Usuária:Rhubella Marie/sandbox

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

Biden - 264 Trump - 214 Placa indicativa de distância até ao Porto no quilómetro 8 da A1 (sentido sul-norte) em Santa Iria de Azoia - 294 Ja fazem 84 anos que Nevada está contando os votos, grande dia.

Resultado parcial: Biden - 264 Trump - 214 Peugeot 206 Furacão - 2000 Dias que fazem as férias - 104 Brooklin-99 B - 52 Joãozinho - 30 Covid-19 Androide - 18 Bolsonaro-17 Super- 11 Ben- 10 CR-7 Parasita - 4 (incluindo Melhor Filme) 1917 - 3 (prêmios técnicos) Pi - 3.1415926535897932384626433832795028841971693993751058209749445923078164062862089986280348253421170679821480865132823066470938446095505822317253594081284811174502841027019385211055596446229489549303819644288109756659334461 2847 Frequência de Álgebra - 0


Você, nerd, magrelo ou gordo, que já foi intimidado e queria meter uma na cara dele? Então siga este Livro! Vamos começar com os golpes, que são um soco ou chute que seja estiloso ou não:

  1. Uppercut: Fácil, agache-se (Se quiser, só agache-se pra ter mais potência) e levante com tudo juntamente com seu punho daí, seu punho tem que acertar o queixo do cara.
  2. Big Soco: Treine antes de fazer isso, se você xingou o cara de longe faça este golpe, corra pra caralho e depois mire seu punho bem no nariz (Ou na bochecha se quiser) e vai com tudo. Se for bem manso, o cara é derrubado, que o golpe abaixo é recomendado se seu oponente caiu.

Para Golpes ou Combos com chutes:Pegue alguma coisa que tenha alvo,se não tiver,pegue um vaso que tenha somente um galho longe e coloque um alvo e prenda-o,daí,você vai dando chutes até derrubá-lo,ou,se for meter a Voadora,afaste-se e tente derruba-lo metendo as Voadoras.

4 - Para Golpes ou Combos Fortes:Faça que nem o primeiro treinamento,só que desta vez,molhe a areia,e meta os socos,até quebrar a mão,se for um chute,faça que nem o anterior,mas,prenda o negócio com super bonder.

Bem,Se Você quer arrebentar seu oponente,use Combos: 1 - The Easy:Meta 3 Socos na cara do oponente,e depois,uma cotovelada na cara,não é lá essas coisas...

2 - The Boxer: Faça que nem o combo anterior,só que,para finalizar,dê um uppercut,é a mesma coisa,só que com uma dor no queixo de brinde.

3 - A The tensioning legs: Esse Necessita de um treinamento especial:que você sente,só que com as pernas de lado,torça para não quebrar a virília.Depois desse doloroso treinamento levante sua perna ao máximo e para baixo,ou,vai metendo chutes no corpo,na cara,no bilau...esse dá realmente dores no oponente,fazendo ele até cair.

4 - The FUCKING Combo:Esse Necessita de bastante treinamento,até sua mão e pé quebrar,Faça o combo simples,só que com 4 socos dessa vez,depois,você mete uma braçada nele (Bater seu braço na bochecha dele),e depois uma cotovelada,passe uma rasteira nele,Faça o The Crusher in The Floor,Esse pode quebrar até um osso.

Ok...Mas,se você quer,tipo,dar golpes de artes maciais,ai vão uns: Karatê:Consiste em,ao invés de dar socos com o punho fechado,dê de punho aberto,se for dar voadoras,pule pra caralho,e se for dar um chute,dê um de alcançar a testa.

Judô:Recomendado a Magrelos que conseguem alcançar lados do corpo impossíveis.Consiste em derrubar o oponente,não passe rasteiras,e sim,pegue o braço do cara e puxe-o do outro lado,recomendo malhar bem antes.

Muay Tay: Mesma coisa com o Judô.

Sumô:Recomendado a Gordos Comedores de Junk Food,esse aí,é pra se lançar no seu oponente,como uma bala de canhão,e derrube-o como um chumbo,fácil.

Boxe:Consiste em defender e atacar,só isso.

Luta livre: Meta socos e mais socos e derrube seu oponente!

Ok,Se você quer só se defender,tente estes:

1 - Coloque seus braços na frente,só.

2 - Se quiser Contra-Atacar,seja magrelo,e,toda vez que seu inimigo atacar,levante um dos seus braços na direção do soco,assim,vai doer pra ele.

3 - Esse aí é para os ninjas,coloque sua mão na frente do punho,e torça,dói...

Predefinição:Modelo 10

Mortal Kombat Trilogy
Mortal Kombat Trilogy
Desenvolvedor Meia-Via Games e Will.i.ams
Ano 1998
Gênero Pancadaria
Plataformas PlayStation, Nintendo 64, Poliystation, Poliystation 2, Playstation 2, PSP, XBOX e XBOX 360
Avaliação De 0 pra cima
Idade para jogar 18, só porque dizem.

Cquote1.png Ou é eu ou esse jogo tem cara de ser igual aos das versões anteriores? Cquote2.png
Você sobre Mortal Kombat Trilogy
Cquote1.png Eba, o meu Mortal Kombat Trilogy é o melhor de todos, posso jogar até mesmo com o Goro, o Kintaro e com o Motaro, além do próprio Shao Kahn também! Cquote2.png
Nerd que joga Mortal Kombat em PlayStation sobre Mortal Kombat Trilogy
Cquote1.png E daí? Embora aqui só tenha o Motaro e o Shao Kahn mas ao menos aqui eles possuem Fatalitys. Cquote2.png
Nerd que joga Mortal Kombat em Nintendo 64 sobre Mortal Kombat Trilogy
Cquote1.png Bem, no meu tem o Chameleon que pode além de copiar 6 Ninjas homens como também usa os seus Fatalitys, mas que Massa! Cquote2.png
Nerd do PlayStation sobre MKT
Cquote1.png É mesmo? A Khameleon também vira todas as Ninjas muheres, usa os Fatalitys delas e ainda tem história própria! Cquote2.png
Nerd do Nintendo 64 sobre MKT
Cquote1.png Mas o Shang Tsung já não vira todos esses Ninjas e ainda por cima usa Fatalitys deles, além de ter seus próprios Fatalitys e história própria? Cquote2.png
Eu sobre esses chatos Nerds acima

Crash Bandicoot Purple: Ripto's Rampage[editar]

Crash Olho Roxo: Feat. Spyro
Spyro, só que com Crash Bandicoot.
Desenvolvedor Visões dos Vigários
Ano 2004
Gênero Plataforma
Plataformas GEBA
Avaliação 4%
Idade para jogar 5 anos

Crash Bandicoot Purple: Ripto's Rampage, ou também chamado de Crash Fusion pelo fato de ninguém se importar com nomes longos, assim como vários animes inpronunciáveis é um jogo da série Spyro the Dragon que tentou se passar como um jogo da série Crash Bandicoot que deu muito errado, pelo fato de quase todos jogos portateis do Crash serem cagados.

Criação[editar]

Como um jogo de crossover do Crash Bandicoot com Spyro na época seria difícil montar uma jogabilidade misturada dos dois jogos, alguma pessoa pensou em virar a casaca e mandar o jogo para o Game Boy Advance, da rival Nintendo, afinal o PSP nem havia sido criado e o Game Boy era o melhor videogame que aguentasse aqueles gráficos de batata.

Sinopse[editar]

Os universos de Crash Bandicoot e de Spyro são juntados por algum motivo inexplicável que o jogo em si não revela, e Cortex sem ter nenhum conhecimento de Ripto, usa seu sexto sentido e os dois viram melhores amigos do nada e depois de horas, criam várias tentativas toscas de formar algum plano maligno para dominar os dois universos, então Crash do nada acaba parando no mundo de Spyro e os dois começam a ter uma treta pesada, com Crash pensando que Spyro era um dragão que foi escravizado com o Evolvo-Ray de Cortex, enquanto Spyro pensa que Crash é mais um subordinado burro de Ripto e como estamos falando na versão do Crash do jogo, então o marsupial laranja consegue chutar a bunda do Spyro em uma batalha tosca de derrubar a plataforma inimiga, já que Spyro em si é mais poderoso que o próprio Crash e seria meio que injusto os dois sair na porrada, apesar de todo jogador que se arrependeu em jogar isso jogou isso queria ver os dois se sair na porrada em gráficos podres do GBA.

Então, Aku-Aku, que é a voz da razão neste jogo, dá uma de turma do deixa disso e explica que Crash não é um dos escravos de Ripto, enquanto Spyro fala que é do bem, e os dois mascotes furries se juntam para derrotar os dois cientistas bregas. Por algum motivo inexplicável como tudo nesse jogo Nina Cortex aparece e rapta Coco e o Professor do Spyro para fazer seus experimentos sexuais, mas é parada por Crash e Spyro. Os dois vilões, cansados de apanhar para os protagonistas, resolvem encher o saco do outro protagonista, e Crash dessa vez terá que chutar a bunda de Ripto em vez de Cortex, porém nem Ripto é capaz de parar o marsupial doidão e vai para o espaço com cortesia do Cortex e teremos a luta clichê dois contra dois, que é o final do jogo.

