de todo norte e do oste do país estão o deserto de Takla-Makan e o deserto de Gobi, considerados os mais áridos do mundo e por serem habitados por mongóis e árabes são frequentemente confundidos como Afeganistão. Em toda fronteira sul, no Tibete, estão os picos do Himalaia, onde fica o Monte Everest que é a montanha mais alta da China, visto que Nepal não é reconhecido pelos chineses. Em toda China Central, de Sichuan à Anhui há os verdejantes vales de plantações de arroz recordados pelas centenas de usinas hidrelétricas responsáveis pela extinção do baiji (um antigo deus pluvial). E finalmente todo litoral chinês cujo relevo é dominado por uma grossa camada de fuligem tão espessa que já ganhou formato, chamados de Pequim, Xangai e Hong Kong. O Himalaia é a cadeia montanhosa mais alta do mundo, localizada entre a planície de um tal Rio Indo, bem no meio das pernas do Rio Ganges, ao sul, e o lado de trás do planalto tibetano, ao norte.

Rio Vermelho perto de sua foz, em Xangai.

O nome Himalaia vem do sânscrito (pronunciada com um longo primeiro a e um curto último a, como himaaula-ya, em vez de him-cu-la-cu ou him-cu-layaa e mais um monte de nome que você não conhece) e significa morada de coisas estranhas. Os Himalaias espalham-se, de oeste para leste, do vale do rio Indo ao vale de um tal rio bramaputra, formando um arco de cerca de 87547509658098 km de extensão e com uma largura variando de 47698 km no oeste, na região da Caxemira-Tibete, a 150 km no leste, na região do Tibete-Arunachal Pradesh. Outro relevo famoso é a Grande Muralha da China, uma gigantesca muralha localizada no sudoeste, se estende por mais de oito milkm². Ela foi originalmente construída para impedir a entrada dos Estados Unidos naquele país, mas falhou miseravelmente. Mais tarde foi usada para proteger de exércitos furiosos, e funcionou. Foi considerada pela ONU como um patrimônio mundial, estando na categoria de ruinas imprestáveis e que não servem para porra nenhuma apenas para sanitário de cachorros e outros seres vivos. Por ter um nome muitooo³ grande é considerado uma palavra com variáveis, quando se tem vários nomes, com mesmas palavras.

Hidrografia[editar]

Como as crianças são educadas na China

A China tem grandes rios, aliás, enormes rios. Aliás, rios gigantescos. Tão grandes que para pescar neles foi criada a Grande Muralha da China anteriormente citada, só para sentar em cima. Os principais rios do país são o Rio Amarelo e o Rio Azul, embora os rios Rosa, Vermelho e Púrpura sejam grandes também.No norte o principal é o Rio Amur, importantíssimo para denominar onde acaba a Manchúria e onde começa Vladivostok. Já ao sul dominam o Rio das Pérolas e o Rio Mekong, ambos com nascente no Himalaia e escorrendo para a Indochina onde virão se tornar os rios mais poluídos do mundo. A região da China é dotada de centenas de lagos compostos por bebidas alcoólicas oriundas da Rússia. A sua grande maioria pode ser encontrada em altitudes inferiores a 5.000m, com o tamanho dos lagos diminuindo com a altitude e com a temperatura de conservação. O maior lago é o Premium, na fronteira entre Índia e Tibete, e está a uma altitude de 4.600 m sendo de cerveja e com uma ótima conservação. O lago Goró, localizado perto da Skin, é um dos mais altos, a 5.148 m de conservação considerado pelas maiores fábricas de cerveja do mundo. Outros lagos incluem, o Tomuitobebado, na fronteira com a Índia, no Skin, e o lago Tilixo na região de agua ardente. Todos os lagos são alimentados pelos glaciares de álcool para que nunca percam seu poder, e são conhecidos pelos alcoólatras pelo nome de birita.

Os rios do oeste associam-se a bacia do rio Indo onde ficam os elfos. O Indo nasce no Tibete na confluência do rio Seringa e corre rumo ao sudoeste através do Pirulitão para desaguar no mar com amoras. O rio é alimentado por vários grandes elfos do Papai Noel, entre eles o rio Jelery, o rio Chandelle, o rio Rocambole, o rio Beijinho e o rio Sagu. A maioria dos rios restantes drenam para a bacia dos duendes mágicos bêbados. Diversos outros afluentes os alimentam durante seus caminhos com campari. O da cerveja Brahma nasce como Skin Itaipava no oeste do Tibete aonde eles se alimentam, e corre para o leste através do Tibete e então para o oeste pelas planícies de Skol. As gangues de duendes nasce na região central do Himalaia e corre no sentido leste. Ambos os rios se encontram em bang-bang dessas gangues, e desaguam na Baía de Bengala formando uma das maiores cacas do mundo. No extremo leste do Himalaia as fontes alimentam o rio da Itaipava, que se origina dentro da floresta negra das mulheres no leste do Tibete e corre para o sul através da

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......o arroz chinês é cheio de pernas de aranha???

Manguaça para desaguar no mar de Andeinão. Recentemente, cientistas tem monitorado o notável aumento da taxa de derretimento dos glaciares do Himalaia devido as alterações dos elfos e duendes que são pirados em sexo. Embora os efeitos desse derretimento não sejam tão claros no presente, eles podem, potencialmente, num futuro próximo, significar uma calamidade para milhões de pessoas que contam com os glaciares para fabricar cerveja.

Vegetação[editar]

Suicídio Chinês

As paisagens naturais da China são famosas basicamente por suas plantações de arroz, cães e bicicletas. A vegetação tipicamente chinesa é a floresta com muito mato fechado, mas esse ecossistema tem sido esquematicamente e progressivamente agredido e desmatado para a criação de plantação de rroz no lugar. Charcos, pântanos, atoleiros, mato, plantações de arroz, e bambus aqui e acolá. A maioria das florestas exuberantes da China tem sido sumariamente derrubadas, para o desespero de grupos ambientalistas chineses. Ou talvez eles estejam desesperados porque eles estavam todos sendo executados, eu não sei. A China é um lugar onde tem muito mato. Um lugar sujo, nojento, asqueroso, cheio de aranha, mosquito, pernilongo, dengue hemorrágica, armadilhas e outras coisas piores. Se você tentar matar uma onça ela te pega pela perna. Tem onça que mata todo mundo, corta o pescoço dos que se aproximam e ficam doentes só pela caça animal. As florestas possuem bastante bicho, tem arara, tucano, papagaio, jacaré, onça-pintada, veado, preá, capivara, ariranha e outros bichos que eu nem sei os nomes. Os remédios feitos nessas florestas são de graça, pode tomar que você vai precisar quando estiver doente.

Clima[editar]

Encarnações modernas da Grande Muralha ainda são predominantes em toda a China.

Na China há quatro climas predominantes: O mais predominante é o clima de poluição existente no litoral e nas principais cidades. Ao norte há o clima temperado com invernos rigorosos, e justamente por causa desse frio é comum os russos acharem que ali é a Rússia por causa do frio. No centro e no oeste predomina o clima desértico, enquanto o clima polar pode ser encontrado no Himalaia. O clima de poluição é marcado pela inconstância (chove, neva e faz calor tudo no mesmo dia) e a presença de duas estações do ano bem definidas: a das cheias e a das enxurradas. Apesar de muito comumente chover pra caralho na China, é no verão (estação das enxurradas) que acontecem os piores temporais, quando a cidade ferve, situação essa que só é amenizada pela alta concentração de edifícios e concreto. Obviamente que depois o país desaba em água, o que ao menos dá uma controlada no crescimento demográfico. O inverno (estação das cheias) é marcado pela constante entrada de frentes frias aos finais de semana, impedindo você de sair de casa. Normalmente, a frente vem acompanhada de um frio sub-polar glacial antártico depois, porém também é nessa estação inóspita que a umidade do ar cai demais em dias de sol e a poluição cria uma espessa camada negra que encobre toda a cidade, fazendo o dia virar noite.

O clima polar é gelado pra cacilda, certamente você não iria querer morar num lugar assim. Precipitações zero, mas ao invés disso você poderá encontrar tempestades de neve esporádicas. Na China faz sol durante seis meses seguidos e seus olhos ficam dormentes com tanta reluzêncuia que o gelo causa. Durante os seis meses de noite fazem média de 80 graus celsius negativos e todos que estiverem no local sentem vontade de se suicidar por causa do desespero. Sendo um clima muito frio, é ideal para se sentir como uma carne no congelador. Apesar de ser muito frio, o Sol quando aparece fica no céu da região por no mínimo 4 meses, causando cegueira e quando não ficam cegas, as pessoas veem tudo em uma coloração amarela. A China é um país bem singular na questão do clima. Durante o verão, principalmente no mês de julho, a China pode bater recordes de calor, como ocorrido em 1997, que no dia 12 de outubro de 1988 que em pleno mês de julho chegaram a subir até 25°C acima da média, atingindo -33°C durante o meio-dia. Durante o inverno, as temperaturas comuns de se ocorrer durante dezembro é de -666°C, mas podendo cair 300°C quando venta forte. O lugar mais frio do país é Oymyakon, aonde já foi registrada a temperatura de -2012°C, com sensação térmica de -3400°C.

Subdivisões[editar]

WTF? A China pegou sarampo?

Uma das coisas mais complicadas do mundo porque não faz lógica nenhuma, existem umas mil denominações e tipos diferentes de cidades, regiões e estados que parecem que foram decididos aleatoriamente. Incluem 22 províncias, 5 regiões rebeldes, 5 cidades grandes pra caralho, 2 paraísos fiscais e 1 Taiwan.

Nível provincial[editar]

Províncias[editar]
O amor que o governo chinês tem por seu povo
Circo Polícia chinesa
A infraestrutura chinesa

As províncias são para a China o que os estados são para o Brasil, então lá tem 22 campeonatos provinciais de futebol no início do ano. Para dificultar mais ainda que algum estrangeiro (e os próprios chinesas) conheçam a China, eles ainda fazem questão de colocar nomes parecidos em várias províncias, como Hainan, Henan e Hunan... Hebei e Hubei... Shaanxi e Shanxi...

