Sim

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
Jim Carrey interpreta um personagem que responde "sim" a qualquer pergunta, ignorando possíveis resultados catastróficos ao abusar dessa palavra.

Sim, ao contrário do não, permite afirmar qualquer coisa. Assim como o não, o sim pode ser considerado uma palavra mágica, com poderes positivos que podem SIM trazer-lhe benefícios (ou malefícios) a você e às pessoas do seu redor. Você dá o cu? Se disse sim, acaba de afirmar que sim, assumiu que sim, provou que sim. Você adoraria suicidar-se? Se disse sim, afirmou que a sua vida é uma merda e em breve acabará logo com o sofrimento. Você é pobre? Se disse SIM, então revelou ser pobre.

O sim, apesar de ter poderes positivos, pode determinar o destino e influenciar os resultados da sua vida positivamente ou negativamente. Simples perguntas respondidas com um sim fazem uma diferença e tanto! Imagine uma mulher lhe perguntando se o vestido está lindo, se você responder que sim, ela se sentirá lisonjeada e ficará muito feliz com você por ter-lhe dito sim. Isso é um aspecto positivo da palavra sim.

Agora vamo-nos aprofundar no lado negativo dessa palavrinha: imagine-se numa situação terrível em que você se arrepende de ter feito algo com uma pessoa ou com um objeto (talvez tenha lá quebrado algum pertence da sua mãe, sei lá), e de repente os seus pais chegam à casa e perguntam-lhe o que aconteceu. Se você se deparar com um momento em que será obrigado a dizer sim a uma pergunta intimidadora de um de seus pais, levará uma surra e/ou ficará de castigo por não sei lá quantos meses.

Sobre[editar]

O sim pode ser algo horrível, destruidor, ou pode dar algo muito bom para você. (EX:Um PlayStation 3). Pode dar uma namorada para você, pode dar uma casa para você, pode dar um pé na bunda, ou então dar um caixão com um monte de bosta dentro. Então, podes ter uma caralhada e meia de coisas boas, ou um googolplex de coisas ruim que ninguém quer.

Então lembre-se: o sim pode ser negativo e o não pode ser positivo. Use-o com moderação!