Recepções[editar]

Arquivo:Coco Tracer.png
Sim, Crash plagiou os Simpsons e sabia desse meme câncer.

O que os produtores se esqueceram é que tanto os fãs de Crash quanto o de Spyro estavam cagando e andando para jogos em consoles da Não Intendo, já que a maioria dos fãs das duas franquias eram sonistas.

O outro fato deste jogo dar errado é pelo simples fato dos nintendistas também não se importarem com jogos de Crash Bandicoot e Spyro the Dragon, já que os mesmos apenas conhecem Super Mario e seus trocentos jogos, The Legend of Zelda e Pokémon. O resultado era criar um jogo que fosse decente para tentar agradar a meia dúzia que tinham todos os consoles, e nem isso conseguiram, pelo fato de todos os jogos mobiles da franquia Crash Bandicoot serem uma verdadeira pilha de lixo.

Por não ser um jogo feito em um console da Sony, então esse jogo acabou sendo demonizado como um dos piores jogos já feitos da série Crash Bandicoot pelo motivo de ser um jogo totalmente malfeito, além de ter sido feito nas pressas, já que se o mesmo jogo fosse feito em seus determinados consoles, logo se tornariam a quinta maravilha do mundo, tais como Crash Twinsanity e os jogos modernos de Pokémon.

Ver também[editar]

Predefinição:Crash Bandicoot Predefinição:Spyro

Gripe da Coca-Cola[editar]

[[Imagem:|thumb|180px|Pessoa infectada pela Gripe da Coca-Cola]] Predefinição:Vqd Predefinição:Experimente Cquote1.png aXxxXxXX mAXXxx cOmÚúú qUíÍ cÓóCaa-cÓólAxXx pÓdEErIaxXxx mAtarrRR? Cquote2.png
Emo sobre Gripe da Coca-Cola (segundos antes de morrer infectado pela mesma)
Cquote1.png OMG eu to cm grip ds coca X-P!!! Cquote2.png
Computeiro sobre Gripe da Coca-Cola
Cquote1.png τeη ςerτeζα qυe eυ τo ςoη ιsso δoυτor? Cquote2.png
Noob sobre Gripe da Coca-Cola

Gripe da Coca-Cola é uma doença que se espalhou por uma pandemia em 1992

Como se espealhou[editar]

Arquivo:Lindsaytrote.jpg
Alguém falando da Gripe da Coca-Cola no jornal (ingore a frase escrita abaixo)

Padre Quevedo tomou uma Coca-Cola em sua casa. Dois dias depois, ele começou a sentir os sintomas. Então, ele tinha uma reúnião com Dercy Gonçalves, Sílvio Santos, um emo, Chuck Norris e um mafagafo. Todos pegaram menos Chuck Norris porque ele incrivelmente era imune à doença e o mafagafo, porque mafagafos não pegam Gripe da Coca-Cola. Então os três que pegaram, Dercy Gonçalves, Sílvio Santos e o emo, espalharam a doença. A Dercy espalhava por palavrões, principalmente quando falava porra. Sílvio passou para o pessoal do auditório do programa, além dos produtores do programa. O emo passou para seu namorado, pelo beijo e por uma coisa que você não precisa saber. E quem pegou dos que estavam na reunião passaram para outros. E esses outros passaram para outros. E esses outros passaram para outros outros. E esses outros outros parassaram para outros outros outros. E logo a gripe tinha se transformado numa pandemia. Então o povo no Jornal Nacional que os gringos também tinha pegado Gripe da Coca-Cola.

Como Surgiu[editar]

O melhor jeito é bebendo Pepsi, veja como Chuck Norris está aprovando e bebendo uma

Ela surgiu quando o diretor da Coca-Cola colecionou um monte de espermatozoides de pessoas que tinham problemas nos testículos, e os pobrezinhos dos espermatozóides tinham nascido doentes. Então ele pôs tudo num pote e fechou. Mas um dia, sem querer, ele derrubou o pote aberto em cima da esteira em que passavam as Coca-Colas, então foi caindo três espermatozóides doentes em cada garrafa. Elas chegaram nas casas dos gringos e eles beberam. Logo, a doença que os espermatozóides continham se espalhou por todos que bebiam Coca-Cola, causando uma pandemia. A doença logo foi denominada Gripe da Coca-Cola.

Sintomas[editar]

Esse é o Tio1.jpg, que não tem nada a ver com o assunto
  • Pele amarronzada
  • Moleza do caralho
  • Grande dificuldade de correr pra caralho
  • Vontade de ficar deitado
  • Febre de mais de 38,5°C
  • Olhos vermelhos
  • Merda em preta e em formato redondo
  • Dor no estômago
  • Tosse
  • Coriza com ranho verde e espesso
  • Dor forte no corpo
  • Dor de cabeça infernal ou enxaqueca
  • Mal-estar
  • Falta de apetite
  • Enjôo
  • Vômito

Caso apresentar os sintomas tome bala Fini,não passando os sintomas procure a padaria ou doceria próxima e evite a gula,fique em casa por 5 dias para evitar o contágio GULA NÃO É SOLUÇÃO.DOENTE,PROCURE O PADEIRO OU O DOCEIRO!!!!!!

Pessoas que foram infectadas pela Gripe da Coca-Cola[editar]

Ver Também[editar]


Chapatinpred.jpg
Doenças,Enfermidades e Pragas em geral

Acavaria - Acalasia - Acondroplasia - Aids - Amebíase - Ancilostomose - Anemia - Anorexia - Artrite - Artrose - Asbestose - Ascaridíase - Beribéri - Blenorragia - Bócio - Bronquiolite aguda - Bronquite - Bulimia - Cancro - Cancro Mole - Cisticercose - Cistite - Cirrose hepática - Cólera - Coqueluche - COVID-19 - Dengue - Depressão - Diabetes - Diarréia mental - Difteria- Difteria - Doença de Cazenave - Doença de Chagas - Doença de Creutzfeldt-Jakob - Doença do pau na boca - Doença Celíaca - Enurese - Escorbuto - Esofagite - Esôfago de Barrett - Esquerdopatia comunistóide - Esquistossomose - Epilepsia - Febre amarela - Febre tifóide - Fenilcetonúria - Fibroma - Fibrose cística - Filariose - Frescurite aguda - Gardnella - Gastrite - Giardíase - Glaucoma - Glicogenose tipo I - Gota - Gripe - Gripe do frango - Hanseníase - Hemofilia - Hepatite - Herpes - Herpes genital - Hipercolesterolemia - Hiperparatiroidismo - Hipertensão - Hipertensão arterial - Hipertensão portal - Hipertensão pulmonar - Hipertiroidismo - Hipotiroidismo - Leishmaniose - Lepra - Leptospirose - Leucemia - Lúpus - Lujimba - Linose - Leptospitose - Liliotam - Mal de Alzheimer - Mal de Parkinson - Malária - Meningite - Osteoporose - Oxiurose - Papeiral - Pênfigo - Pneumonia - Paralisia - Raquitismo - Roséola - Rubéola - Salmoneloses - Sarampo - Sífilis - Sinusite - Solitária - Talassemia - Teníase - Tétano - Toxoplasmose - Transtorno de personalidade esquerdoide - Tricocefalíase - Tricomoníase - Tuberculose - Varíola - Varicela - Vitiligo |- |}

Pintíase Aguda Intra-cutânea mas desejo postar como Coceira anal introcutânea[editar]

Nota: Esse artigo é uma piada interna, não é feito para ser entendido

Começando o artigo sobre essa doença, nós da Secretaria Estadual dos Punheteiros Safados do Zap em Rondônia (SEPSZRO) advertimos que se seu nome for "João" você infelizmente sua chance de contrair essa doença é de 43%, se tiver "Vitor" seguido do mesmo, as chances são de 100%, ao menos que seu órgão reprodutor masculino pese menos de 8 centímetros, outras exceções acontecem se o paciente assistir Morty e Rick ou Dedo no Cu e Gritaria, se a 10/99999999 dele parecer um tubarão, se ele perder o jogo a cada 3 dias e se ele malhar pra pegar mulher.

Sintomas[editar]

  • ativação das glândulas salivares à partir da audição, por meio de ouvir a palavra "pênis" e seus derivados (pau, pinto, rola, pica, cacete, 4 saplings da jungle, Drake & Josh, piroca, etc.).
  • ejaculação apenas ao ver a pélvis de um homem, mesmo que seja dentro das vestimentas (só em casos mais extremos).

segundo estágio

Sintomas do segundo estágio[editar]

Nesse estágio, a doença começa a se ativar pelas glândulas lacrimárias e pelas sudoríficas, às vezes, em casos mais extremos ainda, o paciente pode até defecar espontaneamente.