  • Anhui - Localizada entre várias províncias igualmente inexpressivas. Ela não tem relação com nada nem ninguém, sendo coberta por plantações de arroz e favelas.
  • Fujian - É em Fujian que são fabricadas as bombas atômicas e combustíveis de foguetes da China utilizando as águas de seus rios. A população é constituída majporitariamente por pessoas da Etnia Ham (99%), existindo 0,9% de Etnia Bur e 0,1% da Etnia Ger.
  • Gansu - Seu mapa tem o formato de um ganso atropelado. A sua bandeira e brasão também são representados por um ganso, o símbolo dessa província muito carente em cultura.
  • Guangdong - É o caminho mais curto e seguro para refugiados das Filipinas e o mais longe para a invasão de japoneses. A sua capital é a cidade de Guangzhou.
  • Guizhou - É uma zona administrativa relativamente recente.
  • Hainan - É considerada uma Taiwan comportada e socialista, é uma ilha ao sul da China e serve como exemplo para os capitalistas de Taiwan como eles poderiam ficar em paz se largassem essa ideia boba de ser capitalista.
  • Hebei - Foi o lugar mais longe que os mongóis tiveram coragem de ir, e os coreanos também. Hebei marca a fronteira da Manchúria e tem vista para a Coreia, tantas características estratégicas fazem com que a província seja a mais populosa do país com mais de 3 bilhões de chineses.
  • Heilongjiang - É uma província da Manchúria e território mais oriental da Rússia, algumas fontes dizem que Heilongjiang é território chinês, mas como lá é muito frio, ninguém vai conferir se isso é verdade.
  • Henan - Longe de tudo, seu mapa parece um quadrado e seus habitantes também são uns quadrados.
  • Hubei - Reconhecida mundialmente por sua reputação pelo grande número de doenças estranhas transmitidas por galinhas. A culinária de Hubei é especializada em tudo relacionado a frangos. A sua capital é a cidade de Wuhan.
  • Hunan - É a maior fábrica da Nike do mundo e também uma província da China localizada no centro do país tal qual Minas Gerais para o Brasil, basta trocar o pão de queijo por biscoitos da sorte.
  • Jiangsu - É mais uma província chinesa daquelas insignificantes, periferia de Pequim e com bilhões de chineses pobres.
  • Jiangxi - É a maior pastelaria chinesa da China (e consequentemente do mundo), com suas vastas plantações de girassóis, Jiangxi consegue óleo suficiente para produzir a sua especiaria em massa.
  • Jilin - É uma república separatista no extremo-nordeste da China dedicada ao bem-estar dos emigrantes norte-coreanos.
  • Liaoning - É uma região autônoma da República Popular da China, ficou famosa por ser uma das sedes da Copa do Mundo de pólo aquático de 2002.
  • Qinghai - É um pedaço gigante de terras no centro da China, faz fronteira com o Cazaquistão a leste e o Acre a sul. Faz parte da série Províncias Irrelevantes da China, é uma região muito famosa na Ásia por ter nada e nenhuma história.
  • Shaanxi - É considerada a mais tradicional província chinesa, local abençoado pelos deuses budistas, confucionistas, xintoístas e taoístas.
  • Shandong - É aonde nasceu, viveu e morreu Confúcio, o chinês mais confuso da história, famoso pensador e inventor de fantásticos itens da cultura chinesa como os biscoitos chineses da sorte e os provérbios de sabedoria milenar chineses.
  • Shanxi - É a república gêmea de Shaanxi (não confundir, sempre conte os "A"), foi um importante centro de excução e penitenciárias militares da antiguidade. A sua capital é a divertida cidade de Ping Yao.
  • Sichuan - Localizada no centro do país, é um importante deserto montanhoso cultural do oriente. É em Sichuan que estão o epicentro de quase todos os terremotos que atingem a China inteira. A sua capital é a antiga cidade de Chengdu.
  • Taiwan - É uma porcaria de ilha usurpada pelos japoneses e americanos, com mania de grandeza que recentemente declarou guerra à China e se autointitulou como sendo a própria China.

É o país no mundo com mais nomes diferentes, podendo ser identificado também como Taiwan, Ilha Formosa, Cocô da China, Verdadeira China, China Taipei e China Tapei.

  • Yunnan - É uma república autônoma no sudeste asiático, na Indochina. Faz fronteira com semelhantes nações ao sul como Myanmar, Laos, Vietnã, Tailândia e afins. Ao norte faz fronteira com a China.
  • Zhejiang - É a maior praia da China, como se fosse o Espírito Santo no Brasil, ninguém nunca fala do local, é pobre e só serve por causa de suas praias e portos. A sua capital é a cidade de Hangzhou, também uma versão chinesa de Vitória.
Regiões Autônomas[editar]
O que o capitalismo deu pra China

As regiões separatistas, litigiosas, ou longe demais que estão mais perto do Uzbequistão do que de Pequim receberam um status especial e semi-autônomo de Região Rebelde Região Autônoma. O governo chinês para tentar agradar os direitos humanos finge que dá autonomia para regiões como o Tibete, e os organismos internacionais fingem que está tudo bem enquanto a China exportar mão de obra escrava para eles.

  • Guangxi Zhuang - É uma nação do sudeste asiático, que forma junto com os alidos Taiwan, Tibete e Mongólia Interior, o Eixo do Mal, segundo o Império Chinês. Como esperado de qualquer território antichina no oriente, e região de Guangxi Zhuang sofre com a miséria aguda.
  • Mongólia Interior - Apesar de serem mongóis, os habitantes preferem continuar sendo parte da China, pois se saírem, vão à falência. Esta região representa cerca de 0,5% do PIB chinês e 13% do território chinês. A Mongólia Interior consegue ser mais desértica que a Mongólia.
  • Ningxia Hui - Esse pequeno território de merda de acordo com o governo chinês, não possui chineses, mas apenas mongóis e alguns raros muçulmanos que se perderam no Afeganistão. Tudo começou quando Gengis Khan conquistou a porcaria que era o minúsculo território de Ningxia e o colonizou com suas cabras e mongóis bárbaros, mas depois apareceu uns chineses e transformou tudo numa merda
  • Tibete - Um território chinês-budista considerado o ponto mais alto do mundo e faz fronteira com a Índia, com Butão, com Nepal e com o Espaço Sideral.
  • Xinjiang Uighur - É o esconderijo perfeito para Osama Bin Laden. Os Estados Unidos nunca vão ter coragem de invadir a China. Para resolver qualquer conflito interno, a Repúbica de Xinjiang Uighur tem um nome árabe (Xinjiang) e um nome mongól (Uighur).
Cidades Administrativas[editar]
O que o comunismo deu pra China

Toda vez que uma cidade ultrapassa a quantidade de 100.000.000.000 de habitantes, ela passa a ser incluída como um micro-país autônomo, oficialmente Cidade Administrativa. Atualmente há apenas quatro cidades nesse status.

  • Chongqing - É o maior, mais populoso, mais poluído e mais caótico dos 4 grandes municípios chineses. A sua população foi atribuída como de 51.442.300 de habitantes, isso porque os mendigos que constituem metade da população não estão registrados.
  • Pequim - É muito famosa e visitada por milhões de turistas por sua fumaça, pessoas, bicicletas, poluição visual, pagodes, poluição sonora, pandas, poluição do ar, mais pessoas, tráfico de tudo, pirataria, mais pessoas, muita fumaça e produtos a preços irrisórios (falsificação/contrabando/trabalho escravo).
  • Tianjin - É por essa cidade que obrigatoriamente passa toda a muamba da China para ser exporta para o resto do mundo. Tianjin, como cidade vizinha de Pequim, atua como porto, periferia e favela da capital da China, é considerada a maior cidade exportadora e importadora de muambas de todo o mundo. A sua volta, com certeza deve ter algum produto que já passou pelo porto de Tianjin. Considerado uma das regiões com os melhores puteiros do oriente, a preços irrisórios, essa é uma das grandes atrações locais.
  • Xangai - Muito conhecida por suas tretas durante a história, é tipo um Rio de Janeiro da vida do oriente, um local da China propício para a proliferação do crime organizado, tráfico de drogas e pobreza.
Regiões Administrativas Especiais[editar]
Hong Kong na naite

Para as cidades chinesas onde é liberado coisas como cassinos, putaria, capitalismo, massagistas tailandesas e travestis, o governo chinês concede o status de Região Administrativa Especial. Apenas Macau, Hong Kong e Singapura detém este status atualmente.

  • Hong Kong - É uma região autônoma que busca desesperadamente por fuga da opressão socialista chinesa que mina o desenvolvimento da ilha. Os hongueconques possuem séria crise de identidade por não terem um gentílico decente, portanto considere chamar eles apenas de japoneses chineses mesmo. A tecnologia do país que sempre foi de ponta contribuiu para a humanidade com produtos como carros voadores, naves espaciais, lasers e mais um monte de coisa que você viu em Star Wars. A economia de Hong Kong é a razão pela qual a China é atualmente o segundo mais rico pais do mundo e futuramente o mais rico de todos! Curvem-se sobre seu poder se quiserem sobreviver! Por se localizar na foz de um rio, Hong Kong é uma ilha que está afundando e estima-se que em 2016 a região esteja já embaixo da água. Hong Kong é como um quebra cabeça mal montado no sul da China, porém aspectos geograficos são irrelevantes já que todo território foi transformado em cidade e quem construir na China morre, então as construções em Hong Kong vão apenas expandindo-se e ficando cada vez maiores. Fazendo jus a tradição chinesa familiar, em Hong Kong a população é absurdamente grande e as pessoas vivem amontoadas na cidade, que logo não vai ter mais espaço algum para se expandir.
  • Macau - É um deleitável banco de areia que são pequenas antilhas autônomas ao sul da China. Ao contrário de Hong Kong que esbanja dinheiro além de ser abarrotada de ouro e recheado de pessoas infelizes (capitalistas), Macau é pobretona e está em extinção (comunista). De riqueza em Macau só o dono do cassino e os estrangeiros. Formado por uma península e duas ilhas tudo muito pequeno e espremido e com muitas pontes e aterramentos. O clima na região é péssimo e o ar é um dos mais poluídos do mundo, o local mais seguro a se ficar são nos cassinos e seu ar-condicionado. Dizem que em Macau se fala a tal da língua portuguesa. O fato de ninguém mais do Brasil ou Portugal os entender não desmerece os macalenses.

Divisões[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......A China é maior que a Rússia???
  • Prefeituras - As províncias chinesas estão dividas em prefeituras, que não possuem autonomia administrativa, política, econômica e cultural nenhuma, e só existem para tentar deixar o mapa mais rabiscado.
  • Distritos - As prefeituras estão divididas em distritos que não necessariamente são cidades, uma vez que as cidades chinesas são tão caóticas que não respeitam qualquer limite imposto por distritos, cidades administrativas ou prefeituras.
  • Cantões - O cantão é a menor subdivisão oficial da China, são os becos de cada cidade (canto).

Economia[editar]

Cães pintados: muito mais fácil do que salvar pandas

É atualmente a maior do mundo em PIB nominal, tudo graças a uma atuação ostensiva do governo em controlar a política monetária do país seguindo conselhos retirados do leninlismo e maoísmo que defendem acima de tudo a preocupação com a igualdade, característica herdada do comunismo, que atualmente é usado na China apenas para evitar eleições multipartidárias maçantes, uso massivo de facebook e youtube, fora os massacres ocasionais de alguma minoria étnica para não perder o hábito, nada mais, de maneira que o modelo soviético de atuar na economia foi abolido, sendo substituído pelo modelo fascista. Depois do desastre econômico da Revolução Cultural Chinesa, o país começou uma tentativa de aceitar o capitalismo como um jovem rapaz que tem sua primeira namoradinha (romântico, não?). A ideia funcionou, a China abriu suas portas, janelas, portões, muralhas, pernas, bolsos e carteiras e o investimento estrangeiro invadiu o país igual já havia acontecido em Hong Kong e Macau 200 anos antes, mas como lá só existia puteiro, bordel e cassino os chineses tinham o temor que o país inteiro virasse uma palhaçada sem costumes. O reformista e líder supremo Deng Xiaoping foi mal citado como dizendo: "Não importa se um gato é preto ou branco, desde que cace ratos" quando na realidade ele tinha dito "Fazei tudo o que diabos vocês quiserem para sermos ricos o bastante para mandar na ONU, basta tentar não matar mais 50 milhões de pessoas no espaço de algumas décadas!".

Cquote1.png Isso é um pedaço de merda boiando no café que Lin Biao me serviu? Cquote2.png pondera um jovem Mao Zedong, Cquote1.png Oh bem, eu vou levá-lo pra passear mais tarde, vai ter algo a ver com aviões, com certeza Cquote2.png Lin Biao mais tarde morreria em um misterioso acidente de avião em 13 de setembro de 1971. Que brincadeira engraçada! Isso vai ensiná-lo a não colocar merda no café do presidente.

O conselho de Deng funcionou e o país entrou em crescimento vertiginoso, exatamente como países livres como o Brasil jamais conseguirão executar se não tiverem um bom chefe como Xiaoping, tanto que graças a esses alicerces criados pelos generosos líderes comunistas chineses, a economia do país criou uma enorme disparidade entre miseráveis que não tem nem onde cair morto para pobres-sujos. De acordo com fontes não fiáveis da Wikipédia hoje 80% dos chineses são apenas pobres sujos e apenas 20% são miseráveis que não tem nem onde cair morto, muito diferente de 1995 quando 110% dos chineses eram tão pobres que nem tinham capacidade de fazer estatísticas direito, mesmo que fraudulentas. A economia chinesa vai muito além de produtos vagabundos de baixo custo. A maioria das peles de animais são fabricadas na China. A China também é um grande produtor de bile de urso, ursos negros vivos para uso doméstico sofisticado. O povo chinês está disposto a trabalhar duro por pouco dinheiro, desde tenra idade até cair morto. Sem o seu trabalho duro, a maioria das pessoas em lugares como Austrália, Canadá e Estados Unidos viveriam nuas, morariam em árvores e comeriam frutas.

