João Batista Figueiredo

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

Esse foi o milésimo artigo dessa merda

Fantasia-de-toddynho.jpg
Nazi atheism.jpg

João Batista Figueiredo é Ateu.

Enquanto você lê isto, o dono deste artigo deve estar tomando Toddynho e fazendo "desbatismo" com secadores de cabelo...

(Lembrete: Deus não existe, mas é a causa de todo o mal do mundo.)

João Golpista Fedorento é um Brasileiro que foi ditador militar desta merda de país por uns 6 anos de governo, ele foi o sucessor do Boris Casoy e o antecessor do Abominável Homem das Neves, foi por alguns anos um péssimo presidente, pertencente ao partido do ARENA, ele também foi general do exército, e por alguns anos ditador malvado que mandava matar todo mundo que não concordava com ele. Ele gostava de mandar as pessoas pro Pau de Arará, torturar era o hobbie deles todos os dias, ele mandava pegar

João Fedorento torturando o seu povo, com o seu insuportável cheiro de sovaco.

diversos esquerdinhas que lutavam pela democracia no país e colocar na ponta do pau, por muitos anos ele foi o fodedor pessoal do Brasil, mas um dia ele teve que sair da presidência, pois como a ditadura já havia sido abolida, ele teve de renúncia seu cargo e ir embora. Ele meteu o pé de lá, mas muitas pessoas começaram a comemorar a sua saída, ele falou que sem a ditadura todo mundo iria ver o que era bom pra tosse, mas após a sua saída, ele foi embora pra casa assistir televisão e mandou tudo pra puta que pariu, ele foi viver a vida dele como deveria ter ido viver antes, porém ele não foi viver pois ele estava ocupado fodendo o Brasil naquela época, ele por muitos foi chamado de presidente mais ruim que o Brasil já teve e ao mesmo tempo o melhor ditador, por ter sido o último ditador dessa porra de país, ele caiu fora e ninguém nem lembrava mais da existência dele, por isso ele não deu muita importância, ele acabou falecendo na década de 90. E foi dessa pra melhor, ninguém foi no enterro dele, pois já que ninguém gostava dele (exceto os golpistas de direita) Ele foi embora sentar no colo do capeta.

Ver também[editar]




HAIL
   
Ditadores da República Bolsolavista do Brasil
v  d  e h

Governadores não tão gerais:

Tomé de Sousa - Duarte da Costa - Mem de Sá - Luís de Brito e Almeida - Lourenço da Veiga - Manuel Teles Barreto - Francisco de Sousa - Diogo Botelho - Diogo de Meneses - Gaspar de Sousa - Luís de Sousa - Diogo de Mendonça Furtado - Francisco de Moura Rolim - Diogo Luís de Oliveira - Pedro da Silva - Fernando de Mascarenhas - Jorge de Mascarenhas - Antônio Teles da Silva - António Teles de Meneses - João Rodrigues de Vasconcelos e Sousa - Jerónimo de Ataíde - Francisco Barreto de Meneses - Vasco de Mascarenhas - Alexandre de Sousa Freire - Afonso Furtado de Castro de Mendonça - Roque da Costa Barreto - Antônio de Sousa Meneses - António Luís de Sousa Telo de Meneses - Matias da Cunha - Antônio Luís Gonçalves da Câmara Coutinho - João de Lencastre - Rodrigo da Costa - Luís César de Meneses - Lourenço de Almada - Pedro de Vasconcelos e Sousa - Pedro António de Meneses Noronha de Albuquerque - Sancho de Faro e Sousa - Vasco Fernandes César de Meneses - André de Melo e Castro - Luís Pedro Peregrino de Carvalho e Ataíde - Marcos José de Noronha e Brito - António de Almeida Soares Portugal - Antônio Álvares da Cunha - Antônio Rolim de Moura Tavares - Luís de Almeida Portugal Soares Mascarenhas - Luís de Vasconcelos e Sousa - José Luís de Castro - Fernando José de Portugal e Castro - Marcos de Noronha e Brito

Reis Imperadores que em nada mandavam: Dom João VI - Dom Pedro I - Marquês de Caravelas (regente) - Senador Vergueiro (regente) - Francisco de Lima e Silva (regente) - Marquês de Monte Alegre (regente) - João Bráulio Muniz (regente) - Diogo Antônio Feijó (regente) - Marquês de Olinda (regente) - Dom Pedro II - Isabel Leopoldina (jure) - Pedro III do Brasil (jure) - Luís I do Brasil (jure)

Presidentes Primeiro-Ministros do Segundo Reinado:

Manuel Alves Branco - José Carlos Pereira de Almeida Torres - Francisco de Paula Sousa e Melo - Pedro de Araújo Lima - José da Costa Carvalho - Joaquim José Rodrigues Torres - Honório Hermeto Carneiro Leão - Luís Alves de Lima e Silva - Pedro de Araújo Lima - Antônio Paulino Limpo de Abreu - Ângelo Moniz da Silva Ferraz - Luís Alves de Lima e Silva - Zacarias de Góis - Pedro de Araújo Lima - Zacarias de Góis - Francisco José Furtado - Pedro de Araújo Lima - Zacarias de Góis - Joaquim José Rodrigues Torres - José Antônio Pimenta Bueno - José Maria da Silva Paranhos - Luís Alves de Lima e Silva - João Lins Vieira Cansanção de Sinimbu - José Antônio Saraiva - Martinho Álvares da Silva Campos - João Lustosa da Cunha Paranaguá - Lafayette Rodrigues Pereira - Sousa Dantas - José Antônio Saraiva - João Maurício Wanderley - João Alfredo Correia de Oliveira - Afonso Celso de Assis Figueiredo

República Velha: Deodoro da Fonseca (PN) - Floriano Peixoto (PN) - Prudente de Morais (PRF) (Manuel Vitorino) - Campos Sales (PRP) - Rodrigues Alves (PRP) - Afonso Pena (PRM) - Nilo Peçanha (PRF) - Hermes da Fonseca (PRC) - Venceslau Brás (PRM) - Rodrigues Alves (PRP) - Delfim Moreira (PRM) - Epitáfio Epitácio Pessoa (PRM) - Artur Bernardes (PRM) - Washington Luís (PRP) - Júlio Prestes (PRP) -

Era Vargas: Junta Governativa Provisória de 1930 (PN) (Augusto Tasso Fragoso, Isaías de Noronha, Mena Barreto) - Getúlio Vargas (PTB) - José Linhares (PTB) -

República Populista: Eurico Gaspar Dutra (PSD) - Getúlio Vargas (PTB) - Café Filho (PSP) - Carlos Luz/Nereu Ramos (PSD) - Juscelino Kubitschek (PSD) - Jânio Quadros (PTN) - Ranieri Mazzilli (PSD) - João Goulart (PTB) -

Dentadura Ditadura Regime Militar:Ranieri Mazzilli (PSD) - Humberto Castelo Branco (ARENA) - Artur da Costa e Silva (ARENA) - Junta Governativa Provisória de 1969 (PN) (Lira Tavares, Augusto Redemaker, Márcio Sousa de Melo) - Emílio Garrastazu Médici (ARENA) - Ernesto Geisel (ARENA) - João Figueiredo (ARENA PDS) -

Nova República: Tancredo Neves (PMDB) - José Sarney (PMDB) - Sílvio Santos (SBT) - Fernando Collor de Mello (PRN) - Itamar Franco (PRN) - Fernando Henrique Cardoso (PSDB) - Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - Dilma Rousseff (PT) - Michel Temer (PMDB) - João Dória (PSDB) Jair Bolsonaro (PSL PN)



Os piores Melhores Ditadores que não Tivemos

Lauro Sodré (PRF) - Quintino Bocaiuva (PRF) - Ruy Barbosa (PRP) - Borges de Medeiros (PN) - Góis Monteiro (PN) - Protógenes Guimarães (PN) - Eduardo Gomes (UDN) - Iedo Fiúza (PCB) - Mário Rolim Teles (PAN) - Cristiano Machado (PSD) - João Mangabeira (PSB) - Odilon Braga (UDN) - Altino Arantes (PSD) - Vitorino Freire (PST) - Alípio Correia Neto (PSB) - Juarez Távora (PDC) - Ademar de Barros (PSP) - Plínio Salgado (PRP) - Milton Campos (UDN) - Danton Coelho (PSP) - Henrique Teixeira Lott (PSD) - Fernando Ferrari (MTR) - Ulysses Guimarães (MDB) - Euler Bentes Monteiro (MDB) - Paulo Maluf (PDS) - Leonel Brizola (PDT) - Mário Covas (PSDB) - Afif Domingos (ALC) - Roberto Freire (PCB) - Aureliano Chaves (UNC) - Affonso Camargo Neto (PTB) - Enéas Carneiro (PRONA) - Orestes Quércia (MDB) - Esperidião Amin (PPR) - Ciro Gomes (PDT) - Alfredo Sirkis (PV) - José Maria de Almeida (PSTU) - José Serra (PSDB) - Anthony Garotinho (PTC) - Rui Costa Pimenta (PCO) - Heloísa Helena (PSOL) - Cristovam Buarque (PDT) - Marina Silva (PV - Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) - Aécio Neves (PSDB) - Luciana Genro (PSOL) - Pastor Everaldo (PSC) - Eduardo Jorge (PV) - Levy Fidélix (PRTB) - Fernando Haddad (PT) - Geraldo Alckmin (PSDB) - João Amoêdo (NOVO) - Cabo Daciolo (Patriotas) - Henrique Meirelles (MDB) - Álvaro Dias (PODE) - Guilherme Boulos (PSOL)