Essa doença, que por enquanto, afeta apenas uma pessoa da população brasileira, têm sim seu segundo estágio, que é muito mais grave, nessa, nem se o paciente for gado, ele não consegue escapar, mas, nesse estágio ainda há uma chance: o tratamento, sim, a doença não tem cura desde o primeiro estágio, mas ainda assim, os efeitos conseguem ser amenizados em até 777%, e é esse assunto que será tratado a seguir.

Tratamento[editar]

Existe apenas uma única maneira de amenizar os sintomas citados anteriormente é fazendo sexo anal ("dar o cu") por diversão, é absolutamente recomendado que o paciente goste, pelo contrário, o tratamento não funciona de modo algum.


Hyper Street Fighter II[editar]

Predefinição:Modelo 10

Cquote1.pngVocê quis dizer: Street Fighter II (versão suruba de personagens)Cquote2.png
Google sobre Rhubella Marie/sandbox
Cquote1.png Qual dos Ryus daqui é o mais forte? Cquote2.png
Um noob sobre personagens de Street Fighter II
Cquote1.png Tem isso para PlayStation 1? Cquote2.png
Um pobretão sobre Hyper Street Fighter II
Cquote1.png Tem como baixar isso para os Roms para Mega Drive ou para Super Nintendo? Cquote2.png
Um nerd noob sobre Hyper Street Fighter II para PlayStation 2

Hyper Street Fighter II é a sexta, sétima, seja lá qual for a sua versão mais completa do jogo Street Fighter, colocando praticamente a todos os personagens desde o Street Fighter II: The World Warrior até o Super Street Fighter II Turbo.

O que tem de novo por aqui[editar]

Arquivo:Madruga e Barriga no Ringue55.jpg
Comprou o jogo na espera de novos personagens? OWNED!

Não possui nada de novo seu noob existem diversas coisas que poderão fazer nesse jogo, tipo:

  • Poder jogar com o Ryu da sua primeira versão contra todos os personagens na versão super turbo.
  • Ou poder jogar com o Ryu turbo contra todos os personagens na versão super turbo.
  • Ou jogar com o Ryu super contra todos os super turbo.
  • Ou jogar com qualquer um no super turbo contra todos na versão super turbo.
  • Exite até mesmo a possibilidade de lutar escolhendo um dos 4 mestres da primeira versão cuja não era possivel antigamente, contra todos os 4 mestres do Super Turbo e mais o Akuma caso sejas realmente fodão.
  • Enquanto o CPU não poderá escolher nenhuma das suas versões anteriores, sempre escolhendo os personagens na sua versão super turbo.

O que se conclui nesse novo jogo?[editar]

Isso não passa de uma merda de Super Street Fighter II Turbo, com o acréscimo dos personagens anteriores e mais as suas músicas nas versões arcades dos originais aos novos, só para se dizer que esse jogo era uma versão nova e cheios de novidade. Porém, quem nunca jogou na vida as outras versões clássicas de Street Fighter II, então recomenda-se a jogar este daqui, onde então poderás jogar 4 jogos em um só, sendo que todos terão os mesmos históricos e finais que haviam na versão Super Turbo.

Predefinição:Street Fighter


Cquote1.png Já comi. Cquote2.png
Alexandre Frota sobre a Etec Irmã Agostina
Cquote1.png No início, a Etec foi criada. Isso irritou profundamente muitas pessoas e, no geral, foi encarado como uma péssima idéia. Cquote2.png
Douglas Adams sobre a Etec Irmã Agostina
Cquote1.png Na União Soviética, a Etec estuda VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Etec Irmã Agostina
Cquote1.png Só conseguia refletir sobre essa perda em pequenos pacotes de dor, um de cada vez, porque se pensasse na coisa toda seria grande demais para suportar. Cquote2.png
Qualquer aluno do terceiro ano sobre todo tempo gasto nas muitas aulas desnecessárias da Etec
Cquote1.png Já vi mendigos demais com olhos vidrados bebendo vinho barato embaixo da ponte. Cquote2.png
Charles Bukowski sobre os alunos da Etec
Cquote1.png Aaah não diabo!, caiu bem em cima do meu pé de chuchu! Cquote2.png
Tio Edie da segurança, sobre o careca drogado que pulou o muro
Cquote1.png Água mole em pedra dura, quem avisa amigo é. Cquote2.png
Tarcísio Vanzeli sobre a Etec Irmã Agostina
Cquote1.png Não basta apreciar a beleza de um jardim, sem ter que imaginar que há fadas nele? Cquote2.png
Algum filósofo na pracinha depois de beber bastante corote
Cquote1.png Vou ir dar aula no 3ºD, se eles não estiverem completamente alcoolizados. Cquote2.png
Um dos carrascos professores da Etec
Cquote1.png O sr. Almofadinhas gostaria de deixar registrado seu espanto de que um idiota desse calibre tenha chegado a professor. Cquote2.png
Sirius Black sobre o supracitado.
Cquote1.png Tinha uma pedra no meio do caminho. Cquote2.png
Carlos Drummond de Andrade sobre o caminho para a pracinha perto da Etec
Cquote1.png Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro? Cquote2.png
Alvo Dumbledore sobre as doenças mentais que assolam a população da Etec


Predefinição:Bebado


Arquivo:Etec-agostina.png
A Escola em seu declínio

A Etec Irmã Agostina é uma escola técnica remanescente dos antigos impérios Aquemênida e Sassânida da Pérsia, onde as as aulas são ministradas, apenas por professores. A direção é formada pelos reis que elegem, dentro de cada satrapia, dois monitores sátrapas (do latim satrăpeadus através do grego satrápēdiscaradus, adaptado do persa antigo "protetor do poder") para serem os olhos e ouvidos da realeza.

História[editar]

Ao contrário do que muitos pensam, o terreno da Etecia não era anteriormente um cemitério, na verdade, a Etec se tornou a faixada do Professor Charles Xavier, ocultando sua real intenção do restante do mundo sobre o Instituto Xavier Para Jovens Super-Dotados (não, não estamos falando de piroca). À época, Charles tinha dado início ao seu sonho de unir os diferentes, que durou em torno de duas semanas, antes dele abandonar o projeto por desprezo, sentimento muito palpável nos ares da Etecia. Dessarte, muitos malas sem-alça são mutantes: humanos que, como resultado de um súbito salto evolucionário antiquado, nasceram com habilidades super-humanas, que geralmente se manifestam na puberdade, como super-chatice, super-loucura, super-tóxicidade, super-imbecilidade, além da super-normalidade.


Possibilitar que o pé rapado tenha domínio em sofrer por diferentes instrumentos de tortura, além de favorecer o desenvolvimento do senso crítico de loucura e curiosidade insaciável sobre a Tailândia para poder interagir de forma disfuncional e estranha no ambiente que vive (independentemente do tempo em que essas técnicas de tortura foram inventadas, você com certeza ficará aliviado ao saber que elas não existem fora da Etec).


  • Visão

Ser reconhecida como uma escola que além de favorecer o desenvolvimento da irritação constante cultura promove a aquisição de doenças psicossomáticas, aquelas relacionadas a emoções, sentimentos e pensamentos — que podem estar em desequilíbrio por diversos fatores (o principal é a Etec), como traumas não superados e estresse (que têm origem na Etec). Além disso, aspira a sua autopromoção como sendo uma das melhores escolas técnicas de todo o universo observável – e não observável também.


Ex-alunos Ilustres[editar]

  • Arthur Dent, que após as loucas aventuras vividas com seus estranhos amigos em O Guia dos Mochileiros da Galáxia na Etec, Arthur Dent ficou cinco anos abandonado na Terra Pré-História Etec. Mesmo depois de tanto tempo, ele ainda acordava todas as manhãs com um grito de horror por estar preso àquela monótona e assustadora rotina.
  • Alvo Dumbledore, “Porque nos rolês entramos num mundo inteiramente nosso.”
  • Deus, sempre presente em todos os agradecimentos de TCC.
  • O alienígena Wowbagger, que decidira passar sua infinita existência insultando todos os seres vivos da Etec – em ordem alfabética.
  • Brendon Mikael, em sua homenagem, a Etecia dedicou uma estátua no jardim principal, em baixo da famosa goiabeira, na qual ele passava a maior parte da sua existência.
  • O escritor Rudyard Kipling, que é um representante perfeito daquilo que os acadêmicos de hoje desprezam.

