Romênia

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar
Leia o artigo com essa bela canção romena
Vídeo de youtube
România
República dos Vampiros
Bandeira da Romênia Brasão de Armas da Romênia
Bandeira Brasão
Lema: "Mortes aos comunistas, húngaros, turcos e russos" "Trăiască România"
Gentílico: Romeno, vampiro, dracula, valáquio, dácio
Hino:
""Deşteaptă te, române!""
Capital Bucareste
Idiomas Romeno
Governo Democracia, liberal na economia, conservador nas leis, anticomunista, antihúngara, antiturca, antirussa, anti-muçulmana
Vampiro líder Klaus Iohannis
Auxiliar do líder Ludovic Orban
Ministro Lord dracul
Gerentes Vampiros
Heróis Nacionais Vlad III, Stephen o Grande, Carol I, Ion Antonescu, Cornéliu Zelea Codreanu
Independência 1881
Moeda Leu romeno
Religião Igreja Ortoxa Romena, anticomunismo, ódio aos seus vizinhos
População 19,4 milhões de vampiros
IDH 0,828
TLD .ro
Código telefônico Disque.vampiragem
Site do governo www.dracularia.com

Cquote1.png Filhos da puta!!! Cquote2.png
Hungria sobre Romênia
Cquote1.png Transilvânia é da Hungria seus vampiros Cquote2.png
Hungria sobre irritar os romenos
Cquote1.png Hahahaha, nu, nenorocitule Magyars! Cquote2.png
Romênia sobre opnião acima e o povo húngaro
Cquote1.png São conhecidos como romenos, vistos como vampiros, são bons na ginástica, são os únicos povos latinos da religião ortodoxa e gostam de vinho Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Romênia
Cquote1.png Vocês pertencem à nós Cquote2.png
Romênia sobre Moldávia, Transnístria e sudoeste da Ucrânia
Cquote1.png NÃO!!! SAIA FORA SEUS DRACULAS FALIDOS!!! Cquote2.png
Moldávia, Transnístria e Ucrânia sobre vontade da Romênia acima de se expandir

Romênia é uma nação do Leste Europeu, é famosa por ser a terra do Dracula, por odiarem o comunismo, pelos vinhos, pelas romenas que até que são bonitas (e gostosas também) , são os descendentes diretos dos romanos, e o seu idioma é o que mais lembra o Latim antigo, tanto no sotaque quanto nas palavras, até mais que o italiano, e é um povo que nunca aceitou ser submisso, sempre resistindo ao imperialismo, expansionismo, nazismo, socialismo, e mais recentemente, ao globalismo e a refugiados.

Prato de lá, parece que é bom.

História[editar]

Não se sabe quase porra nenhuma sobre esse lugar na Idade Antiga, apenas que se viviam os povos Trácios e Dácios, que não era uma nação, e sim um conjunto de tribos separadas naquela região, e que tinham como limite o Rio Danúbio. Então o Império Romano domina tudo, espalhando a sua cultura e idioma, obrigando os nativos a falarem o Latim, daí a semelhança da língua atual, fundando a Província da Dácia. Mas Roma vai a falência, e esse lugar é invadido pelos germânicos. No século 5, o Império Bizantino domina esse lugar e os converte ao Cristianismo Ortodoxo.

