Hussênia

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


Hammer sickle clean2.png
Nazi.jpg
Esse artigo fala sobre opressão e dentadura ditadura!

Você DEVE aceitar o que tá escrito aqui SEM duvidar de nada. Não gostou? CALE-SE ou correrás o risco de sumir misteriosamente.

Josef Stalin e Adolf Hitler vigiam esse artigo!!!

المناهض للولايات المتحدة جمهورية العراق
República Anti-Americana do Iraque
Bandeira do Iraque Brasão de Armas do Iraque
Bandeira Brasão
Lema: Bombardear os EUA é a nossa meta
Gentílico: Husseiniano
Hino:
"Allahu Akhbar"
Capital Terra do Osama
Idiomas Euskara
Governo Caos total
Ditador Saddam Hussein[1]
Vice Barack Hussein Obama (Saddam Hussein Jr.)
Ministro Osama bin Laden
Gerentes Não existem
Heróis Nacionais Apenas Saddam, só Saddam, ninguém mais que Saddam.
Independência Do Quinto dos Infernos
Moeda Husseini
Religião Terrorismo
População Não há gays, só digo isso!
IDH É pequeno, né?
TLD .war
Código telefônico -1991
Site do governo http://saddam.org

Cquote1.pngVocê quis dizer: IrãCquote2.png
Google sobre Iraque
Cquote1.png É chato ficar preso entre o Iraque e um lugar duro Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre o Iraque

O Estado Islâmico do Iraque e do Levante é uma cidade que está entre um pedaço de terra fértil e três montanhas de balas calibre 40, sua maior produção agrícola são os brotos de balas. Este império anti-americano que administra o fornecimento de petróleo para uma ditadura agradável gerida pelo grande rei, onde o meio de transporte mais utilizado é o carro-bomba.

Alguns antropólogos concluíram que a verdadeira origem do rastafarianismo nasce nesta terra de explosão e massacres. Nos últimos tempos tem sido dado o nome de iRaque por uma iniciativa de Steve Jobs, que sempre sentiu tesão por islâmicos barbudos e com grandes dinamites. Há provas de que as Armas de Destruição em Massa (ADMs) são vendidas nos mercados de pulgas ou no swap de cada uma das vilas e aldeias do Iraque, com isto é o lugar do mundo onde você pode encontrar as ADMs com mais facilidade.

O Iraque é um país em guerra civil, algo típico do Oriente Médio, que abriga quantidade de mau cheiro, árabes primitivos e curdos, a maioria dos quais viriam a se tornar muçulmanos insanos. Alguém poderia pensar que esta peça inútil de merda não teria nenhuma relevância para o mundo moderno ou teria qualquer valor. Mas devido ao país ter roubado lotes e lotes de petróleo do Texas, os Estados Unidos decidiram pegar seu petróleo de volta de forma pacífica, o que resultou na morte de 200 mil soldados americanos. Os americanos não tiveram outra escolha senão bombardear e invadir o país pra pegar de volta o que é seu.

Demografia[editar]

Um típico animal da fauna iraquiana

Dizem que os iraquianos são terceiro-mundistas muito legais, mas tiveram sua reputação fodida graças aos famosíssimos ditadores Mickey Mouse, Saddam Hussein e Osama bin Laden. Também pensam serem valentões porque eles tem mais inimigos (gringos) do que amigos (iranianos) e atiram com suas AK-47 (todos sabemos quem dá essas armas para eles) em qualquer cara alto e loiro que pise em suas terras.

A verdade é que aqui as pessoas vivem felizes coletando pedaços de balas de metal, mísseis, armas e carros-bomba para transformá-los em lembranças ou vendê-los com um caminhão da Chevrolet modelo 1000 ac por $H 3,50 saddams o quilo (estes caras da Chevrolet por sua vez, vendem por US$ 10,00 dólares o quilo para os iraquianos, que reciclam e transformam em armas).