Os Cursos[editar]

Arquivo:52 ciencias.jpg
Cquote1.png Não! Não coma isso, senão você terá uma vida horrível e será gorda para sempre!. Cquote2.png
Aluno de Nutrição da Etecia jogando praga

Técnico em Nutrição[editar]

É o curso menos concorrido da Etecia no período Integral, (um curso bastante mal interpretado, diga-se de passagem), e aqui entram as pessoas que querem passar na etec mas estão inseguras se vão conseguir vaga nos outros cursos, além claro, dos que realmente desejaram fazer nutrição (os que clicaram acidentalmente no curso de nutrição na hora do cadastro não se encaixam nessa categoria). No geral, as turmas de nutrição tendem a ter características bem peculiares, enquanto as de administração (burguesia) e química (proletariado) tendem a ser quase antagônicas, as de Nutrição apresentam modelo próprio de vida segregado das demais. Por terem uma existência quase semi-indenpendente, tâm algumas características bem singulares: por exemplo, andam sempre em grupos gigantescos, como se fossem um único organismo vivo, gostam muito de jogar voleibol, sempre dominam metade do pátio como se fossem uma casa de Hogwarts. As aulas são ministradas em diversas formas, e quase sempre envolve o preparo de uma receita para algum tipo de pessoa na sociedade, que, provavelmente, os estudantes nunca vão chegar a sorte de conhecer, como pessoas que sofrem de: Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiose, alergia a água (ou urticária aquagênica), doença do suicídio (ou neuralgia do trigêmeo) e diarreia aquosa e explosiva (ou tiro de 12). Não obstante, muitos professores são anteriores a existência, por isso são chamados de existenciais, pois a existência deles precedem toda a essência e a criação do planeta. Apesar da aparência reptiliana e olhos amarelados – de anemia provavelmente, já que fazem nutrição – alguns doutores não toleram nenhum tipo de espirro nas salas de aula, qualquer som suspeito que lembre uma tosse, ou mesmo um suspiro, pode fazer com que o farofeiro que o proferiu sofra com as terríveis consequências de se tornar um monitor.

Arquivo:Hrhrdy1b3y1qbvgtl5fv.jpeg
Pela cara dá pra saber que é de adm.


Técnico em Administração[editar]

Predefinição:Experimente Cquote1.pngVocê quis dizer: Curso de pessoas que não sabem o que fazer da vida?Cquote2.png
Google sobre Rhubella Marie/sandbox

o Técnico em Administração é o curso mais concorrido da Etecia, e é o mais supersaturado do mercado também, no entanto, é o mais saudável de ser cursado, tendo em vista que os administradores mal têm aula, além disso, ninguém usa a palavra “administradores”, é sempre “o pessoal de adm” ou simplesmente “vagabundos”. Nesse curso o cabra aprende a como ganhar dinheiro superfaturando sobre o valor dos produtos, existe até um projeto realizado no 2ano em que eles ensaiam como apresentar de forma convincente e carismática produtos ruins feitos pelos químicos, que ganham menos por hora do que um funcionário do MacDonalds (0,15 R$). Normalmente, para calcular o preço final desses produtos feitos pelos semiescravos de química pega-se o valor da matéria prima, por exemplo, custa 0,20 R$ pra fazer um frasquinho de aromatizante, ai multiplica-se esse valor por 10, totalizando 2,00$, se o valor se encontrar abaixo do desejado (e vê que dá pra explorar mais) multiplica-se esse montante por 2, resultando em 4,00 R$ por aromatizante, pronto, agora é só dar os 10% para os ratos de laboratório não ficarem reclamando demais. Isto se chama "alavancagem operacional", que é a maximização dos lucros na produção (olha só que beleza! Já sabe metade do curso agr!). Por fim, os TCC’s de Administração são os mais desmazelados da Etec, se não de todo o mundo. Além de não terem banca avaliadora de nenhum tipo, os borra-botas podem fazer qualquer coisa que gaste a menor quantidade de energia possível, isso se chama “ser eficiente”, e os professores parecem aplicar o que ensinam, pois muitos até esquecem que estão a orientar algum grupo de TCC, lembrando-se duas semanas antes das apresentações. Nesses casos, que são muito recorrentes, os professores valem-se da arte da improvisação, impulsionada pela incrível preguiça dos zés-dos-anzóis. Como resultado, TCCs feitos com caixas de sapato uma semana antes, ou ainda que foram devorados pelo cachorro da esquina são apresentados (ou não) nas “feirinhas” de empreendedorismo, disputando a atenção dos doutores ao lado de caixas de biscoitos de escoteiras da 4º série.


Arquivo:Quimicainterativa.gif
Um dos grandes objetivos da Química.

Técnico em Química[editar]

Cquote1.png Qual é o grupo funcional dos manos??! Énoissss! Cquote2.png
Professor da Etec tirando onda.

Cquote1.png Em Kelvin!! A porra da temperatura é em Kelvin! Cquote2.png
Professor da Etec sobre burrice dos fi da puta.

Arquivo:Ódio e elemetos.png
As pessoas amam a química (e amam ainda mais os alunos de química).

Cquote1.png O cátion vem da base, o ânion vem do ácido, preste bem atenção que a Química é fácil! Cquote2.png
Musiquinha do eteciano sobre Química.


O curso de química é o segundo curso mais concorrido da Etec, provavelmente porque as pessoas pensam que vão fazer ou bombas ou drogas.Porém acabam aprendendo a fazer apenas sabonetes, e olhe lá. Nele estão concentrados a maior parte de todos os mendigos, patifes, bêbados, poetas, e malucos da Etecia. É a ovelha negra da Instituição, e as altas taxas de aprovação em universidades públicas não compensa o trabalho que dá lidar com esses mariolas desequilibrados que, para muitos funcionários, foram enviados diretamente do inferno para atormentá-los. Todavia, a dança tem se mostrado uma cura promissora para toda essa desgraça. A grade de química costuma ser sempre lotada e qualquer janela no horário é vista como um problema em potencial, já que os varridos desse curso em momentos de ócio podem causar danos irreparáveis no colégio ou no psicológico alheio. Dessa maneira, no decorrer do curso o peralta passa metade do tempo na sala de aula dormindo e a outra metade no laboratório respirando amianto, lavando vidraria, bebendo álcool 98% ou água destilada. Finalmente, no último ano, o sanguebom faz um TCC ou morre tentando.


Ilusões Características[editar]

  • Tempo

O tempo é uma ilusão na Etec, melhor dizendo, “uma criação humana”, esse conceito é utilizado para as mais diversas desculpas esfarrapadas, como quando alguém te lembra que tem 10 provas na semana que vem.

  • Hora do Almoço

A hora do almoço é uma ilusão maior ainda, o almoço é servido meio dia, se você chegar 11h59 na cantina, tem que esperar mais meia hora até começarem a servir. Se chegar 12h01, a fila já tá dando a volta no quarteirão e você tem que deixar algum mané cuidando do seu lugar enquanto você fica fazendo nada em qualquer outro canto. Além disso, se você não come a comida da escola, e não é um dos vários playbas que compram comida todos os dias, tem que disputar um espaço para sua marmita dentro de um dos micro-ondas, normalmente são colocados três sobre uma bancada no pátio, em seguida as centenas de alunos lutam até a morte para ter uma chance de esquentar a sua, o que colabora para o controle populacional dentro da Etec – além das as altas taxa de suicídio. Profissionais em tetris tridimensional, os desmiolados da Etec conseguem colocar mais marmitas em um micro-ondas ao mesmo tempo do que os melhores palhaços de circo se enfiando em um fusquinha, uma das muitas coisas que desafiam as leis da física dentro da Etecia. Além disso, no inverno, esse amontoado de pessoas criam as famosas ilhas de calor das quais os ativistas tanto falam, já que qualquer ordem que se tente estabelecer por meio de filas é logo desestabilizada para dar espaço a um amontoado de gente, que, por sinal, é muito quente e confortável, e por isso também, muitos especialistas consideram a possibilidade desses indivíduos terem algum parentesco distante com os pinguins imperiais, pela forma como abraçam suas marmitas em meio a esse aglomerado humano.


  • Eis o que diz a Enciclopédia Galáctica sobre o almoço da cantina:

"Leve sua toalha batéia de garimpo, para assim poder separar o que é comestível de todas as pepitas de ferro, miscelas de mercúrio e carne de pombo que, apesar do que muitos lideres de torcida do Brasil pensam, não é comestível, e nem uma forma de alimentar os pobres enquanto se livra de um parasita desalmado da sociedade". Contudo, pedra é considerado alimento comestível, e é servida às quartas-feiras, ou sempre que for necessário acrescentar um volume na "comida" já escassa e já comida pelo Alexandre Frota e pelos ratos na noite anterior. Agora você deve estar se perguntando se o Frota "comeu" ou "f#deu" a comida, pois é, os alunos ficam com essa mesma dúvida na hora do almoço e o Português não ajuda em nada.


  • Outras coisas que são ilusões na Etecia:
  • Relacionamento monogâmico
  • Aula vaga – se você faz química
  • Aula – se você faz Administração
  • Saúde mental
  • Felicidade

Dança[editar]

A Etecia se tornou um fenômeno da dança, e agora o colégio é o próprio High School Music, as pessoas dançam no estacionamento, na quadra, no pátio, em cima das mesas, descendo as escadas – pra não falar dos coros e toda música erudita entoada pelos encanamentos da instituição. Quem não dança nem um pouco, pelo menos manja alguns passinhos bacanas, geralmente esses ociosos formam rodas de sapateados, nas quais uma pessoa (o pé de valsa nato) fica improvisando no meio e as demais ficam estralando os dedos.


Predefinição:Evento

Eventos importantes[editar]

  • Festa Junina

A escola ganha com o trabalho dos lacaios, e estes ganham com mais uma oportunidade para fazerem merda.