Agricultura[editar]

O sistema agropecuário chinês é muito precário e 2340% dominado por vastas plantações de arroz, só é o maior do mundo porque o chinês camponês pode ficar 24 horas por dia na lavoura fazendo seu arrozal mal irrigado, mal adubado e num solo horrível crescer mesmo assim. No Tibete por ser uma região onde só tem pedra e é impossível plantar destaca-se o setor de floricultura enquanto no deserto de Gobi estão 70% de toda produção de cactos ornamentais do mundo. Em Pequim, a agricultura se baseia na plantação de coca e na exportação da mesma para a Colômbia. Quando as FARC não compram, sobra vender para as fábricas de comida. A coca é o tempero mais usado na china. O gás natural é um dos produtos principais, mas como a maioria dos chineses não tem tecnologia para explorá-lo, então eles se submetem a um sistema de escravidão perante a Petrobras. Um outro olhar sobre a economia primária chineses destaca os recursos minerais usados ​​para fazer bugigangas para os países do BRICS aumentarem o seu PIB. Pois de vez em quando, falta banana no Brasil, vodka na Rússia, vaca na Índia e escravos na África do Sul.

O setor agropecuário chinês já foi o melhor, um grande produtor de arroz e tomate, a matéria-prima dos pratos típicos do país, ao lado das baratas. Todavia, a população cresceu desordenadamente e ao mesmo tempo a maioria dos chineses descobriu que se daria melhor viver nas grandes favelas das enormes cidades vivendo ao lado de esgotos do que na lavoura plantando comida. Isso causou um enorme déficit que obrigou 25% da população do país importar Big Macs dos Estados Unidos. Quando o Partido Comunista descobriu, mandou matar todos, o que, além de acabar com legados americanos na China, ainda ajudou a reduzir a população, melhorando o setor pecuário. Apesar de grande, o setor pecuário chinês é poluúdo, apenas 1% do território do país é limpo, e ele é chamado de quintal do Partido Comunista da China. Para resolver este problema, eles encontraram um chorume que pode ser vendido para os seus principais aliados, os norte-coreanos, visto que esse é o princípio ativo essencial e principal das fábricas de pastel de flango, que não podem ser consumidos sem o acompanhamento de uma garrafa pirateada de Coca-Cola.

Indústria[editar]

Arsolut Boska, a melhor vodka da China, copiada sem escrúpulos.

A indústria chinesa se baseia na fabricação de produtos de ótima qualidade de qualidade duvidosa que sempre quebram no primeiro uso. A China vende esses produtos por R$1000 para um comerciante e este revende por R$1,99. Se você se perguntava porque a China ficou tão rica de uma hora para outra agora você tem uma resposta. É considerada pela OCDE como o segundo país mais industrializado do mundo, perdendo apenas para o Paraguai. Devido ao seu setor industrial marcante a China é também o responsável por poluir o ar de 65% da atmosfera de todo o mundo, mas depois de anos respirando aquela merda em formato de fumaça, todos eles já estão acostumados mesmo, e se o aquecimento global realmente acontecer os chineses vão ficar felizes em ver o Japão submergir. Sabe-se que o mercado mundial de brinquedos sexuais já é composto apenas por produtos Made in China, bem como eletroeletrônicos, componentes de carros, componentes de eletroeletrônicos, entradas USB, óculos de grau nada recomendados por oftalmologistas, bolsas de couro de cachorro e camisas de seleções de futebol cretinas de tão falsificadas como o Brasil, ainda com três estrelas apenas e aquele amarelo desbotado ou os escudos bordados que soltam da camisa após as primeira lavagem.

Espiões chineses passaram anos estudando a economia fascista a partir de bases secretas em Chinatowns. Eles copiaram a economia fascista, mantendo o sistema político ditatorial. Os chineses dominaram a arte da competição econômica desprezível. Eles deliberadamente atrelam sua moeda (o yuan) ao dólar, fazendo com que os produtos chineses sempre fiquem mais barato do que os americanos, e os de outros países desenvolvidos. Ele garante maciças exportações de produtos chineses para a américa e seus colegas. São inundados de porcaria barata e não podem competir neste esquema de comércio desleal. Grande parte da indústria e do emprego dos Estados Unidos tem sido terceirizados para fábricas chinesas. Os Estados Unidos se transformou em um país altamente gordo consumidos graças aos produtos chineses. Este truque sujo criou um déficit comercial e uma enorme dívida nacional e para a América. Os líderes americanos são indiferentes aos perigos, e vivem como marinheiros bêbados, viciados em tudo Made in China. As condições de trabalho chinesas são totalmente pirateadas dos campos de concentração alemães e da escravidão colonial brasilo-portuguesa.

Serviços[editar]

A Grande Muralha da China, muito possivelmente o pior mecanismo de defesa da história humana, é um produto da dinastia Ming; dos velhos Reinos Combatentes, da Dinastia Qin, e da Dinastia Han. A Grande Muralha era uma muralha de madeira, de modo que não sobreviveu facilmente

A filosofia chinesa confusionista é tão forte que influencia diretamente no setor de serviços do país e faz com que as pessoas trabalhem como escravas sem se preocupar com nada material ou espiritual, no entanto, aqueles que se rebelam são generosamente premiados sumindo da China a qual reclamam tanto (mas ninguém sabe onde vão parar). Em 2004, o Partido Comunista da China premiou 500 mil cidadãos com balas de chumbo na Praça Celestial da Paz. Sabe-se que o mercado mundial de brinquedos sexuais já é totalmente dominado por esta nação gigantesca. Não devemos nos esquecer da capacidade dos chineses de cozinhar legumes no molho de soja, sem causar vômitos incontroláveis ​​ou dotes extrasensoriais que os fariam andar em direção contrária. Tudo isso fez com que recentemente mudanças imporantes fossem realizadas. Até agora mais de 50 milhôes de chineses venderam suas mães para os isteitis. Além de conseguirem uma boa grana e fortalecer a posição chinesa no ranking da economia mundial, ainda contribuem para a redução demográfica chinesa. No entanto, apesar destes sucessos, todos os economistas concordam que a única maneira desta nação ultrapassar os Estados Unidos é tendo uma classificação na Copa do Mundo FIFA de 2014.

Apesar do esforço conjunto do governo e dos industriais, magnatas, donos de bares e gerentes de salões de massagem, o objetivo é quase impossível, segundo o informante da CIA infiltrado. Atualmente, a economia chinesa se baseia na venda de pastel de flango. Agora você deve estar se perguntando: o que estes pastéis tem de especial? Os pastéis de flango se diferenciam dos outros porquê o flango é triturado vivo e depois cozido, misturado com o catupily, que por sua vez é pura gordura de galinha. Sua economia também se baseia na exportação de vibradores para todo o mundo, principalmente para os porcos capitalistas japoneses. A China é a maior produtora de boneca em formato de mulher tamanho real, muito utilizada como instrumento sexual pelos norte-coreanos. Como comunista adora comer criancinhas, China também é a maior (a única) produtora de vibradores da Hello Kitty. É um brinquedo muito comum em banheiros dos mais diversos lares, geralmente utilizado para limpeza própria, é também um dispositivo projetado especialmente para aumentar e prolongar o prazer sexual de pederastas. Apesar de não haver internet na China, eles são vendidos através de anúncios nos sites 38zu.cn, Gumblar.cn, Lousecn.cn, Martuz.cn e Fqwerz.cn.

Importações[editar]

O Imperador Qianlong escreveu um poema intitulado Ninja Rap: Cquote1.png Yo, é a Máquina Verde, vai balançar a cidade sem ser vista, você já viu uma tartaruga dançar o novo som do balanço? Cquote2.png Tornou-se um clássico na poesia chinesa, popularizada mais tarde por hacks insípidos, como Vanilla Ice.

A China não precisa importar nada, porque seu plano de política econômica que a tornou o país mais rico do mundo é baseado nas diretrizes de impoltá nada, usar esclavos pala fablicar plodutos de baixíssima qualidade mas que selão tão balatos que se tolnalão ilesistíveis de selem complados e impoltar tudo o que produzir (inclusive chineses). Ao contrário do que se poderia pensar, apenas 490% do consumo mundial de arroz é comido pelos chineses, portanto eles não precisam importar arroz por já serem auto-suficiente nele. Mas apesar disso, os próprios chineses importam alguns produtos. Como por exemplo as dívidas dos extorsivos governos sul-coreano e japonês, de quem compra tecnologia a preços exorbitantes. A China é o principal importador de cadáveres da Coreia do Norte, o seu melhor parceiro comercial com quem compra também produtos eletrônicos de 1950 para usar como mesinha de centro e dar para os mendigos, que exclamam:

Cquote1.png Que porra é essa? Cquote2.png
E depois jogam fora

A principal importação chines são alimentos, mas nada muito sofisticado como patinhas de baratas, apenas arroz e feijão para acompanhar o filé de rato que eles tanto gostam. Mas o produto historicamente importado pela China é a guerra, visto que provocar as nações estrangeiras apoiando terroristas e imigração ilegal sempre irritou os Estados Unidos. As relações comerciais entre China e EUA eram excelentes, havia tráfego intenso de grandes caminhões carregados de brinquedos e arro, que voltavam vazios ou carregando coisas enormes com interior oco, como sofás. A China era uma das maiores compradoras dos sofás russos, por razões ainda desconhecidas. Em troca, o governo chinês enviava paramilitares, subversivos e imigrantes ilegais á terra particular de Vladimir Putin.

Cquote1.png Passa pra cá! Cquote2.png
Vladimir Putin

Exportações[editar]

Propaganda de turbante amarelo

A economia chinesa é muito mais do que a exportação de produtos de baixo custo graças a condições miseráveis de trabalho braçal semi-escrava de toda sua população, de toda forma, todo material de escritório do mundo como canetas, grampeadores, lápis, clips, taxinhas, liguinhas e a calcinha das secretárias são tudo exportações chinesas. A economia chinesa também é sustentada pela exportação massiva de emigrantes para todo o mundo, especialmente para os EUA. Esta é a maior atividade social chinesa e eles fazem isso aguardando o dia em que o Partido Comunista lance nos céus um sinal de fumaça e dê início à dominação mundial chinesaa. A China também é um dos maiores exportadores do mundo de latinhas de ração para gato, e seu principal comprador é o Japão, pois eles gostam de comer gato recheado. Recentemente a China apresentou grande queda na economia (tendo mercado ou não, socialismo um dia fracassa). Especialistas afirmam que sua causa foi a fuga de gatinhos de uma indústria alimentícia, o que levou a diminuição das exportações.

Gatinhos é um alimento que ganhou muita fama após o processo de globalização. Após muitas discussões, o Brasil, país que fornece commodities à China, prometeu reduzir os custos do produto Whikas®, utilizado como alimento dos gatinhos, com a promessa chinesa de redução das taxas alfandegárias. A presidentE Dilma Rousseff simpatizou com o provérbio chinês, Se você der, eu dou, animando as relações entre os dois países. O país asiático, que durante as três últimas décadas baseou seu crescimento econômico nas exportações felinas, quer mudar seu modelo e concentrar-se mais no consumo interno como motor de sua economia. Também procura aumentar o valor de suas exportações, estimulando a produção de alta tecnologia (redes elétricas nas fábricas de gatinhos) e a inovação nacional, assim como a qualidade e a segurança. Também é grande exportador de petróleo, mas como os nigerianos acham que aquele líquido negro é apenas chorume, o vendem a baixíssimos preços para a Rússia.

