Bernie Sanders

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bernie Sanders, um seguidor do satanismo
Vovo reclamao.jpg ESSE ARTIGO É COISA DE VELHO

Vê se você, meu jovem, não fica de traquinices escrevendo abobrinhas, seu badernista de meia-tigela, porque eu posso reclamar na delegacia do idoso e na previdência social que já estão me enrolando a mais de 20 anos aqueles malditos, miseráveis, safardanas..

Velho da praca.jpg
Wikisplode.gif
Se você não quer se informar e o seu objetivo é somente fazer uma pesquisa sobre seu trabalho de escola, a Wikipédia tem um artigo sobre: Bernie Sanders.


Nuvola apps core.png Bernie Sanders
Scary bernie sanders.jpg
Tenha medo...tenha muito medo!
Origem Vermont Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Facção Partido Traficante da Terceira Idade
Cargo Sentador
Nível de Honestidade Seu Parkinson o impede de roubar
Profissional
Profissão Anterior Banqueiro judeu
Conchavo Hillary Clinton
Maior Escândalo Preso por assustar um casal de criança
Perfil
Sexo Os remédios não estão funcionando
Nível de Inteligência Depende das mudanças climáticas
Plásticas Tá precisando
Vícios Cagar na fralda
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Usa pra se limpar depois de cagar na fralda.
Música Emblem-sound.png Ele assiste rádio
Prato Sopa e papinha
Filme Aqueles que passam 11h da noite na TCM
Contatos
E-mail: [email protected]
Website: Na época dele não existia internet



Cquote1.pngVocê quis dizer: Bernie SendasCquote2.png
Google sobre Bernie Sanders
Babelfish.gifTraduzindo: Bernardo Sandro
Babel Fish sobre Bernie Sanders
Cquote1.png Ronda Rousey perdeu a luta depois de declarar apoio ao senhor... Cquote2.png
Jornalista da Fox News sobre Bernie Sanders
Cquote1.png Ela não perdeu, ela socializou seu título... Cquote2.png
Bernie Sanders sobre citação acima
Cquote1.png Donald Trump está na minha frente por causa das mudanças climáticas!!! Cquote2.png
Bernie Sanders sobre Donald Trump
Cquote1.png How ya doin' Bernie? Cquote2.png
"Weird Al" Yankovic sobre Bernie Sanders

Berniom Sandersvick I (mais conhecido no ocidente como Bernie Sanders) é um judeu comunista e político americano que representa os 9615 metros quadrados de insanidade progressista que é o estado de Vermont. Depois de ter servido quase um quarto de século no escritório federal, o demente Sanders desenvolveu delírios de grandeza e anunciou sua candidatura presidencial para 2016, aparentemente acreditando que os Estados Unidos estão prontos para eleger um comunista senil para a Casa Branca.

Auxiliado por um exército de jovens brancos guerreiros da justiça social na Internet, ele se tornou um meme juntamente com o seu rival fascista capitalista racista machista motorista frentista equilibrista republicano opressor de extrema-direita Donald Trump e, anteriormente, Ron Paul. É esperado que Sanders seja bem sucedido em sua busca quixotesca para a presidência como o último político de Vermont a conseguir popularidade na internet.

Antes de Bernie Sanders, ninguém sabia da existência de Vermont, assim como Ralph Nader e Connecticut[1].

Carreira política[editar]

Logotipo da campanha de Bernie Sanders.

Bernie Sanders foi inspirado a entrar na política quando jovem por Adolf Hitler. Assim como a marca única de Hitler pelo nacional-socialismo, Sanders decidiu se tornar o primeiro auto-declarado socialista democrático do senado dos Estados Unidos. Depois de passar oito anos como o prefeito de Burlington (essa palavra lembra Bernie tentando falar qualquer porra que seja com aquela boca murcha) e quinze anos na menos glamourosa Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Sanders finalmente teve sua oportunidade após a aposentadoria de Jumpin' Jim Jeffords, e foi eleito em meio a uma onda de sentimento anti-Bush em 2006.

A carreira de Sanders em Washington se baseia principalmente em se auto-declarar um independente (tendo sido eleito como um) que é contra a polarização nacional de dois partidos principais (e considera o Partido Democrata como de direita moderada e os Republicanos de extrema-direita) enquanto vota junto com o Partido Democrata e tenta a nomeação presidencial como um, sabendo que não vai ser eleito se for eleito, será como um democrata.