  • Interclasses

É um evento que costuma causar altas confusões e ranços, indo contra as suas reais intenções de quando foi criado, a não ser que, tenha sido criado pra pregar a divergência e a destruição em massa. Outrossim, houve época em que o Interclasses era de fato um acontecimento importante, quando LOL e FIFA não valiam medalhas de ouro, Xadrez ainda tinha algum apreço e a maioria dos vadios disputavam o InterEtecs, tinham 2 metros de altura e eram federados em vários esportes, até mesmo em Xadrez, fazer o que, é a vida. Além do mais, durante a temporada de Interclasses, os sonsos “criam” suas camisas personalizadas de acordo com as cores e símbolos de um país (ou país nenhum se você for de nutrição, o que foi uma sacada do cacete). De regra, as camisas mais bonitas são as de nutrição, seguidas pelas de administração, que são as mais bem elaboradas, e depois as de química, que ficam com o fardo de serem as mais feias possíveis, sendo que nenhuma ainda conseguiu superar com sucesso o modelo do segundo ano de química de 2017, utilizadas como pano de chão até os dias atuais.


  • Interclasses alternativo

Com tantas pessoas completamente alucinadas dentro da Etecia, o colégio se tornou-se uma fonte de inspiração para os artistas, e quem não é artista logo vira, depois de algumas semanas rolando na miséria que nem cão e tomando corote, a pessoa começa a se perguntar se a realidade realmente existe ou se a liberdade tem um gosto tão doce quanto dizem. Assim, fazer arte foi uma das únicas formas de se proteger da total loucura, já que suicídio não é uma opção, mesmo porque que não tem muito o que matar.


  • Sexta-feira temática

A sexta-feira temática, que ocorre sempre no final do mês, é o dia em que os patifes do 3º ano podem ir para a Escola sem uniforme. Contudo, “ir sem uniforme”, ou mesmo nu, não passa de corriqueiro, desse modo, os professores nem pensam em querer obrigar um aluno a usar “uniforme”, pois já sabem que assistirão a um verdadeiro show de alguém dando chilique.

Arquivo:Dj-da-sexta temática.png
!!Atenção!! O Vampirinho alcóolatra (que também é um DJ) cuida do som na Sexta temática!!
Arquivo:Cs uniforme.jpg
Típicos retardados da Etec na sexta-feira temática

Visto isso, o único jeito de fazer sextas-feiras temática decentes é deixar o caos tomar conta do local. Nesse sentindo, esses dias servem para que os zés ruelas do terceiro, à beira do colapso, gastem bastante energia fantasiados, e assim não tenham tempo de ficar pensando no peso avassalador da existência ou em formas de explodir a Etec com todos dentro. Por fim, as fantasias são de tudo que se pode imaginar, como cachorros, guerreiros de Zelda, motoqueiros, garrafas de refrigerante (ou qualquer outra fantasia de objeto, como sacos de lixo, nesse caso, muitos nem precisam se fantasiar).





Arquivo:Etecia, a escola em declínio.png
Por coincidência, o lugar se parece com uma base militar.




O Prédio[editar]

  • Salas de aula

As salas de aula já superam a ETEC de São Paulo, pelo simples fato de cada uma ter seu próprio um datashow. Os sem-eira-nem-beira, porém, não têm noção do tamanho do espaço que é chamado vulgarmente de “sala de aula”, acreditando muitas vezes que, os corredores, a quadra, e até mesmo outras salas fazem parte da sua sala, e ficam muito bravos quando levam falta, apesar de estarem “na sala”.

  • A Biblioteca

Se fosse moralmente aceito, a Etecia já teria botado fogo na sua Biblioteca, há anos. De forma análoga aos carrinhos de crianças de 5 anos, ela só é útil para a Direção mostrar para as direções de outras escolas que ela TEM uma biblioteca (olha só, que chique!). Porém, uma vez que a santa bibliotecária conhece todas as passagens secretas da internet que levam a artigos científicos, tendo uma rede de contatos em quase toda biblioteca de renome, o lugar é, para os farristas, a verdadeira salvação em tempos difíceis, já comparada a própria batcaverna do conhecimento. Por isso, é para onde os estudantes perdidos do terceiro ano vão quando precisam de uma luz, o TCC tá batendo na bunda, e eles não acharam aquele artigo em aramaico que é o único restante no planeta que fala sobre o tal processo de sinterização, sendo que o outro, produzido na Índia há 200 anos, se perdeu na Segunda Guerra, naufragado em um navio corsário que se encontra no fundo do oceano. Ainda assim, é um lugar que está sempre apinhado de gente conversando, o que atrapalha os poucos que ainda a usam para estudar arduamente (as vezes por até 10 min) antes das provas. Em suma, é uma biblioteca excelente comparada a todas as outras bibliotecas das escolas do Estado – que são inexistentes ou eventualmente se transformaram em armazéns.

  • Armários

A Etecia disponibiliza alguns armários que podem ser alugados pelos estudantes, desde que eles tenham bastante dinheiro, para armazenar seus pertences do dia-a-dia mais desagradáveis, ou perigosos de carregar pelas ruas, tais como jalecos, óculos, amontoados de livros que nunca são usados, loló, toneladas de merenda escolar, marijuana, garrafas de velho barreiro, pó, com vasta gama de variedades, indo do pó de macaco, passando pelo pó de bruxa, até a clássica farinha com cocaína, e por último, cogumelos, já comercializados por alguns dos traficantes alunos por preços bem acessíveis. Frequentemente tais armários têm suas chaves perdidas, felizmente a Etec tem um catálogo amplo de mentecaptos desvairados formados em vandalismo lockpicking.

  • O Auditório

Antigamente, a existência do auditório era um fim por si só. Como a biologia faz com os seres vivos, a Direção decidiu que a perpetuação da existência dele era imprescindível, e para atingir esse fim, proibiu a todos, em qualquer situação, de utilizarem seu belo chão polido com verniz, para que assim ele possa passar mais tempo entre os vivos. Felizmente, muitos grupos comunistas dentro da Etec vêm conseguindo flexibilizar essa política de exclusão social inerente do capitalismo.


Basta arremessar

A quadra[editar]

A quadra da Etecia é, talvez, o lugar de maior improbabilidade do Universo, lá, os maiores recordes de improbabilidade são quebrados todos os anos, sendo por isso muito estudada pelos estrambóticos da Etec que desejam passar no ITA. Nela todos os lances são contraditórios, até mesmo impossíveis de serem realizados em outros lugares da Terra, simplesmente porque a Física, ou a matemática não permitem, um simples pinball humano para fazer gol ou cesta não passa de algo totalmente ordinário, fichinha. Quatro modalidades principais são praticadas (mais do que isso vira bagunça):

Tirando os poucos esquisitos que sabem jogar alguma bola, a maioria dos discentes são pernas de pau, bêbados, aleijados, lunáticos ou membros de alguma ONG’s para pessoas com problemas de coordenação motora – ou, ao menos, é o que se parece. Não obstante, quando a bola sai das dependências da Etecia em direção a lua, o que acontece a cada tentativa de chute, os dementes gritam “Xalitaaah!”, em homenagem à Gabriel Benedito Issaac Chalita, que foi o vice da "chapa" do Fernando Haddad (seja lá o que isso quer dizer).

No basquete, a bola lançada de qualquer lugar da quadra tem uma tendência natural de cair na cesta diretamente proporcional à esquisitice do indivíduo que a lançou - que é sempre alta - principalmente se ele a lançar de costas, a meia quadra de distância do aro. Não obstante, muitos dos malucos não satisfeitos com as condições do universo decidem não obedecer a nenhuma lei natural durante os jogos. Assim todas aquelas regrinhas que dizem “dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço”, ou “é proibido estar em dois lugares ao mesmo tempo”, ou ainda “a gravidade tem aceleração igual a 9,89383” são desrespeitadas na maior sem-vergonhice.

Hora ou outra tem uma grande epidemia de handbol sobre a Etecia, nesses dias, a quadra vai estar sempre ocupada por murlocks alunos jogando handbol, independentemente se é dia de futeba, voleizão ou basca, o hand não vai querer sair, você perceberá também que os jogadores de hand na verdade costumam jogar apenas hand, são vistos apenas quando estão jogando hand, e não conhecem outra forma de desperdiçar o tempo, formando assim a maior coalizão de ocupação desnecessária da quadra. Ainda, a pouca verba destinada a esportes na Etec é direcionada unicamente para a compra de bolas de handbol, que de alguma forma, a Direção acha muito importante. Assim, são contabilizadas no armário de bolas: 3.000 bolas de handbol, 1 bola de futebol furada (chamada carinhosamente de “câncer”) e 0 bolas de basquete. Desde que tenha bolas de handbol, ninguém fará revoluções pela falta de todo o resto, pelo menos, é o que pressupõe a Direção.