Cultura[editar]

Não gosta de baratas fritas com farofa? Aqui temos uma segunda opção de prato, senhor!

A China é um país de cultura e costumes milenares baseados principalmente nos preceitos filosóficos advindos do taoísmo, budismo e, devido à credibilidade e lógica em excesso das duas anteriores, o ateísmo. Claro que o nível de credibilidade e lógica das duas primeiras são praticamente nulas, mas ainda assim é maior que a do ateísmo. Considerado um país de cultura mais rica do mundo, até os mendigos nas ruas tem cultura e sua população passa o dia inteiro recitando frases de sabedoria que os ocidentais comumente encontram escritos no biscoito da sorte chinês. Embora o governo chinês seja surpreendentemente antirreligiosa, aqueles que são religiosos devem aderir a uma das religiões sancionadas pelo estado, como o budismo, o taoísmo, confucionismo, ou o ateísmo. Aqueles que não seguem viram churrasquinho. Membros de religiões não-sancionadas são enviados para instalações de correção, onde os seus órgãos vitais são colhidos e vendidos no mercado negro. As crianças chinesas gastam até 200% do seu tempo em fábricas. Eles provavelmente criaram os seus sapatos, chaves, computadores, casas, eletrônicos e alimentos. O trabalhador médio recebe um máximo de dez grãos de arroz por dia. Os chineses pensam que ter uma filha é algo muito infeliz, que é obviamente errado. Quando Obama foi para a China para discutir as questões que o povo estavam enfrentando, tudo o que podia pensar era o fato de que ele tinha duas filhas em uma fileira.

Cquote1.png Você já tem duas filhas. Você vai tentar a terceira? E se ainda é uma filha, o que você acha sobre isso? Cquote2.png
Repórter chinesa sobre Barack Obama

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......Se o aborto fosse ilegal na China, a população chinesa já seria de 0554731458169779157...
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......Os chineses consideram a internet normal como a aberração mundial, enquanto a Deep Web é usada como fonte de punheta

Os chineses são notoriamente bons em ginástica, artes marciais, patinagem artística, pingue-pongue, ser dublê e colocar as pessoas diante de pelotões de fuzilamento. No entanto, suas proezas nos esportes ocidentais é limitada ao assustadoramente alto Yao Ming. Os chineses aparecem especialmente para se destacar nos esportes quando o evento é realizado na China com juízes chineses, onde eles parecem tornar-se campeões do mundo com uma larga tradição de ganhar consecutivamente. Uma razão mais óbvia por trás disto é a presença de um grande número de laboratórios chineses experimentando uma mistura de elementos químicos com esteróides. Alguns chineses comem sopa de bebê, que contém um feto humano falecido e custa cerca de US $ 4000. Chineses comem sopa de bebê para aumentar a saúde geral, a resistência e a força do desempenho sexual. A moralidade na China não é diferente de outros países ex-comunistas ateus (como a Rússia). Eles atropelam seus filhos pela primeira vez com um caminhão para amaciar a carne antes de consumi-los. De acordo com um relatório, pelo menos 100 milhões de chineses morreram em acidentes em 2007, esta é uma dramática queda de 10% em relação ao ano anterior. Alguns funcionários citam menos riscos no local de trabalho, tais como duas inspeções por ano, em vez de apenas um, uma arma para incentivar os trabalhadores da fábrica a trabalhar sem reclamar,

Literatura[editar]

Cheongsam chinês, o vestuário usado para o sagrado ritual de acasalamento que pela lei só pode acontecer uma vez na vida.

Como atualmente a literatura chinesa mais moderna entrou em declínio depois que uma das diretrizes do maoísmo é que a população deve ser analfabeta, mesmo que o escritor Lu Xun tenha ignorado isso e escrito uns 10 contos, a base da literatura chinesa vem de obras clássicas. Dentre as grandes obras chinesas da antiguidade temos A Arte da Guerra de Sun Tzu que ensina como as pessoas podem vencer guerras no século II a.C. Confúcio ainda lançou as obras I Ching com profecias e o que é aceito como o primeiro esquema de desenho usando caracteres do mundo, o Shujing que é um compilado de histórias da rotina entediante de camponeses, Clássico da Poesia com um compilado de poemas antigos, Clássico dos Ritos com o compilado de mandingas antigas, e por último o clássico Os Anais de Primavera e Outono certamente o conto erótico mais antigo do mundo conhecido. Lao Zi ainda escreveu o Tao Te Ching que é basicamente uma Bíblia e o Zhuangzi que é a mesma coisa.

Depois da Dinastia Tang surgiram na China mais de 50.000 poemas, e todos por sinal muito ruins para nenhum ser tão conhecido, bem como lindas histórias de amor e aventura, como o Romance of the Three Kingdoms XII o primeiro jogo de videogame do mundo, e claro made in china, o Jornada ao Oeste um épico de uma aventura mendigo que foge para o Afeganistão, e O Sonho da Câmara Vermelha talvez a primeira novela oriental do mundo (dorama chinês). Ao longo das diferentes dinastias, o povo chinês sempre variou bastante de vestimenta. Atualmente o homem chinês usa o changshan, aquela roupa de seda que até os mendigos usam, enquanto as mulheres usam a versão cheongsam cuja principal diferença são as estampas florais, que aliás serviram de inspiração para as bermudas havaianas. O Hanfu é o nome dado para aquele roupão de banho que os imperadores usam. E o Tangzhuang é uma jaqueta manchu com aquelas decorações espalhafatosas.

Arquitetura[editar]

A mais nova arma secreta da China, o LiPeng1000, desencadeada sobre as multidões na Praça Tiananmen, em um experimento sobre camponeses dispensáveis ​​para testar força destrutiva do dispositivo antes de aplicá-lo para a guerra real. Cuidado!

Os chineses adoram um pagode, não aquele ritmo musical cretino, mas os templos reconhecidos por sua milenar arquitetura de parecerem dúzias de pastéis sobrepostos, dentre os famosos temos o Grande Pagode do Ganso Selvagem que apesar do nome que nos lembra algum tipo de fábula anedota com música de mal gosto na verdade é um milenar templo localizado em Xian em formato de caixas de sapato sobrepostas, ou ainda o Pagode dos Nove Pináculos, ou o Pagode Liuhe que mesmo no século XII já naquela época parecia um enorme complexo residencial de classe baixa tão típico na China atual. Outras boas capacidades chinesas são a de construir muralhas enormes, o que demonstra como na antiguidade eles não sabiam construir túneis ou catapultas para vencer esses obstáculos. Modernamente a China tornou-se referência no mundo, embora é verdade que suas primeiras tentativas não deram certo, como o bizarro prédio do Diário do Povo da China com formato de piroca, assim construído acidentalmente visto que os chineses não tem uma daquele tamanho. A principal característica da arquitetura contemporânea chinesa estão nas enormes alturas dos prédios, construídos assim para ficarem acima da fumaça de poluição e poderem aparecer em fotos. Outra característica fundamental é que suas paredes sejam todas feitas de isopor e os alicerces e teto de gesso, para que assim os chineses fiquem batendo esses malditos recordes de construções mais rápidas do mundo.

Um dos maiores exemplos de arquitetura é a Grande Muralha da China. As suas diferentes partes distribuem-se entre o Mar Amarelo (litoral Nordeste da China) e o deserto de Góbi e a Mongólia (a Noroeste), sendo dois lugares em que se locomovem muitos chineses, fazendo uma espécie de muvuca (chamada de vuca-vuca vulgarmente pelos brasileiros), mais que na verdade não serve de nenhuma importância benéfica. Antigamente, a muralha foi feita para uma barreira defensiva contra vários bárbaros barbudos que ali na China invadiam. Mas os chineses já estavam cansados e resolveram fazer uma revolta, em cada dinastia se construía uma minhoca gigante feita com concreto e blocos de tijolos, para se defender as terras e os bárbaros filhos de uma figa não invadirem suas tão amadas e queridas terras. A cada segmento tinha um guarda em que andava para lá e para cá, como se estivesse em uma passeata, segurando uma grande espada para estraçalhar qualquer bárbaro que tentava escalar aquela porra, o que só aconteceu no filme de Mulan, em que os unos (os principais bárbaros atacantes) eram ninjas e tinham técnicas de escalamento alpinista profissional.

É assim que se controla a população chinesa

Nesses segmentos se erguia um quartel e nele tinha uma cadeirinha e uma janelinha legal, mais de vez em quando fedia a mofo e limo. Para cada quartel se comunicar eles lançavam vários tiros de fogos para avisar se acontecesse algum acidente, em que este aviso não era só visto pelos guardas mais pelo rei também a Rússia, o Japão, a Asutralia e a Espanha, ao menos que ele fosse cego e o guarda estivesse cochilando. A grande muralha foi erguida em 220 a.c, um pouco depois de Dercy Gonçalves que foi uma das mulheres que mais ajudaram na construção desta coisa feita de tijolos. Foi feita na China imperial, quando a China era um império rigoroso e gostava de cortar e decepar todo mundo que fosse contra leis, o que era diversão para o rei. Com aproximadamente três mil quilômetros, hoje em dia a muralha e usada de passagem a um lugar a outro, até um tempo em que tinha que pagar pedágio pois é um monumento mundial muito apreciado pelos turistas gringos da vida que não trabalham e só fazem viajar, que não tem nada para fazer, ou seja, é pouco utilizada pelos moradores;o pedágio custa os olhos da sua cara, será ainda mais caro forem verdes.

Música[editar]

O principal instrumento musical chinês é aquele enorme prato de bronze que batem nele toda vez que alguém entra no salão. Sendo outros instrumentos o erhu que é uma espécie de berimbau chinês considerado o instrumento mais desafinado do mundo e a flauta-doce, todos instrumentos que qualquer criança retardada pode tocar, e justamente esse é o sentido já que a música chinesa é tipicamente lenta, calma e repetitiva. A Dança do Dragão é bem famosa e pode ser chamada de frevo da China devido às cores vibrantes das fantasias dos dançarinos e por ao invés de se vestirem em bonecos gigantes de Olinda eles fazem uma fila de uns 10 chineses se encoxando fantasiados num dragão-centopeia que fica pulando igual uma bixa-loca.

Comunicação[editar]

Internet[editar]

O Leshan Giant Buddha, 71m (233 pés) de altura; a construção começou em 713 e foi concluída em 803 para comemorar o excesso de peso, os monges budistas são assustadoramente altos e de orelhas compridas em todos os lugares.

A Internet chinesa é formada por duas categorias: sites de governo e sites pirateados. Os sites pirateados são meras versões Xing-ling dos sites normais. Como Youtube (Youku), Google (Baidu), etc. Entre os sites do governo temos aqueles que, apesar de estarem na lista dos 10 mais perigosos do Google, são muito seguros. Esse papo de vírus é uma invenção capitalista do Bill Gates para vender antivírus.
Cquote1.png Mas vocês também vendem antivírus. O Baidu é de vocês não é? Cquote2.png
Cético
Cquote1.png Gualdas, plendam-no! Cquote2.png
Executivo do Partido Comunista da China sobre citação acima
O primeiro site é o 38zu.cn, possui videos pornô. Não é como forma de entretenimento pois não existe entretenimento na China, mas sim como forma de fazer as bigolinhas crescerem um pouco para serem cortadas e vendidas no Mercado Negro. O segundo site é o lousecn.cn, na China, quando o site de putaria que o chinesinho acessa fica carregando, o Lousecn cria a url dele no navegador, mesmo com o Baidu ligado! Quando ele termina de fazer a varredura no lugar e se infiltrar no pirateado Internet Explorer, o Lousecn entra, mostrando uma tela com coisas psicodélicas. O destaque fica mesmo pro centro do site, que são várias imagens retiradas da Deep Web e do Vk.com. O Partido Comunista China criou uma macumba para que, assim que o botão de atualizar seja pressionado, o site seja recarregado automaticamente, e se o pirateado recurso nova guia tentar ser usado, aparecem os seus irmãos 38zu e Gumblar. Agora se o computador for desligado, o chinesinho receberá um telefonema, ele atanderá e ouvirá a frase sete dias.

