Capitão América

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar
Maskaramao.jpg

Capitão América é um SUPER HERÓI

Esse artigo fala sobre alguém que voa, tem super-poderes e prende bandidos
Se você vandalizar o artigo, ele vai te meter a porrada e te levar pra cadeia

Clique aqui para ver outros salvadores da pátria

Superglasses.jpg
McdonaldsAmerica.jpg
EUA Falencia.jpg

Powered by Chevrolet

Este artigo é gringo! Ele só usa eletrônicos da Apple, tem um Chrysler poluidor, não joga futebol e acha que é privilegiado. Não use suas armas de destruição em massa contra ele e nem tente jogar seus aviões nele, a não ser que queira ir morar com o Bin Laden...


George Bush agradece! Alguém quer um Big Mac com Coca Cola?


60px-Uiquiilogo botante.gif
Se você não quer se informar e o seu objetivo é somente fazer uma pesquisa sobre seu trabalho de escola, a Wikipédia tem um artigo sobre: Capitão América.
Capitão América: um verdadeiro empecilho para o nazismo.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Virjão AméricaCquote2.png
Google sobre Capitão América
Cquote1.png Meu mais fiel cliente! Cquote2.png
Ronald McDonald sobre Capitão América
Cquote1.png Yes, we can! Cquote2.png
Barack Obama sobre Capitão América
Cquote1.png Mal sabem aqueles que nos chamam de virgens que estamos na verdade é seguindo os passos do nosso grande mestre! Cquote2.png
Nerd sobre Capitão América
Cquote1.png Maldito! Cquote2.png
Adolph Hitler sobre Capitão América

Capitão América, cuja identidade nem tão secreta é Steve Rogers, também conhecido pelo apelido de Virjão América, é um nerd bombado criado para personificar os Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, sendo um dos mais antigos herois da Marvel Comics, conhecido por ser o principal heroi tático e chefão dos Vingadores. Dessa forma, Capitão América é para os Vingadores o que Batman é para a Liga da Justiça: o mandachuva do qual todos os demais super-herois se borram de medo. Acredita-se também que ele seja na verdade o próprio Tio Sam durante sua juventude. Apesar de já ter beijado várias mulheres durante nos clubes de Jazz que costuma frequentar nos fins de semana de noite, Capitão América detém o recorde mundial por ser o virgem mais velho de todos os tempos, em seus plenos 91 anos de idade.

Publicação e criação[editar]

Capitão América de luto após o ataque das Torres Gêmeas. Acredita-se que o verdadeiro responsável pela morte de Osama tenha sido ele, ao jurar vingança pela morte dos milhares de gordos norte-americanos.

Tudo começou durante o período da Segunda Guerra Mundial, época em que Adolph Hitler e os demais filhos da puta nazistas que vinham a ser seus seguidores tinham entrado na TPM e decidiram dominar toda a Europa (e posteriormente, o mundo). A situação na Europa ia de mal a pior, ficando cada vez mais preta, para a alegria dos alemães e infelicidade de qualquer um que não fosse bebedor de cerveja. Os Estados Unidos eram aliados diretos da Inglaterra e França, porém, decidiram se acovardar e não se envolver na troca de tiros, ou poderia acabar sobrando para eles, e todos sabemos como é o lema daquele país: "Salve os EUA e o resto que se foda". Dessa forma, assim como Pôncio Pilatos fez em relação à Jesus Cristo, os EUA lavaram suas mãos em relação a Europa, certos de que Hitler logo dominaria toda a Europa e que e tudo voltaria ao normal.

Porém, a situação de calamidade pública na Europa só aumentava. Sensibilizados pela desgraça europeia e inconformados com a covardia do presidente americano, a população dos EUA começou a se revoltar, exigindo que o presidente levantasse sua bunda gorda da cadeira e fizesse algo que preste ajudando os seus aliados. Nesse contexto, foram enviadas cartas via pombos-correio diretamente para o presidente, além de consecutivas revoltas públicas e até tentativas de invasão da Casa Branca. Para completar, vários hippies que estavam há mais de um mês sem tomar banho fizeram sentaram em volta da casa do presidente, contaminando todo o lugar com o mau cheiro. Foi então que os desenhistas da época, com o intuito de manifestar toda a sua ira pelos Estados Unidos, decidiram criar então o Capitão América. Isso foi uma pedrada direta na cabeça de toda a população estadunidense, já que o Capitão América representava tudo aquilo que os Estados Unidos defendia, mas que nunca teve a capacidade de transformar em realidade. A criação do Capitão América foi um golpe direto no orgulho dos americanos, incluindo no do presidente, que cansado de tantos e acovardar, decidiu aos poucos ingressar na guerra, enviando suprimentos clandestinos para a Europa sem que a Alemanha soubesse.

Nos anos seguintes, conforme a guerra ia se desenvolvendo, o Capitão América foi deixando de ser a ferida da vergonha e da humilhação na pele dos americanos para se tornar um símbolo do patriotismo. Capitão América ganhou mais força após os EUA declarar oficialmente guerra contra Hitler, que já estava passando dos limites e começou a atacar bases navais norte-americanas. Capitão América fez um grande sucesso até o fim da Segunda Guerra Mundial. Depois que a guerra terminou, ele caiu no esquecimento eterno, e para se livrar de um heroi já batido e ultrapassado como ele, eles colocaram o mesmo na geladeira e usaram como pretexto para tirar suas publicações do mercado de quadrinhos, que agora voltava-se unicamente para os herois velhões da DC Comics. Anos mais tarde, alguns nerds de 40 anos começaram a sentir falta do Capitão América, e acabaram lotando o email dos criadores da Marvel com spams dos mais variados exigindo o retorno do Capitão América. Logo, na década de 1960, eles trouxeram o heroi de volta, que desde então, vem fazendo a alegria dos nerds de todas as idades.

Ver também[editar]

v  d  e h
Oscar 1.jpg Logo Coisas de Hollywood.jpg Oscar 1.jpg
Oscar 4.jpg