É aquele esporte praticado quando ninguém quer se esforçar demais na quadra. No geral, só funciona durante os almoços, intervalos e pós-horários, ou seja, quando tem gente de mais de uma sala, pois são os únicos momentos que se têm pessoas boas o suficiente para manter a bola no ar por mais de três toques, com exceção dos estudantes de nutrição, que têm um talento aparentemente nato para a coisa.

Relações de Poder[editar]

Como no mundo Pokémon, você vai evoluindo até chegar no ponto que fica chato e você cria uma obscena fascinação pela morte.

Fred4.jpg Rhubella Marie/sandbox enche muito o saco!!

'Este artigo fala sobre algo ou alguém extremamente irritante e que apesar de não ser ernia, enche o saco, deixando qualquer um que fiquei exposto a este por muito tempo, com vontade de cometer suicidio.

Se vandalizar, Rhubella Marie/sandbox será o seu tormento para o resto da vida!

Galvao2.jpg

Primeiro ano[editar]

Os primeirinhos são as pessoas que não sabem nada sobre a Etec e acabaram de chegar, acham que lá é a Terra dos contos de fadas, vão estudar muito (já que não o fizeram até agora), vão fazer muitos amigos no tempo livre, serem alguém e provavelmente entrar na USP; infelizmente esses são os equivalentes a eternos estagiários, secam a quadra para os terceiros, são alvo de chacotas e zombarias, além de serem os mais inclinados a poletar um beck. Logo que chegam, são rapidamente apelidados de brendons e passam a lidar com o peso disso. Pejorativamente são divididos em safras, alternadas entre boas e ruins, e as vezes só ruins mesmo. Para definir uma safra os veteranos utilizam vários fatores em consideração durante o cálculo: o número de imbecis na sala, de pessoas com proficiência em alguma área (que não seja ping-pong), de pessoas bonitas, entre outras efemeridades que não definem muito quem a pessoa é de verdade. Eles ficam superanciosos no geral quando outras turmas que não sejam primeiros falam com eles, e se esforçam bastante para ganhar o respeito do segundo, já que o dos terceiros está fora de cogitação.

Segundo ano[editar]

O segundo é, de certa forma, um dos melhores anos da Etec – apesar de ser o pior para alguns, por motivos ainda desconhecidos. Nele você já se acostumou com o ritmo, viu que as coisas não eram como você imaginava, e o melhor, conhece bem os terceiros (antigos segundos), porém não tem nenhuma responsabilidade de terceiro, essas só caíram sobre suas costas como um hipopótamo no ano seguinte. Agora o idiota se tornou alguém de fato, não precisa mais secar quadra, subiu na pirâmide, etc. Pode passar o tempo todo usando drogas ou na quadra (ou os dois, por que não?) sem ter o futuro severamente prejudicado.

Terceiro ano[editar]

No terceiro é quando a casa cai e o aluno toma no c*, é quando o discente tem que estudar as matérias do ensino médio a fundo, fazer as atividades escolas, e produzir um artigo cientifico que envolve ainda uma parte prática, se for química ou nutrição (adm é que são espertos), tudo isso enquanto sai da escola para ir fazer cursinho a noite na puta que pariu, chegando em casa meia noite pra acordar 6h no dia seguinte pra fazer tudo de novo. Apesar de serem os veteranos da porra toda, estão frequentemente arrastando-se pelos cantos da escola, pegando no sono a cada 20 min, se descabelando diante das provas complicadas que se esqueceram de estudar. Inevitavelmente, quando esses cracudos caem, eles caem feio pra valer, desmontam-se como se fossem feitos de lego e passam a viver no submundo da Etec.


  • Ex-alunos

Só aparecem na festa junina da Etec – se muito, para fazer uma média e lembrar dos tempos de farra.



Arquivo:Trabalhos-na-etec.png
Todos os alunos do terceiro seguem as dicas do Hank pra fazer TCC

Sistema de Avalição[editar]

A Etec tem um sistema de notas de antirreprovação, que apesar de parecer ruim para a educação, faz um grande favor para todos, pois é um acordo mutuo entre a escola que não aguenta mais os retardados, e quer formar mais retardados, para ter mais status e continuar sendo uma das maiores escolas técnicas do universo observável, e o retardado, que após dois anos no lugar começa a desenvolver repúdio e ódio crônico pela Etec, depois de muito sofrer fazendo tcc’s super sofisticados, indo a cursinhos a noite, e sentindo que sua energia vital está sendo sugada aos poucos, além da sensação de que nunca será feliz novamente – sintomas aliás, que podem classificar o estrupício para ser admitido no grupo de apoio "desamparados da Etecia". Nesse sistema, é permitido que o indivíduo esteja em dois lugares ao mesmo tempo (é um mistério que só pode ser explicado à luz da intervenção milagrosa de Deus), como na sala de aula, e na quadra esportiva, tomando um sol de lascar na esperança de desenvolver um câncer de pele para acabar logo com todo o sofrimento e não precisar mais fazer TCC nenhum. Dessa forma, muitos estagâáusos fantasmas passam de ano e até recebem camisetas do interclasses, como o Kauan Dezu.


Arquivo:Hank explicando as chances de você não pegar ninguém.png
Hank também explica a probabilidade de você não pegar ninguém na Etec [♦!!Aviso!!♦] é menor que o seu Piu-Piu.


Grupos Sociais e Indivíduos[editar]

Na Etecia existem tantos grupos diferentes quanto existem gêneros textuais, ou funções da linguagem, alguns gramáticos chegaram a concluir, junto com o Richard Rasmussen, que possivelmente existem mais grupos sociais em metros quadrados na Etec do que seres vivos em metros quadrados na Amazônia, ou funções da linguagem e gêneros textuais em metro quadrado de qualquer texto. O incrível dinamismo desses grupos sociais vem principalmente da combinação de diversos indivíduos com características totalmente aleatórias em um ambiente fértil para o surgimento da loucura mental. A seguir alguns grupos e indivíduos que não são necessariamente interessantes:


Apesar dos 203 pontos de fumo espalhados pela Etecia, o imbecil que fuma no banheiro escolhe justamente o banheiro para fumar. Além de deixar um maldito cheiro de morte no local, para piorar, ele faz isso logo pela manhã, o que incomoda a todos que utilizam o banheiro. Obrigando, assim, a Direção da Etec a tomar uma decisão a respeito, esta, por sua vez, apela para os especialistas no assunto de drogas inaladas pelos pulmões, que, embora digam que só um imbecil faria esse tipo de coisa, acabam levando a culpa de qualquer forma.

  • As ♣ bancas de truco

São formadas por pessoas, ou melhor, grupos, que possuem características em comum, gostam de beber, jogar truco, têm um desejo inexplicável pela morte, etc.

  • O Esnobe

É aquele com um ar de superioridade exacerbado, costuma vir no combo a condição crônica de reclamar dos seus problemas de branco (que não são problemas): “Você acha que o seu problema é sério? E o meu? Não, nem tente responder; eu sou 10 vezes mais inteligente que você e nem eu sei a resposta. Só ao tentar me colocar no seu nível intelectual, fico com dor de cabeça.”

  • Os deboístas (ou deboaças)

São as pessoas que estão sempre de boas com tudo, eles não esquentam a cabeça com coisas que sabem que não concernem a eles e estão sempre passando uma energia positiva no recinto.

Aquele que faz tudo que uma pessoa manda sem contestar, pelo simples fato dela ter uma buceta, são facilmente identificáveis, normalmente estão carregando pilhas de materias e várias mochilas de garotas, ou ainda, andando atrás delas como verdadeiros urubus. [AtençãO!! A EteCia teM Bos TaUros eM medidaS dEmaSiaDas!]

É importante dizer que a proporção infinitamente pequena desses indivíduos na Etec chamou muito a atenção do sociólogo Emile Durkheim, que após anos de estudo árduo chegou à conclusão que toda a bebedeira constante tornava quase impossível o desenvolvimento do equilíbrio motor característico dos seres dessa classe social, que na Etecia são compostos primordialmente de pessoas que não sabem o que é um Nolie, que difere do Ollie, apesar do Wallie ter estudado lá. Porém, descobriu-se depois que um tal de Darwin já tinha estabelecido essa relação biológica na Etecia muito tempo antes, nesse caso o senhor Durkheim decidiu dedicar seu tempo para observar as consequências da falta dessa classe social, e conclui depois, no seu epitáfio, que não fazia falta nenhuma para o ambiente ou para o mundo, o que pouco surpreendeu os alunos, e lhe deu o apelido de sr. Óbvio.

  • As Cartumantes (Horóscopo ou Paz & Amor)

São as pessoas de humanas que adoram fazer miçangas, Taro, rodas de conversa na grama, e arrumar a Etec para grandes eventos usando muitas técnicas que aprenderam no Art Attack. Elas sabem o mês que você nasceu analisando somente sua personalidade, além de fazerem seu mapa astral, mostrando todas as luas e os ascendentes que explicam porque sua vida tá uma bosta. Algumas delas fazem curso de exatas, mas gostariam mesmo é de tá fazendo Artes, na praia de preferência, por isso se sentem injuriadas com todas as aulas de números e medidas. Quando saem da Etecia vão, portanto, cursar História, Letras, Artes Cênicas, et cetera, ou simplesmente alugar uma kombi, encher de flores, símbolos da paz, violões, ukuleles e viajar o mundo.