Sua população é de mais de 8000 cadáveres em contagem decrescente já que a cada minuto dois mil são atingidos por alguma bomba, mas também se reproduzem como coelhos na primavera, diz-se que os homens do país produzem mais espermatozoide que qualquer outra coisa, talvez porque esta secreção corporal possa servir como combustível para bombas.

História[editar]

Antiguidade[editar]

Uma cidade iraquiana com infraestrutura próspera e economia estável

O Iraque foi um dos maiores impérios da antiguidade, situado entre os rios Tigre e Eufrates. A palavra é derivada do mât iraqi, que é o antigo termo mesopotâmico para Terra dos Hackers. As partes ocidental e oriental do Iraque consistem em duas planícies aluviais, onde a irrigação permite agricultura; uma parte vital da economia do Iraque, depois da exportação de soldados americanos mortos. A capital do Iraque, que está localizada entre as planícies orientais e ocidentais na base sul do Tigre, leva o nome do antigo deus iraquiano: Anuus.

Quando Saddam ainda controlava o Iraque, as pessoas não têm muitas escolhas políticas.

Antes da vinda do Homem de Neanderthal, o local era habitado pelos sumérios, que foram uma das quatro tribos da Galícia, que saíram de seu país natal e ao chegarem na Babilônia tiveram centenas de ideias, tais como:

Após estas belíssimas invenções, eles se autoextinguiram (eles sabiam que em 2012 Rajoy seria o primeiro presidente gay na história e um compatriota lhes disse que o capitalismo iria ser inventado pelos americanos, assim eles decidiram se extinguir deixando de fornicar com seus parentes).

Alguns arqueólogos identificaram o primeiro escrito gerado pela raça humana, que traduzido á linguagem portuguesa moderna é traduzido como: "Caim viado, passa o dia sacrificando as ovelhinhas que sodomizou, é um verdadeiro filho da grande puta mãe Eva...Se isto continuar, um dia desses irei foder com uma parte de burro e não precisamente com a queixada". Alguns investigadores opinam que isto é uma evidência espúria, mas foi identificado pelo CSI que se trata da evidência do primeiro homicídio cometido nesta terra. Atualmente, para não perder o costume e honrar á tradição, os atuais habitantes da região permanecem fiéis a prática do homicídio.

Iraque árabe[editar]

Depois de todas as civilizações conhecidas no mundo terem sido impiedosamente subjugados, os antigos iraquianos ficaram tão entediados que eles mesmo se destruíram. Estudiosos modernos ainda estão calorosamente debatendo esta questão. No entanto, apenas para ofender-nos, os iraquianos tomaram todas as invenções maravilhosas do mundo para si. A partir de registros escritos pelos iraquianos, os cientistas estimam que a nossa tecnologia atual é de apenas cerca de um quinto do avanço da antiga tecnologia iraquiana, como qualquer peça aleatória de lixo jogada na privada por uma criança mentalmente deficiente.

Depois de ser completamente destruída há mais de 1000 anos, o Iraque foi re-fundado pelo menos 100 anos antes da América surgir, perto da África por Ali Baba e os Quarenta Ladrões. Uma vez conhecida como Arábia Saudita, que era famosa por sua grande cultura, que incluiu escrever histórias sobre crianças sexualmente ativas que gostavam de adultos, para justificar sua pedofilia. Seu povo adaptou-se ao seu ambiente hostil, vestindo roupas largas e brancas e crescentes barbas selvagem. Pelo menos cem anos atrás, eles começaram a adorar a Deus, o homem no céu, de acordo com os escritos sauditas. Um Deus que permitiria o estupro de crianças pré-puberes, chamado Alá.