O verdadeiro dracula

Durante a Idade Média, os Reinos da Valáquia e Moldávia se tornam potências regionais. No século 15, são dominados pelos Império Otomano, mas eles não aceitam isso de boa, surgindo várias revoltas, a mais famosa delas, foi a de Vlad III, que para dar medo nos turcos, empala os soldados islâmicos capturados em batalha, enfiando um tronco no cu deles até sair pela boca, e suspendia o desgraçado ainda vivo, que ficava horas agonizando até a morte, e milhares de comedores de kebab morreram assim, e o Lord Dracula ainda gostava de se alimentar vendo eles morreram naquelas estacas. No século 19 finalmente ganha independência, graças a Rússia. Na Primeira Guerra Mundial, se junta aos Aliados, e apesar de não ajudar em nada, em 1919 ganha a Transilvânia da Hungria através da guerra. Na Guerra Civil Russa, aproveita e toma uns pedaços do país. Na Segunda Guerra Mundial, se une ao Eixo, e junto com Adolfinho, invade a URSS, pegando bastante território, ficando em seu território máximo. Mas em 1944 tomam uma surra dos soviéticos e mudam de lado. Em 1945, perdem todos os territórios ganhos na WW2, com as fronteiras atuais passando a valer. Em 1947, os comunistas tomam o poder pela força, sendo proclamada a República Socialista da Romênia, fazendo o país passar para o lado vermelho da força, um mero fantoche do Bloco Oriental, sendo um dos fundadores do Pacto de Varsóvia. O ditador comunista Nicolae Causescaseu assume o poder nos anos 1960, e passaria a governar os romenos com totalitarismo, matando aqueles que não fossem a favor do governo e deixando o povo com fome, filas quilométricas para uma comida estragada e insuficiente eram comuns. Para piorar a situação, no inverno de 1989, para pagar as dívidas externas, o imbecil raciona os alimentos e gás, fazendo muitos morreram por inanição e de frio. Os romenos ficam com ódio, e fazem uma protesto violento, Causescaseu manda o exército para encher os manifestantes de bala, mas quando chegam lá, são aclamados como heróis pelos protestantes, e como estavam sem receber a meses e a também estavam com fome, os militares se juntam aos opositores, e em 25 de dezembro de 1989, o ditador cusão tenta fugir para a URSS, mas é pego e fuzilado, marcando o fim da ditadura esquerdista. Em 1990, ocorre as primeiras eleições democráticas, a República da Romênia, e ganha uma nova constituição, substituindo o socialismo falido (pleonasmo) pelo liberalismo que até que deu certo. Nos anos 2000, entra para a União Europeia e OTAN.

Geografia[editar]

Fica localizada nos Balcãs, e os montes Cárpatos cortam o país pelo meio. O clima é temperado, no verão até que é suportável, mas no inverno faz frio pra caralho de fazer qualquer cabra macho tremer, com Neves cobrindo tudo.

Romenos, como todo mundo acha que são
Romenos, como realmente são

Política[editar]

A política do país é interessante, o comunismo é proibido por motivos óbvios, assim como partidos de esquerda, e os viados, femisnitas, lésbicas, abortistas e refugiados são perseguidos pelo governo e pelos habitantes com toda razão, pois realmente enchem o saco de qualquer um que não tenha mal gosto. Tem treta com a Hungria, pois reinvinda o território romeno de Transilvânia (que tem muitos húngaros) para ela, m gerando uma disputa na região.

Religião[editar]

Grande parte dos romenos são da Igreja Ortoxa Romena, embora outros hábitos como o ódio aos húngaros, turcos e russos, se amostrarem para os seus vizinhos e botar comunas para correr sejam igualmente bem populares, e se acham os verdadeiros e únicos descendentes dos legionários romanos.

Curiosidades[editar]

  • Tem o maior palácio do mundo, feito pelo ditador comunista Causescaseu para ele morar, enquanto o povo morava em uns barracos de madeira.
  • Apesar de fazer parte da União Europeia, não usam o Euro, e sim o Leu Romeno, que infelicidade heim.
  • No interior do país, eles não trancam as casas, elas são tudo abertas, sem se preocupar com assalto e roubo, isso mostra o outro nível, vai fazer isso aqui no Brasil para ver se você não amanhece morto...
  • Tem o cemitério de Merry, que é alegre, todo colorido, esse é péssimo para ir no Halloween, mas serve para o carnaval ou o seu aniversário.
  • Eles são bons na ginástica.
  • Falam um idioma um pouco similar com o português, pois também deriva do latim.
  • Odeiam os húngaros, turcos e russos.
  • Criminalizam o comunismo, partidos de esquerda e aborto.
  • Não aceita imigrantes.
Bucareste

Ver também[editar]


Países da Europa
Bandeira da União Europeia.png

Albânia - Alemanha (Nazista, Comunista, Capitalista, República de Weimar) - Andorra - Armênia - Áustria - Azerbaijão - Bélgica - Bielorrússia - Bósnia e Herzegovina - Bulgária - Cazaquistão - Chipre - Croácia - Dinamarca - Eslováquia - Eslovênia - Espanha - Estônia - Finlândia - França - Geórgia - Grécia - Hungria - Irlanda - Islândia - Itália - Kosovo - Letônia - Liechtenstein - Lituânia - Luxemburgo - Macedônia - Malta - Moldávia - Mônaco - Montenegro - Noruega - Países Baixos - Polônia - Portugal - Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) - República Tcheca - Romênia - Rússia - San Marino - Sérvia - Suécia - Suíça - Turquia - Ucrânia - Vaticano