Sanders tornou-se dolorosamente consciente de que os Estados Unidos possuem 236 anos e George Washington foi o único presidente independente, não havendo mais nenhum desde então, e que todos os candidatos independentes como Ralph Nader são humilhados nas votações e não conseguem nem mesmo serem citados na mídia (o próprio Ralph Nader só conseguiu ser citado quando se candidatou pelo Partido Verde), além do fato do terceiro maior partido do país, o Partido Libertário ficar na frente de todos os independentes (claro) e não conseguir chegar à 2% das votações.

Apesar disso, parece que ele é um democrata desde a fundação do partido, é um autêntico crazy old democrat.

Bernie for President![editar]

Sanders cumprimenta todo o seu círculo eleitoral.
Ele só percebeu porque tem a foto dele, porque se tivesse escrito ele nem ia entender.

Cquote1.png Esta campanha não é sobre Bernie Sanders... Cquote2.png
Bernie Sanders[2], em uma campanha de e-mail oficial que foi citada pelo Reddit (onde mais?).

Bernie Sanders anunciou sua candidatura em 1º de abril de 2015. Sanders levantou uma quantidade razoável de lotes on-line nas costas de maconheiros hippies hipsters descolados iludidos da faculdade, mas ainda arrasta uma penca de atormentados pelos escândalos de Hillary Clinton. Tem-se observado que Sanders tem uma certa dificuldade em ganhar o apoio das minorias, mulheres, eleitores mais velhos, pessoas menos religiosas, os nortistas e os democratas mais pobres. Em suma, ele provavelmente não vai ganhar a nomeação democrata (que será dada á Hillary Clinton, assim como a republicana á Donald Trump).

A campanha presidencial de Sanders foi bem-sucedida em estados como Iowa e Nova Hampshire, ambos com 90% de caucasianos euro-descendentes, que foram os primeiros a apoiar formalmente nosso simpático velhinho. Se a Califórnia (latinos) e o Mississississississippi (negros) fossem os primeiros, não haveria uma única chance da história da Cinderela começar a lançar as primárias para Bernie. Até mesmo a galerinha mais democrata percebeu que Bernie representa tudo aquilo que eles dizem representar os republicanos: a branquitude, a senilidade, a elite e a burrice.

Apoiadores[editar]

Cquote1.png Apoiadores predominantemente brancos de Sanders estão se direcionando aos ativistas negros e jornalistas que ousam questionar o registro do candidato dos direitos civis. Cquote2.png
The Washington Post[3], relatando o exército branco de Sanders na internet

Bernie Sanders na juventude

A maioria dos apoiadores de Sanders são estudantes universiotários brancos que nunca trabalharam um dia em suas vidas. Esses suburbanos sulistas de classe média que acham que o socialismo é uma ideologia atraente são um mistério. Se você criticar Sanders, seus partidários vão acusá-lo de preconceito contra idosos (ver também: Gerontofobia). Bernie Sanders tem atraído grandes multidões em paraísos progressistas como Portland, Oregon, embora Donald Trump tenha atraído uma multidão muito maior na ínfima e minúscula cidade de Mobile, Alabama.

Sua base de apoio está no Reddit e eles negligentemente o amam, apesar do fato deste ser supostamente um diário igualitário. Heil Bernie!. Sanders diz [4] que ele é a única pessoa que sabe o que está acontecendo. Tão democrático que chega a comover o mais extremista dos republicanos. Pode-se supor que a promessa de Sanders de instituir o almoço grátis (comida podre na lata do lixo também é almoço, não?) é a sua principal atração. A turminha que está na iminência de ter que trabalhar para viver vê o governo e Sanders como seus novos fornecedores, substituindo mamãe e papai. Eles também não querem pagar os seus empréstimos estudantis.

Opositores[editar]

Bernie Sanders criticando o capitalismo em um core i5
Um típico eleitor tolerante e igualitário de Bernie Sanders

A plataforma de Sanders de que os Estados Unidos não devem se tornar uma oligarquia capitalista corporativa o tornou impopular em meio a inúmeros patrocinadores corporativos que simpatizavam com suas ideias, que prontamente canalizaram seus dólares corporativos para contribuir na divulgação da campanha de Hillary Clinton, e pintaram Sanders como ruim para os pequenos negócios. Afinal de contas, Sanders deve cumprir sua promessa de criação de empregos nos Estados Unidos, e para isso vai precisar de dinheiro corporativo.