Os muçulmanos conquistaram o Iraque no século VII dC mais ou menos na mesma época em que conquistaram o que hoje conhecemos como Espanha. No século VIII, o califado abássida estabeleceu sua capital em Bagdá[2], que por uma estranha razão foi a atração de bandidos e ladrões, inclusive Alibabá e seus quarenta companheiros. Desde que chegaram, os muçulmanos não queriam ir, apesar de terem experimentado os vários impérios fascistas que têm ocorrido ao longo da história. E é por isso que eles foram um povo de bravos guerreiros filhos da puta.

Guerra do Iraque[editar]

Propaganda do iRaque, um aplicativo da Apple fabricado e vendido no Iraque que possibilita que você bombeie países ocidentais por controle remoto

Em 2001, o Iraque, um país independente sob as ordens de um homem forte e independente que colocava em prática os valores da liberdade, igualdade e fraternidade, derrubou duas torres em Nova Iorque. George W. Bush ficou puto (com razão) e invadiu o Iraque, mas ao contrário do que os iraquianos dizem, Bush não foi lá para roubar o petróleo e massacrar toda a população local, mas apenas derrubar Saddam Hussein e levar o capitalismo e a liberdade econômica para a região.

O petróleo produzido por este país é formado por tinta preta, esgoto e sangue. Caso você não saiba, o sangue dos muçulmanos é preto, e é por isso que eles se matam, porque são racistas. Bush então, tentou substituir esta titica por petróleo de verdade e urina limpa. Atualmente, o Iraque é uma nação em guerra com os EUA, mas essa luta é boa, porque porrada é muito divertida de assistir, é muito bom ver os americanos chegando lá com flores e sendo recebidos a bala, sim, é o que acontece.

Os iraquianos não sabem que, graças a Bush, a terra se tornou uma mãe de petróleo, mas o governo do país impede que a população saiba que este petróleo pode ser utilizado para criar coisas de plástico, e deixa a população tentar sobreviver vendendo Chevrolet á $H 3,50 enquanto vende o petróleo para a Rússia e viaja para Dubai com o dinheiro. Quebrar o equilíbrio cósmico entre a Chevrolet e os iraquianos iria fazer a economia crescer, de modo que os civis poderiam comprar enormes canhões subatômicos de reação múltipla, com rajadas de 3000 quilates, capazes de bombardear a cabeça do sucessor de Saddam, que hoje ocupa a presidência dos EUA no lugar de Bush.

Cultura[editar]

Iraque antes do Islã
Iraque depois do Islã

Os iraquianos tem um dos mais curiosos ritos de casamento do mundo.

No país podemos encontrar divertidos espetáculos, realizados por gente louca e estúpida pessoas especializadas no tema, na maioria das vezes nestes espetáculos os envolvidos acabam todos mortes e agonizando entre o sangue derramado, e nunca falta o escravo com sua pequena câmera que registra o evento e o envia para o HuTube[3] ou para a televisão local, depois que a família Hussein (incluindo Barack Hussein) assiste, ela começa a rir e compartilha no Facehussein para todos os amigos rirem e se masturbarem também. Se você ligar para o Greenpeace para fazer uma reclamação contra a publicação destes conteúdos, os administradores de ambos os sites juntamente com o governo federal irão atrás de você te transformar em cinzas.

Economia[editar]

Bem-vindo ao Iraque

Sua economia é muito interessante e estável devido á venda de milhares de lembranças de metal (feitas por aqueles que não vendem seus ferros com Chevrolet), que são comprados pelos mesmos iraquianos (mas estes compram pra vender com a Chevrolet) e carros de luxo quarto-mundistas.

A economia do Iraque é caracterizada por uma forte dependência das exportações de armas, que agora é totalmente controlada pela Rússia, e é por isso que agora tornou-se o principal exportador de cadáveres de soldados norte-americanos no mundo. Antes do início da guerra contra o Irã em setembro de 1980, o futuro da economia iraquiana foi brilhante. A produção de armas tinha atingido o nível de 3,5 milhões de unidades por dia e as receitas totalizaram 21,000 bilhões em 1979 e 27.000 milhões em 1980. Quando começou a guerra, o Iraque tinha acumulado aproximadamente 35.000 milhões em venda de armas para a Rússia, que estão agora em contas secretas na Suíça, nas Ilhas Cayman e outros paraísos fiscais, como Dubai.