  • As esponjas

São as pessoas que são boas em tudo, elas vão interagir com você e vão copiar tudo que você faz de bom, se tornando até mesmo melhores do que você. Não importa se é em desenho ou soletração, elas são verdadeiros robôs, e logo estarão disputando de igual a igual com você.

Pessoas que sentem uma atração pulsante pela quadra. Não podem terminar uma prova mais cedo, ter um tempinho sobrando aqui ou ali, eles correm pra quadra, mesmo sabendo que está chovendo (eles jogam na chuva, birutas totais), ou fazendo um sol de 40 graus, não ligam em liberar litros e mais litros de suor na quadra e depois um cc do cacete na sala de aula.

  • As Metidas

São pessoas que acham que estão vivendo em algum seriado de Gossip Girl ou “As Patricinhas de Beverly Hills” e pregam “Pareço metida(o) mas sou legal”, quando na verdade são apenas metidas.

  • Boiadeiras

Existem muitas(os), já que precisam ser proporcionais ao tanto de gados pra manter o ecossistema da Etecia em equilíbrio. Por isso cada sala tem umas 4 pessoas assim, que têm que administrar uns 30 gados em média. Fazem coleções de correios elegantes e corações partidos por onde passam.


  • Os jogadores de Yu-Gi-Oh!: Sim! Eles existem!


  • Os Narcisistas

Esses podem até serem bonitos, mas estragam tudo quando abrem a boca. São facilmente identificáveis, principalmente por não terem um grupo de amigos fixo, pois são muito insuportáveis. É a pessoa que só sabe falar sobre coisas que ela fez, os lugares que ela já foi, as histórias cabulosas dela (que são muito entediantes), qualquer coisa que alguém fale que não seja sobre ela entra em um ouvido e sai no outro.

As pessoas costumam pensar que existem muitos smeagols na Etecia, na verdade, só existe uma, e ela beija muito mais pessoas que você. Os outros são [alienígenas]] que só querem voltar pra casa.

  • As Hienas

Para ficar mais sucinto (porque ninguém aguenta ler um monte de baboseira de aborrecente) agruparemos aqui vários subgrupos, mas todos com a mesma essência, normalmente formados por 5 ou mais, as hienas são todas do mesmo sexo (ou não) e adoram ficar urrando rindo descontroladamente sobre coisas frívolas, em lugares aleatórios, como nos banheiros, e criam mais piadas internas por dia do que a maioria das pessoas têm de paciência para ouvir. Existem as Hienas que usam drogas e as que não usam drogas (sendo que estas não têm nenhuma desculpa furada pra o porquê de serem tão estranhas).

Medo comunista[editar]

Ocasionalmente, alusões ao medo dos comunas estão presentes na Etecia. O Conselho Escolar propôs um "Ato de Registro de Alunos comunistas", similar aos esforços do Congresso americano para banir os comunistas dos Estados Unidos. Em um discurso público proferido no auditório, a Diretora vigente exclamou: "Nós precisamos descobrir quem são esses alunos, e o que eles podem fazer."



Os Professores[editar]

  • Os sensatos

Muitos professores são pessoas sensatas, que levam uma vida surrada igual à dos alunos farrapados, e reconhecem que as coisas nem sempre acontecem como idealizamos na nossa cabeça. Estes tendem a se relacionar com os novatos na arte de apanhar da vida de forma mais horizontalizada, sem impor demais, mas exigindo o suficiente necessário ao processo de aprendizagem.




  • Árabes

Predefinição:Árabe Outros professores são Árabes, isso pode parecer xenofobia, mas não é, árabes são super bem-vindos na Etecia, a troca de cultura e de saliva é um dos princípios de convivência talhados na grande pedra mágica localizada no fundo da escola. São os professores que fazem questão de sair 1h mais cedo de casa e chegar sempre no horário, somente para darem falta aos 95% dos vaidosos que não aparecem na primeira aula (embora precisem desesperadamente de presença) e passar Meca ao vivo para os outros 5% que apareceram por algum milagre. Para a alegria de todos, o último desses professores desistiu de dar aula e foi vender café na Arábia, após muito insistir que os químicos fizessem “cola” ou um “barato” mais lucrativo.

  • Os sem-noção

Claramente esses professores precisam de psicólogos, pois estão direcionando energias que deveriam ser gastas com coisas mais banais, como sexo. Exemplo disso está no padrão de avalição que pouco varia entre esse tipo de professor, enquanto a maioria fecha o bimestre com 4 notas (ou mesmo até duas), esses preferem primeiro passar 11 listas de exercícios, depois mais 5 atividades em dupla, seguidas de 3 provas, e mais 2 avaliações de observação, resultando em 21 notas por infeliz por bimestre (21/a/b), para uma turma de 40 trastes, isso dá o total de meras 840 avaliações a serem corrigidas, fora o caderno, porque pra eles você ainda tá na primeira série. No fim, o professor escolhe umas 9 e manda-as pro sistema, ou até inventa alguma nota, já que perdeu parte das 840 avaliações no porta-malas sem-fundo do carro. No entanto, quando a situação piora, e a maioria dos peraltas perdem todo o interesse nas aulas, raramente é feito algo, pois meros desabafos na sala de professores levam à conformação com o fato de que "eles são assim mesmo...".

Arquivo:Klaussroom.jpg
Este não é o professor de Química Instrumental III.
  • Os didáticos

São verdadeiros gênios, e seres bastante empáticos até, o único mistério em relação a eles é que ninguém entende porque ainda estão dando aula na Etecia.

  • As mães

Esse tipo de professor acha que sabe exatamente o que é o melhor pra você, eles gastam metade das aulas dando conselhos de moral sobre muitos assuntos desconexos e muitas vezes confusos de se entender, mas que ficam bem claros pela voz de preocupação. Além de ser bastante maniqueístas, dividindo os lunáticos entre “bonzinhos” e “mauzinhos”, estes professores tendem a tratar os fura-zóios como se tivessem 7 aninhos (Que bunitinhu!).

  • Os Anjos

Alguns poucos professores são literalmente Anjos, graças a eles, 70% dos zuretas conseguem se manter na escola e se formar, e por isso são eternamente gratos, sempre guardando-lhes um espaço nos seus corações.


Habilidades ilustres (dos professores)[editar]

Arquivo:Capa de invisibilidade 999.jpg
Harry Potter usando uma imitação da capa de invisibilidade da Etec que não vem nem com um capuz para tapar o cabeção.
  • Invisibilidade

Uma ressalva aqui, este tópico não é sobre invisibilidade social. Contudo, o conceito de invisibilidade social tem sido bastante aplicado dentro da Etec, em geral, quando se refere a seres socialmente invisíveis, seja pela indiferença, seja pelo preconceito, o que nos leva a concluir que tal fenômeno atinge somente aqueles que estão à margem da sociedade, ou seja, os etecianos. Na Etec há várias formas de invisibilidade social: econômica, racial, sexual, etária, entre outras 53, para ser mais preciso. Tendo esta distinção clara, agora sim, podemos ir para o tópico principal.

  • A invisibilidade consiste na característica de um objeto não ser visível (). Tais objetos não são conhecidos na natureza e até hoje não foram criados de modo satisfatório pelos seres humanos, com exceção talvez, de alguns que trabalham na Etecia, sendo por isso a fonte de inspiração ao tema, que é muito explorado na ficção científica. Não se sabe exatamente como alguns professores podem ficar invisíveis, mas suspeita-se que seja utilizando uma capa de camelo do Harry Potter, criada acidentalmente no laboratório de Física usando metamateriais, da mesma forma que as meninas superpoderosas foram criadas, inclusive, usando os mesmos ingredientes. Os professores fazem uso dessa vantagem para vigiar os delinquentes alunos nos arredores da escola, ou em qualquer parque - ou terreno baldio - que eles possam ir para utilizar drogas. Literalmente, o professor em questão sabe mais sobre o rolê do que você mesmo, o que depois fica evidenciado no característico risinho de “eu sei algo que você não sabe que eu sei a respeito do que você aprontou bêbado semana passada”.
A habilidade que todos os professores da Etecia gostariam de ter.

Outras habilidades desenvolvidas pelos professores para fins maléficos:

  • Super audição

Alguns professores conseguem destilar (o que eles não conseguem destilar?) conversas sobre os assuntos mais grotescos e constrangedores da mesma forma que os tubarões conseguem detectar gotas de sangue no oceano, a milhares de quilômetros de distância, desde detalhes como pra quem você se declarou recentemente e como você está só empurrando o TCC com a barriga.