O terceiro site é o fqwerz.cn, criado para confundir o governo mundial o espelhando com o lousecn.cn, para que o governo não descubra que existe um site chinês dedicado ao controle mundial. O quarto site é o gumblar.cn. É o about:blank da China, considerando que a interface desse site não passa de uma página cinza de merda. Ele é bem divulgado, essas divulgações poderiam mentir dizendo que o site era foda, cheio do pornô e tal, ou poderiam ser HÁÁÁÁÁ!!! Pegadinha do Mallandro!!!, certamente que o otário que lesse aquilo iria clicar, mas é algo óbvio, quando o idiota visse que a página era totalmente vazia, ao invés de fechar, ele ia ficar umas três horas olhando pra página vazia com cara de bunda, é algo genérico. Os chinesinhos já previam que os babacas iriam ficar olhando pra página com cara de besta até o vírus baixar ao invés de fechar a página. O quinto e último é o martuz.cn, um site de downloads, hacks e contrabandos. Pelo Martuz tudo pode ser baixado, só que todos esses arquivos vem um outro arquivo junto a eles como cortesia, esse arquivo se chama Trojan e serve pra fazer uma limpeza seu computador, em alguns casos ele pode ser baixado sem você precisar baixar nada, que eficiência, não?.

Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Partido Comunista da China

Televisão[editar]

O Imperador Huizong, também conhecido como o artista anteriormente conhecido como o príncipe Huizong; quando este conhecedor de arte foi capturado pelos invasores Jurchen em 1126, ele passou seus dias em cativeiro no norte. Alguns dizem que ele fugiu e se juntou a um circo; outros dizem que ele se tornou o homem-concubina do governante Jurchen; outros simplesmente não dão a mínima para o que aconteceu com esta fada.

A principal estação televisiva (e radiofônica também) é o 通道官僚 (Canal da Burocracia, em bom português), um canal da TV a cabo com programação 24 horas por dia, 7 dias por semana com o melhor da vida interna dos governos, tramas burocráticas de altíssimo nível, intrigantes formulários em cinco vias com reconhecimento de firma em cartório e cópias autenticadas, excitantes arquivos e processos administrativos. O Canal da Burocracia é o primeiro canal na televisão chinesa a ter sua programação totalmente verificada e registrada em cartório. Os programas não focam apenas a atualidade da burocracia chinesa. O Canal da Burocracia tem inúmeros documentários e filmes sobre a história da burocracia na China como, por exemplo, o comovente Mao Tsé-Tung e o Formulário da Imigração, uma das mais realistas e emotivas transcrições da fundação do Partido Comunista e seu contato com a burocracia asiática. O Canal da Burocracia é o primeiro canal de televisão no mundo a disponibilizar tempo de sua programação para a exibição de bibliografia.

Outra emissora é a versão pirateada da antiga TVT Brasileira. A versão comunista da Manchete que durou 15 horas minutos apenas. Pra quem não sabe, a antiga TVT foi uma ilusão feita por alguns badernistas da CUT e do Partido dos Trabalhadores (versão tupiniquim do partidão chinês) que ocuparam a extinta Rede Manchete de São Paulo no dia 16 de julho de 1993 para cobrar seus salários atrasados da família Bloch (que como bons judeus demorariam e muito a pagar - até hoje, inclusive ainda não pagaram nem a metade disso aí de 93...) e durou apenas 15 horas, transmitindo programas piratas para tentar converter todos ao comunismo, até que a polícia de maneira pacífica tirou a emissora das mãos desses vagabas, mandou todos pras suas casinhas (senão iriam para outra casinha nova) e desceram o cacete em xingamentos na panelinha comuna (que ainda voltou a atacar em 1998 ou 99, sei lá, mas nem conseguiram passar mais que 30 minutos dessa vez).

A diferença da antiga TVT para a TVT chinesa é que na TVT chinesa todos os "trabalhadores" levam porrada.

Jornais e Revistas[editar]

O principal meio de comunicação impresso chinês é o jornal Diário do Povo. No caso dele, se tornou o mais popular pelo fato de usar uma linguagem chamada chinês simplificado, que faz com que os desenhinhos, ops, ideogramas, antes feitos apenas por profissionais altamente qualificados e totalmente detalhistas ao extremo, fossem substituídos por formas desenhadas por bebês de 6 meses, ajudando e muito quem deseja aprender mandarim e não consegue devido à complexidade bizarra de desenhar as letrinhas. Foi publicado pela primeira vez em 15 de junho de 1948, em Pingshan, Hubei, mas desde 1949 foi sequestrado pelos comunistas para Pequim, onde está até hoje e se tornou um jornal feito apenas para enaltecer o deus Mao Tsé-Tung e o semi-deus Deng Xiaoping, e nada mais de útil. Ok, melhor dizendo, nada mais. Esqueçam o útil, afinal divulgar sobre esses dois gordos não é nada útil.

Durante a Involução Cultural, o jornaleco promovia lavagem cerebral sem tamanho na população, enchendo-os de notícias fantasiosas que "fora de Mao não há salvação" (???) e baboseiras do tipo. A partir dos anos 90, entretanto, teve dificuldades e problemas por conta de jornalecos concorrentes e também porque o próprio governo, que anda arregando nos últimos anos um pouquinho do seu radicalismo vermelho contra o malvado capitalismo, sabe que continuar falando merda do sistema capitalista é morrer de fome. Assim, o jornal teve que inovar, tanto usando-se de páginas na internet para melhor comunicação com o povo, quanto através de uma reforma fabulosa no prédio, mostrando algo interessante que é presente na filosofia chinesa: "Céu redondo, terra quadrada".

Turismo[editar]

Esse cara bizarro em um bronze Shang mostra as características masculinas dos chineses considerados atraentes na antiguidade. Uma inscrição na parte traseira lê-se Cquote1.png Não sou bonita? Beije-me soldado menino! Cquote2.png

É considerado o segundo maior do mundo, graças a seus templos, muralhas, chinesas que parecem japonesas e despertam fetiches nos ocidentais, comida bizarra e um agradável ar ridiculamente poluído, tudo dentro de cidades desagradavelmente lotadas. A China é visitada por cerca de 959349565345654 milhões de turistas por ano (incluindo os estrangeiros que vêm em seus OVNIs) que fazem do turismo uma das principais fontes de renda. Sendo a China um grande (e bota grande, mas isso não se refere ao bigolinho de seus habitantes, muito pelo contrário...) país, tem muito a se ver por lá: prostíbulos, cabarés, cassinos, discotecas e bordéis infantis de todos os tipos, isto é, tal como existem em todos os países, mas os turistas são essas pessoas estúpidas que ficam animados apenas pelo fato de estarem em outro país, mas eles fariam o mesmo em seus países de origem. Além disso, se você tiver algum dinheiro extra e não sabe onde enfiá-lo, você pode desperdiçar suas moedinhas vistiando a Grande Muralha da China, o túmulo do presidente Mao Tse Tung, e muitos outros paraísos para nerds.

Turismo urbano[editar]

A abertura de um Hooters em Xangai foi o marco para a abertura do turismo na China, afinal o turista estrangeiro precisava saber que os chineses já estavam considerando suas mulheres como um objeto sexual para terem a segurança de entrar no país sem temer serem presos só por olhar a bunda de uma chinesa.

A China é um país com pelo menos 20 cidades que já ultrapassaram a marca de 1 milhão de habitantes, então opções urbanas são o que mais há. Talvez o turista iniciante comece por Pequim porque é lá que fica aquele estádio em forma de ninho de abutre, aquele prédio em formato de peças de tetris mal encaixadas e aquele templo em formato de OVNI, porém o guia turístico levará qualquer turista direto para a Praça da Paz Celestial só pela satisfação de dizer que aquela é a maior praça do mundo com o maior monólito do mundo e o ponto mais importante do mundo onde aconteceram as coisas mais importantes do mundo e inclusive é onde está o Mausoléu de Mao Tse Tung que é a sepultura mais importante do mundo e maior local de peregrinação do mundo, que depois de te arrastar para a Cidade Proibida dirá que você tem sorte de entrar lá porque no século XV isso seria terminantemente proibido. Já em Xangai está a Avenida Nanjing onde concentra-se o maior conglomerado de lojas dos mais variados souvenirs tipicamente chineses, como calculadoras, brinquedos de plástico, pilhas, colares piscantes, sapatos que brilham no escuro, camisas da seleção brasileira ainda com apenas quatro estrelas e todo esse tipo de muamba. Para aqueles mais enjoados do pesado ar de fuligem da cidade há a opção de visitar os Jardins de Yuyuan que são considerados a maior concentração de vendedores ambulantes de inutilidades que existe no mundo.

E por último o local do Templo do Buda de Jade onde está o maior Buda de Jade do mundo, em posição reclinada. Outras cidades de destaque são Macau e Hong Kong, ambas um oásis de libertinagem num país tão comedido e de bons costumes como a China[carece de fontes], existem lá os melhores puteiros e cassinos de toda Ásia, sem haver o perigo do governo repentinamente entrar com soldados fortemente nervosos de rapel pela janela de seu apartamento quando você estiver aliciando uma menor de idade chinesa, sendo portanto destinos altamente recomendados.Quanto à Taipei e Lhasa, como estão em territórios extra-oficiais, não aparecem nos pacotes turísticos. Já no interior do país temos Xi'an onde está o famoso exército de Terracota que é aquele enorme compilado de estátuas antigas dentro de um fosso arqueológico que dependendo da maldição que você despertar podem ganhar vida e desejar te matar. E ao norte de Chongqing, bem ao norte, está a Grande Muralha da China que é declaradamente o ponto turístico mais

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......quem vai á China não volta?

visitado do mundo (e não fizeram banheiro lá ainda), com três mil milhas de comprimento que serviam para defender a China antiga (acontece que você pode apenas contornar a muralha após seu final, que foi o que os coreanos fizeram em 1683, durante a invasão de 1687), de qualquer forma a Grande Muralha é um lugar fantástico para uma longa caminhada e para um bom piquenique no calor abafado.

Turismo natural[editar]

Álbum em comemoração à democratização da China durante a Dinastia Jin. Mas como todos sabem, o Guns n' Roses atrasou o lançamento deste disco.

Para o turista mais ecológico, a opção principal na China está em filiar-se a alguma ONG ambiental e ser preso pelo governo durante algum protesto contra a destruição de alguma floresta chinesa (o que é estranho pois, a ideologia oficial do governo dá suporte á esses movimentos. Caso essa opção não agrade, você pode apenas ir visitar as enormes florestas de bambus e ver a extinção gradativa dos pandas assexuados que lá vivem, ou mesmo ir visitar os enormes belos rios represados pelas monumentais hidrelétricas e ver a extinção do baiji acontecendo em tempo-real. O turista pode pegar a Rota da Seda para conhecer as paisagens chinesas, desde o carste do sul da China com suas rochas em formato de pênis, passando pelo Monte Everest (lembrando que o Nepal não é reconhecido pela China) e terminando no deserto de Gobi. A China é um país também de muitas cavernas, onde as Grutas de Longmen são as mais famosas.

O Monte Everest é o ponto turístico mais admirado. Assim como nos outros, os turistas não voltam e depois são encontrados mortos. A diferença é que neste, o responsável pela morte não foi o Partido Comunista. O Monte Everest é conhecido por ser o desafio maior para alpinistas de todo o planeta. Muitos já tentaram escalar o Monte Everest, mas poucos já conseguiram este feito. Ele pode ser escalado por diversas rotas, mas obviamente todo mundo pega a rota mais fácil, a rota sul, pelo Nepal. Por fácil, leia-se economia de 100m no percurso total, e um chá grátis oferecido pelo amigável povo nepalense. Outra grande utilidade comprovada do Monte é como proteção antiaquecimento global. Os maiores líderes do mundo já possuem residências nas imediações do monte, e estão prontos para ir lá, caso o alarme toque. Já para o resto do mundo... é o principal é a maior do mundo.