A guerra entre o Irã e o Iraque drenou as reservas de dividas do Iraque, devastou sua economia e deixou o país sobrecarregado por uma dívida externa superior aos 40.0000 milhões de dólares, estranhamente esta guerra foi motivada pelos países para quem o Iraque vendeu suas armas. Depois que cessaram as hostilidades, as exportações de armas começaram a subir, pouco a pouco, graças a construção do Estado Islâmico e a restauração das fábricas danificadas, além da ajuda de países assassinos preocupadas com o bem-estar dos terroristas iraquianos.

Durante a invasão do Kuwait em agosto de 1990, as seguintes sanções internacionais e os danos causados pelas ações militares da coalização iraquiana começada em janeiro de 1991 aumentou drasticamente a atividade econômica, visto que os cadáveres se tornaram uma nova matéria-prima de produção de armamento. A implementação em dezembro de 1996 de um programa da ONU chamado Direitos por armas, que tinha o objetivo de fazer a cúpula da organização parar de tentar destruir Israel caso este vendesse armas para o Iraque, fez com que os iraquianos vendessem armas para a Palestina, que tentaria destruir Israel do mesmo jeito. Para melhor comunicação entre o terrorista de Bagdá com o terrorista de Gaza, o Iraque decide utilizar a diplomacia com a China para fazer uma aliança tecnológica e lançar o iRaque©, para também concorrer com o iPod. Agora o Iraque irá entrar no ramo de jogos infantis e irá lançar o jogo Bomb Bird.

Cquote1.png Mas o que é esse tal de iRaque? Cquote2.png
Alguma criança palestina curiosa

É um país do Médio Oriente, limitado a norte pela Turquia, a leste pelo Irã, a sul pelo Golfo Pérsico, pelo Kuwait e pela Arábia Saudita e a oeste pela Jordânia e pela Síria. Sua capital é a cidade de Bagdá (Bagdad), no centro do país, às margens do rio Tigre. É o mais recente avanço tecnológico em termos semelhantes aos dispositivos iPod, sendo produzido por terroristas iraquianos e militares chineses em uma união de forças para alcançar uma maior capacidade de lavar a mente das crianças. Sim, o dispositivo também incluiu dispositivos de controle da mente para ganhar seguidores entre os usuários.

Governo e Política[editar]

Um típico iraquiano

Em 30 de Janeiro de 2005, uma Assembléia Nacional Constituinte deu um golpe, direto e secreto. Esta Assembléia elaborou e aprovou uma nova Constituição, que foi ratificada pelo povo do Iraque (com 78% dos votos a favor, daqueles feitos com 99% de abstenções) em um referendo em 15 de outubro de 2005. Sob a nova Constituição, o regime político no Iraque tornou-se uma monarquia absolutista. Por esta razão, o verdadeiro governante do país é o monarca; e o Presidente da República só tem funções simbólicas e cerimoniais (como muitos outros presidentes e ex-presidentes). A constituição estipula que o comandante-chefe das Forças Armadas é o monarca, e não o Presidente da República como é costume na maioria dos sistemas parlamentares de governo.

O Presidente é eleito pelo Conselho dos Representantes (Câmara Baixa do Parlamento) por uma maioria de pelo menos dois deputados (artigo 69 da Constituição - que tem sido controverso). O presidente é obrigado a propor um candidato a líder monarca da maioria parlamentar; o candidato deve receber o voto favorável de pelo menos metade dos seis líderes islâmicos do Partido Baath. O Iraque esteve sob o domínio do Partido Baath entre 1968 e 2003, o que levou o IDH da nação cair quase ao nível de Cuba. Em 15 de outubro de 2005, mais de 63% dos eleitores iraquianos de todo o país saíram para votar sobre se aceitam ou rejeitam a nova constituição. Em 25 de outubro, a votação foi certificada e a constituição aprovada com uma maioria de 100%. Não se viu ninguém protestando contra ou questionando se a eleição foi uma fraude ou não, embora tenham sido encontrados corpos carbonizados ao lado de faixas que, embora queimadas, diziam لم أكن أتفق مع هذا الدستور، وكأن فرز الأصوات بصفتي "نعم"؟ (Eu não concordei com essa constituição, como que meu voto conta como "sim"?).