Por meio dessa habilidade um professor consegue descobrir se um aluno está sob o efeito de drogas ou não, analisando suas ondas cerebrais e comparando com outros momentos em que o aluno esteve sóbrio – momentos esses que estão todos no primeiro ano. Como toda ação gera uma reação, muitos filantropos decidiram que essa prática era considerada uma invasão de privacidade e criaram um método muito prático para ludibriar essa tendência – estar bêbado (ou chapado) o tempo todo, induzindo assim o professor a pensar que esse é o seu estado de mente natural, o que vem funcionando muito bem.

Alguns professores não estão nem aí para a vida do discente (que vida), pra eles, a aula é segregada da escola ou do zé-ninguém que assiste a aula, e o principal, mais sagrada do que a sua mãe. Eles estão [email protected] se você tá fazendo TCC, tentando estudar para o vestibular, lidando com situações fora da escola, e ainda tentando manter o mínimo de dignidade em frente as outras pessoas, mostrando que na verdade você não está apenas fracassando em sobreviver, mas sim vivendo uma vida, mesmo que uma medíocre. Afinal, o bolchevique que escolheu fazer o vestibular esse ano, ninguém está apontando uma arma para a cabeça dele.


Maluquices notáveis[editar]

Muitas doenças têm indices absurdamente altos na Etec, tais como: transtorno dissociativo de identidade, sociopatia, transtorno de personalidade (borderline), psicopatia, transtorno maníaco-depressivo, esquizofrenia, etc. Em seguida, algumas com detalhes:

  • Transtorno de personalidade antissocial (também chamado de sociopatia)

É o distúrbio mental caracterizado pelo desprezo pelas outras pessoas. Pacientes com transtorno de personalidade antissocial tendem a ter uma opinião elevada de si mesmos e podem ser muito teimosos, autoconfiantes ou arrogantes. Na população em geral, as taxas dos transtornos de personalidade podem variar de 0,5% a 3%, subindo para 45-66% entre presidiários, e batendo nos incríveis 75-79% entre os desmiolados que dizem estudar na Etec Irmã Agostina.

  • Transtorno dissociativo de identidade (múltiplas personalidades)

É uma perturbação mental caracterizada por pelo menos dois estados de personalidade distintos, como de raiva e loucura intercalados com paz e serenidade. Além disso, uma forte amnésia dissociativa está presente: a incapacidade de recordar eventos diários (como, "e aquele dinheiro que eu te emprestei, tá esquecido?") de uma forma que não pode ser explicada pelo aquecimento global esquecimento normal. Em muitos casos, a condição está associada a outras perturbações, como a perturbação de personalidade limítrofe, perturbação de stress pós-traumático, depressão, perturbação por abuso de substâncias, autolesão ou ansiedade, todas muito presentes na etec.


  • Outras enfermidades menos comuns mas ainda com forte presença
Arquivo:DSMIV.jpg
Catálogo das loucuras existentes na Etecia
  • Síndrome do cadáver ambulante

Também chamada de síndrome Cotard, é caracterizada pela ilusão dos bocós que acreditam estarem mortos, sem alguns de seus órgãos (como o fígado, os pulmões, ou mesmo o cérebro) e até mesmo sem a alma. Inclusive há relatos de lunáticos discentes que vagaram em cemitérios pois acreditavam estarem mortos.

  • Síndrome de fermentação intestinal

Síndrome de fermentação intestinal ou da auto-cervejaria, é uma síndrome rara em que os pacientes ficam embriagados sem consumirem álcool. Muitos dos alcoólicos alunos da Etec possuem essa condição terrível.

  • Argiria

Argiria é caracterizada pela cor azulada/cinza da pele, no corpo todo ou em apenas uma parte, após o paciente ficar muito exposto a elementos químicos da prata. Nem precisa explicar muito sobre a cor dos ratos que trabalham com prata horas a fio no lab. Em realidade, a argiria só é responsável pela cor azul da metade das pessoas azuis da Etec, a outra metade se dá na seguinte distribuição: 20% que realizaram uma visita técnica (muito frequentes na Etecia) à fábrica de chocolate sr. Willy Wonka e tentaram se suicidar de puro tédio, jogando se nos mixadores de corantes coloidais azuis, outros 60% fumaram muito cigarro mentolado de Blueberry, e os demais só passaram muito tempo mofando em algum canto mesmo até ficarem azuis.

A Arte De Levar Um Fora

1001 foras infaliveis pra jair se acostumando

Primeira maneira de tomar um fora:

1*-Ache uma pessoa que você se interessou, vire amigo da Cremosa (Chucrute ou qualquer apelido tosco que você queira), Chame ela no Facebook.

2*-Depois CHEGA METENDO O OI PORRA! ,a cremosa vai chegar largando o oiiii miga sua loka, e você fala: Blz?, Tudo o que você falar ela vai responder com um: Aham! Aham! Aham, Veja o exemplo:

Você:Oi
Cremosa:OII
Você:Você mora aqui em (Cidade em que você mora)
Cremosa:Aham
Você:Vai ir naquele evento de anime?
Cremosa:Aham
Você:O que acha de nos encontrar
Cremosa:NAO SEU FILHO DA PUTA,VOU ME ENCONTRAR COM MINHAS MIGUXAS,SÓ GOSTO DE MACONHEIRO SEU PUTO!
Você:*Ataque Cardiaco*

3*-Drible todas os AHAM dela sem que pareça idiota ex:

Você:Você gosta de animes?
Cremosa:Não não, vou no evento de anime e não gosto,idiota BAkA *Patifaria,Patifaria,Patifaria*

4*-Chame seus Miguxinhos para que você tome mais no TOBA/CÚ/FODA-SE

Você:Hey, caras me ajudem com aquela morena...
Amigo 1:Ok o que você tem que fazer é ser machista e foder geral pq elas gostam disso
Amigo 2:Vire um belo zé droguinha! sempre funcionou comigo! o Jefferson tem pó de 10 (pedrinhas) compra dele.
Você:OBRIGADO SEU PANACAS ESTÚPIDOS!!! 

5*-Vire corno chifres grandes que arrastam no chão atraem fêmeas:

Cremosa:Você Já pegou alguém?
Você:Sim mas... ela me iludiou.
Cremosa:Como assim?
Você:É a clássica do padeiro: você soca , amassa ,pra depois outro vir comer.
Cremosa:goxtei!
  • Depois disso seu chifres vão crescer mais bitch!*

6*-$$$Tenha Money Bitch$$$(Se você não tem se ferrou igual a mim).

Você:Shut up and take my money!
Cremosa:UUUUAAAAUUU QUER NAMORAR  COMIGO????
Você:Nope!

7*-Faça uma cantada muito boa:

Você:Seu pai não é padeiro mas acertou o ponto!
Cremosa:Ohh adoro homens que não tem respeito com as mulheres e usa elas como objeto sexual.

8*-Seja romântico:

-Você *pensando*:Uau gastei mais de oito mil com merdas chiques pra ela como :Um carro de berinjelas voadoras,chocolote exótico tirado do cú de um alpinista da málabia, paguei a porra toda de merda que ela gastou em sapato agora ela finalmente vai gostar de mim!!

Cremosa:(deu o cú pro mendigo da esquina e começou namorar com ele e com você não).
Você:MERDA!!

9*-Se nada funcionar provavelmente você é assim: -Está na 9 Série -você tem amigos do 6 Ano (pra baixo) -Seus amigos se alimentam de folhas de árvore -Todos odeiam você mesmo não fazendo nada porque você é nazista...

Continua...


Mario[editar]

Mario é conservador de extrema-direita

1) família unida (amigo do irmão Luigi, sempre fala na mãe (“mamma mia”)

2) heterossexual monogâmico, gosta da apenas Peach (e Luigi gosta apenas da Daisy)

3) trabalhador manual, profissional liberal nao-sindicalizado, presta pequenos serviços

4) luta pra proteger uma pequena monarquia feudal contra um invasor globalista e republicano (Bowser), protege tanto a princesa Peach quando a rainha Rosalind

5) acredita que bandido bom é bandido morto, mata goombas e koopas

6) cultiva suas raízes do sul da Itália

7) usa um kart possante sem frescura de aquecimento global

8 ) se alia aos cogumelos ao invés de proibí-los

9) cavalga dinossauros em batalha

10) é tão católico que os fantasmas fogem dele quando ele vira de frente

11) Depois do Bowser, seu maior inimigo é um corporativista chamado Wario

12) opera com moedas de ouro

Brincando com a Justiça[editar]

Predefinição:Jurídico Inspirado no grande sucesso de Jorge Kajuru com o seu famoso Condenado a Enfartar, uma louca famosa de Ribeirão Preto que assassina assina com o nome ou pseudônimo de Marisaa cria um deslivro destinado a mostrar a sua vida e os seus escarros, com linguagem parapolicial e um monte de verbetes retirados dos livros de direito jurídico.

Além disso, há a grande inovação de se colocar as letras em modernas letras super-grandes, destinadas a confundir até mesmo os mais ceguetas leitores de braile, que por conta de sua deficiência não conseguem ler.

Esta é uma desoferta grandiosa promovida por meios imprensistas e pelo provedor UOL, que fornece meios exclusivos para que este grandioso conteúdo chegue até você.

Fonte[editar]