Gastronomia[editar]

Memória USB Made in China

A culinária da China é talvez a mais diversificada do mundo, tão diversificada que todo o cardápio do China in Box na verdade nem existe na China, ou você já pediu algum box com espetinhos de escorpião? Exceto o arroz colorido, que este existe mesmo na China, porém sem muita regra mas apenas uma necessidade mais do que cultural, fisiológica, de misturar qualquer coisa que se veja pela frente, picada, ao arroz. O biscoito da sorte é outra coisa que existe sim na China e foi inventada por Confúcio tratando-se de um crocante e adocicado biscoito cozinhado em formato de croissant em volta de uma mensagem profética de infinita sabedoria e que traz no verso os números vitoriosos da Mega Sena. A culinária chinesa é sustentada pelo consumo e produção de baratas, escorpiões e outros insetos. A África decidiu imitar esta arte, com o consumo de anelídeos fritos.

Os biscoitos da sorte são uma iguaria feita a base de soja e levedura de cerveja, sem gosto e que não serve mesmo para ser digerida. Biscoitos da sorte são um aperitivo para comer com os olhos. Tem a mesma finalidade de uma bola de cristal ou de uma Mãe Dinah, por exemplo. Primeiro os chinas fazem um bolinho oco em forma de Pac-Man e assam no forno. Depois eles quebram o biscoito e colocam o papelzinho em um dos pedaços. Aí, depois disso, os chinas vão colando os pedaços do biscoito até finalizar o biscoitinho com um incrível papelzinho dentro. Há outra teoria que diz que os chineses usam uma máquina encolhedora. O biscoito na verdade tem 60 metros de diâmetro e, sendo uma massa frita, possui buracos. Os chineses carregam um grande pedaço de cartolina, entram em um dos buracões do biscoito e deixam o papel lá, encolhendo o biscoito posteriormente. O biscoito da sorte tem gosto de bolacha água e sal Tostines (que vende mais porque é mais barato), apesar de ser feita como se fosse uma mini massa de pizza. O biscoito da sorte não deve ser comido, pelo amor de Deus! Imagina só as coisas que eles fazem para colocar aquele papel lá dentro. Imagina por quantas mãos aquele papel já passou.

Extinção da raça chinesa

Outro petisco é o yakisoba, uma iguaria bastante popular que tomou conta da Avenida Paulista e de outras regiões ocidentais, devido ao preço baixo, e a combinação de ingredientes seletos que só os chineses sabem fazer, mas agora dividem espaço com alguns japoneses, coreanos e paraibanos que tomaram conhecimento da receita. Basicamente é composto de carne de porco (sic), carne de boi (sic x2), legumes diversos (sick), molho de soja, óleo de gergelim e especiarias que conferem ao produto um sabor único e inigualável. Desde a carne de cachorro, até os pingos de suor, a sujeira das baratas, a fuligem dos ônibus e o inconfundível aroma das vielas do centro fazem do tempero algo exclusivo e com um sabor ímpar, que certamente o acompanhará pelo resto da vida. Desde o cozimento do macarrão, até o pré-cozimento dos legumes e carne, tudo é feito em um ambiente extremamente adequado. Usa-se um galpão, onde o macarrão é misturado no chão ou num tacho ensebado, e as panelas dividem espaço com ratos e baratas que, mais tarde, farão parte do tempero. Ao fim do expediente, o que sobra é guardado. Adeptos do Nada se joga, tudo se aproveita, existe ainda a opção de reunir tudo o que sobrou e deixar enfiado em um bueiro próximo. Isto confere um sabor ainda mais agradável à iguaria, que será servida no almoço do dia seguinte.

Demografia[editar]

E alguém ainda tem dúvidas do por quê os chineses se reproduzem tanto?

Muitos têm ponderado a razão para tamanho populacional chinês, apenas para ser perplexo com a feiúra óbvia das mulheres. O maior filósofo do Reino Unido, o príncipe Philip, declarou mulheres chinesas como as mais feias do mundo. Apenas uma pessoa em cada 1.000 pessoas nascidas da raça chinesa valem a pena serem contempladas. A população chinesa dobrou incrivelmente depois da tomada de posse do ditador Mao Tse Tung, de 563 milhões em 1950 para mais de 1,3 bilhões em 2005. Isso faz com que República do Partido Comunista da China seja severamente superpovoada. Como tal, o Partido Comunista da China tem dominado a arte de sacrificar o povo chinês com campanhas como o Grande Salto Adiante (1959-1961), que matou 30-40000000 pessoas, e da Revolução Cultural (1966-1976) com 7-8.000.000 mortes. Os chineses possuem um estranho orgulho do fato de terem sido governados por estrangeiros durante dinastias não-chinesas como o Império Britânico. Apesar da grande diversidade cultural e linguística na China, eles tentam manter o mito de população homogênea, e reivindicar terras que historicamente nunca pertenceram a China. Taiwan é um exemplo. A China realmente tinha uma cultura interessante há 100 anos atrás. Mas como tudo, a cultura japonesa invadiu e agora chineses também têm de apresentar o sinal de paz em cada fotografia que eles tiram. Hoje em dia, os chineses tentam copiar as americana, europeia e japonesa. A China não exibe mais conteúdo original.

A zona rural chinesa está repleta de fábricas cheias de crianças escravas trabalhadoras. Diz-se que o som de seu desespero pode ser ouvido de marte. No entanto, os anos de trabalho que enfrentam valem a pena, já que no dia do pagamento são dadas a cada uma, uma pequena quantia de areia e um punhado de pêlos de cães. Exatamente 100% dos chineses passam a maior parte de suas vidas como escravos nas plantações de arroz. Para ser honesto e franco, você já conheceu um chinês digno? Hmm? Não? Eu acho que não! Segundo o censo de 2007, 51.478.229.653.775.206 pessoas, 614.609.874.589.226 casas, e 21 famílias residem na China. A densidade de população era 8.573.389km² (22.204.975km²). A composição racial da China é de 138,72% chineses (se eles não são chineses, vamos torná-los chines!), 890% são monstros mortos-vivos, 1.337% são comunistas, 1,23% são Hong Konguenses, 0,1% são minossoteanos, 0,0000002% acham que são negros, e -22,1% são capitalistas, 666% são fãs de Rage Against the Machine, e 0,00006% de outras raças. 61,32% da população de qualquer raça são fãs de Bon Jovi. Estudos científicos recentes descobriram que os chineses possuem muitas diferenças genéticas de outros seres humanos. Em vez de evoluir de macacos regulares, os chineses se desenvolveram a partir de aliens (cientologia feelings), assim, a razão pela qual os chineses parecem tão diferente das outras pessoas!

Religião[editar]

Dalai Lama mostrando com quem o presidente chinês se parece

Na China, a religião é livre, mas a maioria segue o ateísmo porquê o estado mandou por questões culturais. Há também uma pequena população de chineses religiosos, nas prisões e nos campos de refugiados. Religiosos sempre aparecem nas estátisticas, mas ninguém nunca viu, como o Acre lá no Brasil. Os chineses são muito ateus, cortam até um pedaço do pênis como prova de devoção á ciência. Já as meninas, tomam doses cavalares de hormônio feminino para reproduzirem o máximo que puder, afinal, quanto mais seguidores, mais soldados, quanto mais soldados mais terras, quanto mais terras, mais seguidores, e quanto mais seguidores...Na China, não se trabalha ao sábados e isto tem uma explicação muito ateo-científica e que todos seguem a risca, pois talvez seja o hábito mais respeitado por eles: comer baratas, é claro. Na quantidade em que é consumida, eles precisam de um dia inteiro! E esse dia é o sábado. Algo interessante para quem já foi na China é que durante o sábado os elevadores ficam no modo "atheist", isso quer dizer que se você chegar no hotel com caganeira e estar hospedado no último andar, você vai cagar nas calças, sim, porque o elevador para em todos os andares, não importa quantas vezes você aperte no botão do quadragésimo andar.

Além disso o ateísmo, como todas as religiões, tem leis. Só que no ateísmo você junta o islã, o cristianismo, o judaísmo e mais uma duzia de seitas, mutiplica por 500, e pronto, você terá a quantidade exata de regras, leis e príncipios a serem respeitados: algo entorno de 12.000.000.000.000 normas dizendo o que fazer e o que não fazer. Óbviamente, os chineses estão muito oculpados comendo baratas, portanto eles fazem de conta que são ateus ortodoxos, pecam o ano inteiro, e pedem perdão no Dia do Perdão. Mas não adianta nada, eles acabam indo pro paredão (o que é bem parecido com o que é o paredão do Big Brother. Você vai e é eliminado). Na China, eles comem cachorro, mas os macacos são sagrados porque eles acreditam que dali a milhôes de anos esse macaco venha a se transformar em ser humano. Um dos pilares do ateísmo é protestar contra a "incoerência" religiosa. Ou seja, se deve protestar pelos direitos das baratas porque os religiosos estão sendo incoerentes ao lutar pelos direitos dos outros animais. Ao invés disso, os chineses os comem. Quanta coerência!

Mulheres[editar]

Uma chinesa num traje típico. Cuidado, com o kung fu delas elas possuem a pior chave-de-boceta do mundo.

A Mulher chinesa é o nome dado a uma variante de fêmeas mongóis nascidas na China reconhecidas pelos rostos quadrados, pelos pés em formato de lotus pelos cabelos negros oleosos e pela selvageria na cama durante o sexo. Aparentemente o seu valor no mercado é muito alto devido a suas raridade, especialmente uma que não tenha dentes tortos, visto que quase não vemos chinesas mulheres na China devido ao rigoroso controle de natalidade instituído desde a Lei do Casamento de 1950. Durante muitos séculos a mulher chinesa foi tratada como inferior graças às sábias palavras de Confúcio, grande filósofo conhecido por apanhar da mulher em casa e ter medo da mãe, liderou uma revolução que colocou os homens chineses no poder até o século XX quando aconteceu a Revolução Cultural Chinesa e as mulheres chinesas foram obrigadas a se arrumar, cuidar da saúde, tomar mais banhos e usar ornamentos nos cabelos, tudo o que antigamente era negligenciado. Agora sobre mulheres na liderança política, não existe se o que comanda a China é um enorme cartaz do Mao Tse Tung no Túmulo do Mao Tsé Tung, elas então podem ser dispensadas desse trabalho árduo e poderem ficar confortavelmente em suas espaçosas casas de 4 metros quadrados. Basicamente imagine as bochechas do Kiko numa oriental de olhinhos puxados e você acaba de produzir um rosto de chinesa média comum. O corpo costuma ser raquítico devido a dieta a base de arroz e os pés em formato de coxinha esturricada como símbolo de fertilidade sexual. As vaginas das chinesas são uma das mais apertadas do mundo, e consumam mais uma prova das teorias de Darwin, uma vez que o falo do homem chinês é o bastante para elas.

