Antiamericanismo

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

"Tudo que é filho da puta vive dizendo que os Estados Unidos são os maiores terroristas do mundo, mas não explicam o porquê desse caralho!"


60px-Uiquiilogo botante.gif
Para ler este artigo com um ponto de vista mais parcial, a Wikipédia tem um artigo sobre: Antiamericanismo.


Feminazi antiamericana.jpg

Cquote1.png Os Estados Unidos mataram os índios, mataram os mexicanos, mataram os latinos, mataram os muçulmanos, mataram todo mundo! Cquote2.png
Argumentum ad hominem típico de um antiamericano
Cquote1.png Os Estados Unidos são os maiores terroristas do mundo... Cquote2.png
Falácia antiamericana 1
Cquote1.png Os Estados Unidos são a maior ditadura do mundo Cquote2.png
Falácia antiamericana 2
Cquote1.png Culpa dos Estados Unidos! Cquote2.png
Antiamericano sobre fome na África
Cquote1.png Culpa dos Estados Unidos! Cquote2.png
Antiamericano sobre morte de um cidadão marciano
Cquote1.png Culpa dos Estados Unidos! Cquote2.png
Antiamericano sobre ter acabado o Toddynho
Cquote1.png Culpa dos Estados Unidos! Cquote2.png
Antiamericano sobre seus próprios problemas

Um membro da resistência antiamericana executando seu plano mortal: chorar feito uma gazela

O Transtorno de xenofobia irracional (TAXI), também conhecido como Antiamericanismo, é uma doença sem cura proveniente do vírus Islamus latinus communistus apenas encontrada em fetos anencéfalos que não podem ser abortados pois o procedimento pode infectar a gestante com o vírus. A doença só é controlada quando o indivíduo adquire um cérebro e aprende a usá-lo da forma correta. Historiadores concluem que Satanás foi o primeiro antiamericano, seguido de Maomé (islamus), Lenin (communistus) e Getúlio Vargas (latinus), dando nome ao vírus.

Nos últimos anos, a popularidade dos documentários de Michael Moore, a jubarte socialista favorita de todos, levou a uma nova geração de anti-americanos, comumente conhecidos como millenials. Esses idiotas pensam que assistir a um filme que foi anunciado por sua própria controvérsia os tornam especialistas em política mundial, e saem falando merda sempre que têm a oportunidade.

A boca de um idiota secreta uma substância marrom viscosa que os principais cientistas do governo identificaram recentemente como merda. A única maneira de parar o fluxo das besteiras do idiota é dar um tapa nos pulsos, fazê-los usar um cinto de castidade e fazer um tratamento de choque elétrico enquanto assistem aos filmes de Michael Moore, para nunca mais poderem ouvir tal nome sem chorarem feito crianças.

Causas[editar]

Típica coisa que dá nojo em um antiamericano

O antiamericanismo possui várias justificativas, tais como o medo de que os Estados Unidos tomem conta do mundo[1], a inveja do fato dos EUA serem melhores que o seu país de merda, a frustração com o fato de não poder morar lá, o fato de seus amiguinhos ou seu ídolo do Twitter também odiar os USA, porque os americanos sempre ganham prêmios Nobel ou porque a mídia 100% parcial e isenta diz que lá só tem violência.

Mas a principal causa para o antiamericanismo é a simples deficiência cerebral conhecida como microcefalia.

Os Estados Unidos são a figura paterna do cenário mundial. Ele espalhou a democracia por todos os cantos do mundo[2], aumentando a qualidade de vida aonde quer que vá. É natural que algumas de suas enfermarias jovens se ressintam dos EUA por tudo o que fizeram. Esses indivíduos ingratos ignoram as liberdades que os EUA preservam a um grande custo, para que todo o mundo seja tão livre quanto seus próprios cidadãos.

Os EUA garantem que indivíduos perigosos sejam levados à justiça, não importa em que país eles possam se esconder. Ele compra uma quantidade enorme de mercadorias para garantir que todos no mundo inteiro tenham empregos. Ele fornece enormes quantias de financiamento para a educação em HIV/AIDS em todo o mundo, o que impediu uma pandemia que poderia muito bem ter exterminado a raça humana. Somente os Estados Unidos pesquisaram métodos para melhorar a produção da indústria e da agricultura e salvar as vidas da crescente população mundial. Seus moradores revolucionam rotineiramente cinema, televisão, literatura e música, tornando o mundo um lugar melhor para se viver.


A gente fala merda mas comprova o que fala!

  1. Se quisessem, já o tinham feito. Fora que a China está os superando
  2. Ignorando todos os seus inimigos

Ver também[editar]