Os apoiadores de Hillary Clinton e as feministas querem uma mulher para presidente[5] e acreditam que Sanders só vai dividir o voto popular, e que todos irão votar em Hillary de qualquer maneira por falta de melhores alternativas, visto que ela tem dinheiro suficiente para convencer a maioria do país a votar nela.

A prática de jogar dinheiro em anúncios de lançamento de lama em cada possível canal de televisão, de preferência a serem exibidos no mesmo minuto exato, farão o telespectador simplesmente jogar a televisão pela janela. Se o espectador, descontente parar de assistir a televisão e ir para a internet ao invés disso, verá, naturalmente, mais anúncios e vídeos do YouTube que serão, em seguida, retransmitidos por vários outros sites. Isso deixou as pessoas com raiva de Bernie Sanders.

Plataforma política[editar]

Se ele for eleito, ele promete acabar com a desigualdade de renda, proteger o meio ambiente e libertar todos os negros presos por estupro e pedofilia das prisões. Exatamente como um certo partido fez aqui no Brasil e deu no que deu. Uma das partes mais engraçadas da campanha de Sanders foi ele ter dito que era um desperdício para a América a existência de tantas marcas diferentes de sorvete.

Black Lives Matter[editar]

Bernie Sanders
Cquote1.png Desce uma cerva... Cquote2.png

Para tornar ainda mais claro o ponto de que Bernie Sanders não tem nenhuma chance de ser eleito para qualquer coisa que não seja para síndico de um prédio em Vermont, ele recentemente se tornou um alvo favorito do movimento fascista Black Lives Matter, porque ele é um cara branco e velho do estado de Vermont[6], um estado predominantemente branco[7].

Uma exibição vergonhosa ocorreu em agosto de 2015, quando dos traficantes do Black Lives Matter pegaram o microfone de Bernie Sanders e roubaram a cena de seu próprio evento de campanha, ao passo em que um constrangido Sanders saiu de cena e humildemente foi trocar as próprias fraldas. Ainda mais patético, Sanders posteriormente pediu desculpas por demorar tanto para lagar o microfone e dar a palavra aos traficantes.

Cquote1.png Como Bernie Sanders vai defender o nosso país se ele não pode sequer defender seu próprio microfone? Muito triste! Cquote2.png
Donald Trump, no Twitter[8] sobre o triste episódio acima citado

Mas a humilhação não para por aí, logo depois o republicano negro Ben Carson atacou o Black Lives Matter[9] de uma forma que a campanha de Bernie Sanders deveria ter feito há muito tempo, mas ficou com medinho. Pesquisas tem mostrado Sanders na casa de um dígito para com os negros, os próprios eleitores que impulsionaram Obama sobre Hillary na Carolina do Sul em 2008, enquanto Trump tem o apoio de cerca de 25% dos eleitores negros.

Aliás, já reparou que, mesmo contando os três que já largaram o osso (Lincoln Chafee, Jim Webb e Lawrence Lessig), o Partido Democrata não tem nenhum pré-candidato negro para 2016? O Partido Republicano tem um negro, um indiano, um latino (dois, na verdade) e uma mulher (Hillary Clinton não é uma mulher, é um sapo).

Cquote1.png Eu sou negro sob uma camada de...de...pele branca! Cquote2.png
Bernie Sanders sobre não haver candidatos negros pelo Partido Democrata

Posicionamentos políticos[editar]

Tati Quebra Barraco interrompendo o discurso de Bernie Sanders, nada de valor foi perdido.

Cquote1.png Você não precisa necessariamente de uma escolha de 23 diferentes tipos de desodorantes para as axilas[11] ou 18 diferentes pares de sapatos enquanto há crianças com fome neste país. Cquote2.png
Bernie Sanders, ansiando por uma mercearia venezuelana.

Galeria[editar]

Ver também[editar]

Cquote1.png Olha pra mim e vê se eu tô achando graça... Cquote2.png
Cquote1.png ...pera, eu tô sim! Cquote2.png

Referências

Ligações externas[editar]