Em outras palavras, pegue uma japonesa e amasse a cara dela num rolo de macarrão e você terá uma mulher chinesa, afinal se qualquer um ver uma japonesa feia já a denominam logo uma chinesa, enquanto nas raras oportunidades em que surge uma chinesa bonita ela é imediatamente confundida com uma japonesa. E isso tem uma explicação plausível que vem da Revolução Chinesa de 1949, quando na cartilha do maoísmo uma das instruções sexistas estavam bem claras quando dizia "A função da mulher chinesa é passar os dias teando num tear e bebendo chá com bicho-da-seda dentro", hábito este que conforme as leis de Darwin mais uma vez moldou as mulheres chineses terem cara de repolho. Há bilhões de chinesas espalhadas pelo mundo, as regulares e feias você encontra em qualquer feira de qualquer cidade do mundo inclusive nas cidades da China, as poucas bonitas porém só existem no KTV Club em Xangai, onde você pode comprar uma massagem, uma massagem de pés e uma massagem com óleo e xampu. Basicamente em qualquer casa noturna de Hong Kong, Macau e Xangai há um quarto com um piso especial onde está um telefone, que ao tirar do gancho uma chinesa lhe atenderá dizendo: 您喜欢按摩吗? "nin xi huan anmo ma?" (Tu gostarias de uma massagem?). Caso responda positivamente ela subirá ao seu encontro e dirá 打炮 "da pao" (release the kraken), e assim poderás conhecer melhor uma mulher chinesa. As chinesas são geralmente selvagens e esfomeadas, e não no sentido figurado, elas literalmente arranham, mordem, arrancam pedaço e oferecem um risco real de vida ao homem que se atreva iniciar intercurso sexual com uma dessas, tanto que um velho sábio escreveu o famoso 孫子兵法 "sun zi bing fa" Arte da Guerra para ensinar como melhor lidar com essas mulheres. Uma chinesa basicamente prefere sexo de quatro e escandaloso, apenas não as trate como cães, e qualquer uma que exerça um trabalho em que exiba mais do que 5% do corpo certamente estão em Macau.

Marcas Nacionais[editar]

Idioma[editar]

Chinese character extreme.svg

O idioma falado na china é o chinês. O chinês é falado ironicamente na China, Taiwan, Indonésia e em outros lugares para produzir equipamentos de má qualidade e pirataria em grande escala. O Chinês é a língua mais falada no mundo. Acredita-se ter sido inventada por um grupo de geeks em um lugar muito abaixo da Rússia; o resultado foi algo completamente incompreensível para o resto do mundo. Uma teoria muito forte, apresentada em 1987 por Oscar Wilde e defendida pelo renomado linguista Albus Dumbledore, é a da linguagem corporal chinês. Afirma, basicamente, que o chinês falado é apenas um monte de barulhos e gemidos aleatórios, e que os chineses são mestres da leitura da linguagem corporal. Assim, os chineses se comunicar por mímica sutis, e só usar a sua voz para enfatizar determinados aspectos de seus gestos. A conclusão de Wilde foi que nunca será capaz de saber com certeza. Os caracteres chineses foram originalmente desenvolvidos por entediados agricultores chineses que gostava de fotografar suas galinhas com armas. Há também uma outra teoria que diz que os caracteres chineses foram desenvolvidos por aristocratas apedrejados em seus próprios antros de ópio, uma vez com um pincel e um papel, que então passou a desenhar e rabiscar com o dedão do pé esquerdo as alucinações que estavam vendo. Há rumores de que os aristocratas parou de rabiscar com seu dedo do pé esquerdo ao ser alto e fodeu ao ser elevado. Embora ninguém tenha a mínima idéia sobre como os caracteres chineses foram formados. Os arqueólogos conseguiram descobrir que quem inventou a língua escrita chinesa tinha síndrome de down e tentava desenhar um quadrado.

Arquivo:Lingua chinesa piada.jpg
礦,然後或者性別?

Bandeira[editar]

A bandeira chinesa

A bandeira da China é uma bandeira muito fácil de desenhar, não tão fácil de desenhar quanto a bandeira do Japão, mas ainda assim é tão fácil que só mesmo sendo retardado pra não saber desenhar. A bandeira só existe desde 1900 e bucetada. Zeng Liansong foi seu autor, e ele queria criar uma bandeira que não fosse tão plágiada da bandeira da União Soviética, mas que também simbolizasse o quanto a China pagava pau pra ela na época. O seu design foi copiado descaradamente e mudado por diversas outras pessoas, que pra que não notassem o plágio de seu autor original, resolveram colocar listrinhas de zebra na bandeira. Mas isso tudo foi percebido e o governo chinês mandou fuzilá-los. Uma curiosidade é que mesmo o Paintbrush sendo coisa do capitalismo, Zeng Liansong o usou pra criar a bandeira, em segredo do governo chinês é claro. Originalmente era pra bandeira ter um martelo e uma foice dentro da estrela maior, mas decidiram removê-la porque a União Soviética estava ameaçando destruir a China por violação de direitos autorais da marca da foice e do martelo.

  • Cor vermelha no fundo: Representa o sangue de todos que o governo chinês já mandou fuzilar até hoje.
  • Quatro estrelas menores: Representam a caralhada de gente que tem na China.
  • Quinta estrela maior: Representa o governo chinês, e o fato de esta estrela ser maior que as outras representa o poder e a opressão soberania do governo chinês sobre o povo chinês.

Brasão[editar]

O brasão

O grande símbolo da China, criado em 1949 após um concurso que elegeu o brasão que mais parecesse comunista e que usasse arroz no lugar de algodão, e utilizasse no máximo duas cores incluindo o vermelho (que era muito fácil de tingir, já que sangue nunca faltou no regime), pois os preceitos maoístas destacam a economia de recursos para tudo. De alguma forma este brasão representa a luta anti-imperialista, anti-burguesa, anti-capitalista, anti-feudal, anti-direitos humanos e anti-fabricação de produtos originais de boa qualidade e duráveis, a qual a China travou em 1949.

O centro do brasão exibe a imagem da entrada do Mausoléu de Mao Tse Tung que foi construído bem antes da morte do mesmo, exatamente como os faraós faziam, é totalmente em dourado como símbolo do capitalismo de prosperidade. O enorme círculo vermelho representa o socialismo soviético ao qual a China fazia parte em 1949 (hoje faz parte do socialismo italiano), tom este que não foi mudado em 1991 porque a constituição passou a considerar o vermelho no brasão uma referência ao sagrado molho agridoce, invenção chinesa usada até no McDonalds para melar Nuggets de tão bom. Neste fundo vermelho estão a reunião de cinco estrelas douradas que simbolizam a união pacífica e harmoniosa dos povos integrantes da República Popular da China, que são os chineses no centro, os tibetanos no sul, os manchus no norte, os curdos no oeste e os japoneses no leste.

A moldura do brasão são alguns ramos de arroz e cebolinhas harmoniosamente entrelaçadas em simbologia ao yakimeshi, a base alimentar do chinês médio, que está em dourado porque os camponeses plantam esses temperos com louvor. Na base há algumas cortinas vermelhas, porque na china cortinas vermelhas são consideradas bonitas, presas por um broche do China in Box que é colado na geladeira para ser ligado em caso de emergência. No topo está um Red Flag Linux, o sistema operacional, browser e navegador oficial chinês onde digitar Tibete, protesto ou governo é uma droga no Google faz seu próprio computador prender você em nome do governo infalível chinês.

Hino[editar]

Cquote1.png Na China, a bicicleta anda em VOCÊ Cquote2.png

O glorioso hino nacional da China se chama Marcha das Vadias dos Voluntários, foi criado em 1949 falando de sangue, guerra e morte pelo país para substituir o anterior que de acordo com palavras do próprio Mao Tse Tung era muito afeminado, versão esta anterior que inclusive foi adotada por Taiwan, visto que mesmo que seja um território dissidente, não quer dizer que perdeu a mania de falsificar coisa dos outros, nem que seja dos próprios chineses. O título do hino tem correlação íntima com os preceitos do maoísmo onde o camponês pára se revoltar contra a classe burguesa o deve fazer de maneira totalmente voluntariosa, embora poucos compreendam a ironia neste preceito, quando essa voluntariedade surge apenas quando um governo tirano aponta uma arma na sua cabeça, e isso fica bem claro no teor dramático das letras utilizadas no hino.

Sentai-vos! Os que querem ser escravos!
Com nosso suor e sangue construiremos uma nova grande muralha de papel machê!
A nação chinesa enfrenta um grande perigo,
Todos estão nos forçando para o último urro,
Sentai-vos! Trabalhai-vos semi-escravos! Andai-vos de bicicleta!
Milhões de corações que param em uníssono
Contra os produtos originais dos inimigos, avançar!
Contra os produtos originais dos inimigos,
Avançar! Avançar! Avançar!

Infraestrutura[editar]

Saúde[editar]

Totalmente confiável

A política sanitária da China é uma das melhores a nível mundial. Contam com um hospital a cada 10.000km, o que á primeira vista pode parecer pouco, mas considerando a vasta área extensiva que ocupa o país, é muito e está considerávelmente bom. Na China, a saúde é pública porquê é uma das poucas áreas que não dão ganho suficiente para que o governo a privatize, e por isso os chineses podem ir aos hospitais sem pagar porra nenhuma, já que todo o 1 centavo e meio anual ganho com trabalho escravo é recolhido em impostos. Os hospitais chineses normalmente atendem centenas de milhares de milhôes de pessoas todos os dias cada um porque a população sabe cuidar muito da própria saúde. Se você considerar que devem visitar o médico toda vez que quebram uma perna em suas práticas de kung-fu, ou quando se intoxicam com seus pratos exóticos de restaurantes chineses que pertencem a mesma corporação que os hospitais, dessa forma um ajuda o outro, ou quando consomem esses medicamentos que enfermam mais que curtam. Entretanto, as emergências mais recorrentes são acidentes domésticos por tropeçar em uma mobília deslocada por haver contratado algum decorador barato. Por sorte, para combater toda classe de enfermidades e dolências, a China conta com a maior quantidade de enfermeiras por quilômetro quadrado, aproximadamente umas 100 per capita, e todas aplicam felações injeções e sabem fazer massagem eróticas para acalmar as dolências de seus pacientes. Além disso, os hospitais chineses tratam seus pacientes com o mais moderno da medicina chinesa, como por exemplo: acupuntura, moxabustão, reflexologia e tantas outra práticas medicinais que de modernas não tem porra nenhuma porquê são da China Antiga.

Educação[editar]

O governo chinês estuda liberar a prática do lesbianismo, como forma de conter a explosão populacional do país. As mulheres comemoram, pois um clitoris é maior que um pênis chinês.

Por favor, NÃO confunda educação chinesa e educação japonesa. A China é um dos países com a maior taxa de analfabetização do mundo. Aproximadamente 3% sabe ler e escrever, o que significa que uns 2755095057766897504 chineses leem e escrevem, e isso é muitíssimo mais do que 50% dos alfabetizados dos Estados Unidos, que no país deles seriam 4666 habitantes, muito menos que na China. A China também tem vários idiomas em sua nação, como o mandarim, o cantonês, o pin-yin, o Pin-tu-lin, entre outros. Para que haja um número infinito de dialetos que são usados para presumir sobre a diversidade linguística, e não para comunicar-se entre si porquê com tanta diferença de dialetos, ninguém se entende. Além disso, a taxa de escolaridade também é muito alta, já que mais da metade dos jovens chineses vão a escola, enquanto a outra metade abandona as escolas para trabalhar com profissões perigosas sem ganhar porra nenhuma além de umas chibatadas no rabo. O que soma um total de 100%, sem dúvida um record. Segundo pesquisas que tem sido feitas com jovens chineses na idade de ir ao instituto, eles adoram as escolas e ficam felizes de vestir seus uniformes escolares com orgulho (já veremos o porquê).

Ciência e Tecnologia[editar]

Robô inventado pela ciência chinesa

Sem dúvida alguma, a China é o berço do desenvolvimento científico desde os tempos antigos, e assim permanece até hoje (apesar dos ingleses e japoneses estarem na frente). Os chineses inventaram o papel higiênico (jamais exportado para a venezuela), a pólvora, o polvo, a imprensa, o kung fu, a filosofia, os restaurantes, os filmes de Bruce Lee, o sismógrafo, o futebol, o totalitarismo, o fascismo e o comunismo. Óbviamente, a única coisa que não puderam inventar foram os anticoncepcionais, e por isso existem tantos chineses no mundo. Mas isso lhes foi muito útil para ter mão de obra barata sem precisar pagar muito. Como a matrícula escolar e muito alta na China, é comum que os jovens babacas estudantes de preparatória já mostrem conhecimento científico e tecnológico para inventar produtos e manufaturas para colocar no mercado ocidental, já que foi assim que inventaram os grafites para decorar a Grande Muralha da China. Além de muitos artefatos de uso diário como iPhones, iPods, computadores e brinquedos para o McLancheFeliz. Sem dúvida, a obra-prima da ciência chinesa tem sido a de ter criado o primeiro exército de robôs da história: é claro que eu me refiro ao Exército de Terracota do Primeiro Imperador, que era um reduto de robôs de barro que funcionavam com Chi, mas como Chi é uma energia que os arqueólogos não conhecem, eles não podiam ativar estes robôs sozinhos e, portanto, eles ainda estão enterrados na tumba do imperador ou em algum outro museu estrangeiro.