Os políticos iraquianos da oposição estão sob ameaça significativa das várias facções ligadas ao governo federal que promoveram a violência como arma política. A violência em curso no Iraque é desde sempre incitada pelos muçulmanos que acreditam que um califado islâmico deve governar, de sunitas do Antigo Regime que haviam governado sob Saddam que querem de volta o poder que tinham, e nacionalistas iraquianos que estão lutando contra o que eles vêem como uma ocupação estrangeira. A quarta, sombrio, constituinte para este conflito é a mídia mundial, que bota a culpa de tudo nos Estados Unidos, na esperança de ser capaz de vender mais algumas caixas de detergente durante o noticiário do horário nobre. Os mortos no Iraque são bravos lutadores da liberdade que se escondem em suas próprias casas precárias, e que querem o capitalismo no país.

Forças Armadas[editar]

Curiosidades[editar]

Alifayatti Alikatti bin Saban, um soldado das Forças Armadas Iraquianas
  • Hanoi é a verdadeira capital do Iraque.
  • O Windows Vista é mais vulnerável que a ocupação sírio-iraquiana da Europa.
  • As armas de destruição em massa foram compradas pela Rússia.
  • O lançamento de sapatos é um esporte oficial do Iraque.
  • O Iraque pode matar todos os judeus em 35,7 (ou seria 37,5) segundos.
  • O Iraque é o único lugar que usa o Clusterfuck 2.0 App.
  • O Iraque tentou uma vez, em 1980, invadir o Irã, mas perdeu devido à falta de garantia.
  • Uma vez foi dito que o Iraque estava cheio de pessoas com uma população de 33.235.000, não 500,95. Como você pode ver, não é um número inteiro visto que resto do corpo dos caras foi arrancado pelo Irã.
  • O Iraque cheira á merda, e gasolina gelatinosa.
  • O Iraque é a capital da Babilônia.
  • O Iraque está atualmente tentando entrar no Guinness Book por ter a maior quantidade de AK-47s por pessoa do que em qualquer outro país, eles estão atrás de Moçambique, com três armas a mais.

Referências

  1. Presidente eleito democraticamente segundo o Partido Democrata
  2. Que significa Brasília em árabe
  3. Abreviação de Hussein's Tube, o YouTube do Saddam Hussein

Ver também[editar]

Países da Ásia
Abecásia - Afeganistão - Arábia Saudita - Armênia - Azerbaijão - Bahrein - Bangladesh - Brunei - Butão - Camboja - Caracalpaquistão - Caxemira - Cazaquistão - China - Chipre - Chipre do Norte - Cingapura - Coreia - Coreia do Norte - Coreia do Sul - Curdistão - Egito - Emirados Árabes - Filipinas - Geórgia - Goa - Hong Kong - Iêmen - Índia - Indonésia - Irã - Iraque - Israel - Japão - Jordânia - Kuwait - Laos - Líbano - Macau - Malásia - Maldivas - Mongólia - Myanmar - Nagorno-Karabakh - Nepal - Omã - Ossétia do Sul - Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) - Paquistão - Qatar - Quirguistão - Rússia - Síria - Sri Lanka - Tadjiquistão - Tailândia - Taiwan - Território Britânico do Oceano Índico - Tibete - Timor-Leste - Turcomenistão - Turquia - Uzbequistão - Vietnã