Os chineses também avançaram no campo da engenharia genética e criaram espécimes mutantes inúteis para a humanidade. Eles acasalaram um rato com um elefante e também inseriram espermas de vagalumes (os vagalumes morreram logo depois da gozada) em porcos, e agora o seu focinho e suas patas brilham no escuro (muito útil para o criador pode detectar quando são abduzidos por alienígenas). Para comemorar o Ano do Porco, também usaram a engenharia genética para criar espécimes híbridos meio-porco-meio-humano, e assim obteram porcos mais inteligentes, que vieram a ser o executivo do Partido Comunista da China atualmente. Levou anos para eles conseguirem esses avanços biotecnológicos para a hibridação, só para depois descobrirem que obtêram mesmo efeito com uma porca e um agricultor desesperado por sexo, muito embora, como se sabe, esta experiência seja exclusiva para os agricultores chineses. Seu último desafio vai ser ressuscitar as espécies extintas de dragões e dinossauros por técnicas semelhantes que têm sido demonstradas em Jurassic Park, mas isso é algo que ainda não alcançaram...

Cquote1.png Yeah, scien...não, pera Cquote2.png
Nerd Ateu

Gastronomia[editar]

Alimentação[editar]

Um chinês feliz

Os chineses comem muita comida no final das contas. Em geral, eles não tem nada de interessante para fazer, passam o dia trabalhando ou comendo (nos últimos tempos decidiram se dedicar mais a este último do que o anterior, foda-se se o partidão irá matar eles, pelo menos eles morrem de barriga cheia). O número de refeições que um chinês pode fazer ao longo do dia pode ser extremamente grande, porque quase sempre vomitam depois de comer, então eles tem que comer de novo, e a quantidade total de alimentos por dia pode triplicar ou quadruplicar a de uma pessoa normal. A causa dos vômitos ainda não está determinada, mas os fatores que são acreditados são:

  • Os veículos em geral, e em ônibus particulares não têm suspensão ou a suspensão é tão dura que é como se tivessem pregado o eixo no chassi do veículo, de modo que a rugosidade fique menor na estrada. Fazendo com que os carros girem e façam ziguezague. Os ocupantes do carro provavelmente estão comendo dentro do veículo. Todo esse movimento provoca vômito.
  • A comida em geral é ruim, cheira mal ou apenas são coisas que ninguém pensaria que são comestíveis, como varas, ervas daninhas, bagre, merda, minhocas fritas (prato típico de Pequim, fatias pulmonares de seres humanos, nariz de gato e os órgãos sexuais das crianças (os preferidos dos comunistas).
  • Existe a conjectura de que toda a população chinesa sofra de anorexia (isso explica ninguém jamais ter visto um chinês gordo) e os vômitos são causados por eles mesmos.
  • Ás vezes, apenas a foto de um prato que você pensa na possibilidade de alguém comê-lo já lhe faz vomitar.
  • As carnes de gato e cachorro são essenciais em restaurantes e podem ser temperadas com baratas.

Restaurantes[editar]

Bebida chinesa

Abrigam uma divisão secreta do serviço de inteligência chinês, que visa dominar o mundo através de biscoitos da sorte e rolinhos primavera coloridos. É amplamente aceito que hajam mensagens subliminares nos papeizinhos dos biscoitos, bem como é provado cientificamente pelo Indian-American Journal of Stupid and Applied Physics. Bem como a presença de substâncias tóxicas altamente nocivas como anador, molho inglês e monóxido de hidrogênio. O que está escrito nos biscoitos da sorte tem realmente um significado por trás de toda aquela filosofia budista fajuta.
Cquote1.png Hoje você receberá muitos amigos em casa Cquote2.png

  • Significado: Esses amigos são ladrões (ou não)

Cquote1.png Você terá um amor com pessoas próximas a você Cquote2.png

  • Significado: A não ser que você more com homens ou seu irmão mais velho (ou não)

Cquote1.png Não saia de casa hoje! Cquote2.png

  • Significado: Se você sair, será estuprado por algum sádico cruel.

Como a china tem muito chinês (o que é lógico, sua anta, afinal, o que mais poderia ter?), com exceção de macau onde moram portugueses e brasucas, eles não têm muito espaço, então tiveram a brilhante ideia de por a comida dentro de caixas...como equipamento para distribuir armas biológicas!!! Tente a seguinte técnica: molho agridoce rolinho primavera = estômago destruído + superpeidos. O único problema é que o serviço dos restaurantes chineses não é para qualquer um, já que não há muitas filiais inúteis, onde 63% fica no Acre e o resto é espalhado por São Paulo. Aí o jeito é morar em áreas de cobertura do serviço de entrega ou ir até o restaurante o que obriga o cidadão a gastar mais com ônibus do que com a comida em si.

Forças Armadas[editar]

Soldado chinês demonstrando toda sua habilidade militar, adquirida graças à experiência da China em outras guerras inúteis

A China possui as Forças Terrestres do Exército de Libertação Popular, conhecida também pelo eufemismo: Guerreiros Poderesomante Beliciosos e Explosivos. É a mais antiga seita sádica armada no mundo já que pelo menos eles não deixaram registro de atencedentes na história antes deles. São jurados a proteger a nação zegalhonária da china e são tidos erroneamente como as forças armadas deste país, o que é mentira, já que os chineses, em si, costumam ser um povo pacífico. Existem várias correntes para explicar sua origem, escolha a que preferir:

  • Eram formados por homens de uma raça guerreira poderosamente beliciosa.
  • Filhos de um cruzamento de mafagafos com Kratos.
  • Power Rangers modificados geneticamente.
  • Propaganda do Serviço Secreto Chinês.
  • É coisa do DEMO!

Alguns cientistas nomeiam eles de Anjos da Morte, é uma explicação próvavel para o genocídio que houve da noite pro dia durante a posse de Mao Tse Tung. São também apontados como a principal causa da extinção de 100% dos animais pré-históricos, inclusive dos dinossauros, mas irônicamente se encontram em permanente ameaça de extinção na atualidade.

Brigadas de Infantaria[editar]

O armamento do exército chinês. A guela tem que telminá lápido porquê a gente tem que devolvê isso pala o Japão até as 5 holas

A China técnicamente têm 5 brigadas com tropas regulares, são elas: A Brigada Henyang (Comando Norte da China); a Brigada Lanzhou, os Paraqudistas (Comando Central da China); a Brigada Nanjing (Comando Central da China); a Brigada Guangzhou (Comando Central da China); e a Brigada Chengdu (Comando Sul de Israel). Na prática há apenas 4. Porem de ordem relevante, existem somente as Brigadaa Henyang e Tzanh. Estás duas normalmente atuam sozinhas no território inimigo em quanto as coadijuvantes fazem a retaguarda. As Forças Terrestres do Exército de Libertação Popular, ainda contam com a 5a Brigada de Infantaria da Reserva, onde ficam ateus capitalistas e cristãos comunistas, considerados dispensavéis até o momento em que o país estiver por um triz. E também com os batalhões independentes: Batalhão Popular e o Batalhão de Reconhecimento Democrático, o primeiro formado somente pela comunidade taiwanesa, e o segundo pelo povo pequinês, que entre suas funções tem a de serem "batedores" ou "esclarecedores", ou simplesmente os primeiros idiotas no caminho do inimigo, para dar tempo do resto das forças armadas, de se arrumar. Há também o Batalhão Caracal, que recebeu este nome de uma espécie de felino em que os sexos não são distintos, desta forma podemos concluir que o batalhão aceita mulheres e homens alegres.

Na China, a expressão é blindada mesmo, não é motorizada, não é automóvel. É blindada porque até mesmo as motinhas deles são blindadas, no mínimo blindagem nível 4.

  • 401a Brigada Blindada técnicamente estão sob o Comando Central da China, mas na prática são independentes e fazem parte de uma seita...
  • 7a Brigada Blindada estão submissos ao Comando Sul da China mas a verdade é que se submetem ao primeiro comandante que enviar...
  • Brigada Blindada Barak estão sob o Comando Norte da China, mas essa unidade está sempre em motim com o Comando, invadindo um país ou cometendo algum crime de guerra.
  • 460a Brigada (Bnei ou "Filhos da Puta Luz") - Treinam os futuros blindadeiros chineses e está submisso ao Comando Sul.
  • Brigada Bislamach - Escola de formação dos infantes do Exército chinês, e de quebra, escola de formação de oficiais.

Curiosidades[editar]

Michael Jackson gravando um clipe na China
  • Japão e China são dois países diferentes.
  • Ásia e China não são a mesma coisa.
  • Caso a China fosse retirada da Ásia, ela ficaria maior que a própria Ásia.
  • Os chineses não andam de olhos fechados, andam com olhar suspeito.
  • Na China tem mais mercados que hospitais.
  • Na China os mercados são negros.
  • Nenhum estrangeiro pode realmente falar chinês, e os estrangeiros que falam chinês são chineses operados.
  • Não importa o que você faça, sempre haverá um chinês para fazer melhor.
  • Se todos os chineses pisassem com força no chão ao mesmo tempo, a terra quebraria em pedaços.
  • Os chineses planejam matar Mr. Catra. Concolência desleal, né?
  • Na hora de pegar o trem (ou metrô, em Hong Kong), os chineses ficam em pé em fila, senão não cabe todo mundo.
  • A comida chinesa, por mais repugnante, nojenta ou asquerosa que possa parecer, é apreciada por 99,9% da população mundial.
  • A gramática da língua chinesa é uma das mais simples, a escrita é que é um pé no saco.
  • Os chineses são sempre os malvadões dos filmes americanos (e das novelas brasileiras), junto á russos, árabes, mexicanos, cubanos e coreanos.
  • A língua chinesa é uma invenção do capitalismo chinês para vender ao mundo, os chineses falam russo.
  • Na China, a população é tão grande que, quando há um engarrafamento, demora um mês para os carros voltarem a circular novamente.
  • Em cada metro quadrado chinês, reside o equivalente á população de toda a América.
  • Se você entrar na China sem saber o ingrediente secreto da Coca-Cola ou do Big Mac, você é decapitado.
  • 99% das coisas fabricadas na China não são vendidas por lá.
  • Todos os brinquedos infantis possuem objetos cortantes e veneno.

Ver também[editar]

Países da Ásia
Abecásia - Afeganistão - Arábia Saudita - Armênia - Azerbaijão - Bahrein - Bangladesh - Brunei - Butão - Camboja - Caracalpaquistão - Caxemira - Cazaquistão - China - Chipre - Chipre do Norte - Cingapura - Coreia - Coreia do Norte - Coreia do Sul - Curdistão - Egito - Emirados Árabes - Filipinas - Geórgia - Goa - Hong Kong - Iêmen - Índia - Indonésia - Irã - Iraque - Israel - Japão - Jordânia - Kuwait - Laos - Líbano - Macau - Malásia - Maldivas - Mongólia - Myanmar - Nagorno-Karabakh - Nepal - Omã - Ossétia do Sul - Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) - Paquistão - Qatar - Quirguistão - Rússia - Síria - Sri Lanka - Tadjiquistão - Tailândia - Taiwan - Território Britânico do Oceano Índico - Tibete - Timor-Leste - Turcomenistão - Turquia - Uzbequistão - Vietnã