João Mascarenhas

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

João Mascarenhas, 4º marquês de Gouveia e 7º conde de Santa Cruz, foi o filho primogénito de D. Martinho Mascarenhas e Inácia Rosa de Távora. Apesar de casado, apaixonou-se por uma senhora também casada, fugiu com ela, mas que vulgaridade. Esse artigo terá muitos links vermelhos porque são uns assuntos tão tontos e obscuros que ninguém irá criar.

História[editar]

Sucedeu ao pai no cargo de mordomo-mor (que cargo é esse?) e em todos os vínculos, alcaidarias-mores e comendas de sua Casa.

Como o crime era gravíssimo e punido com as mais severas penas, viu-se impossibilitado de voltar ao reino, e renunciou a sua casa e títulos em favor de seu irmão D. José Mascarenhas da Silva e Lencastre, ficando este com uma posição na corte bem diferente da que tencionava. Se fodeu, foi correr atrás de um rabo de saia casado, tem mais é que se lascar mesmo, otário. Português sendo português.

Casara em Espanha em 15 de outubro de 1718 com D. Teresa de Moscoso y Aragón, viúva de D. Manuel Pimentel, Marquês de Malpica (isso mesmo que você leu, Mal pica!) em Espanha, filha de Luís de Moscoso Osório Mendoza y Rojas, marquês de Almazan y Poza, e de sua esposa D. Angela de Aragón. Não tendo filhos. Perca que esse artigo é só falando do parente do parente do parente de alguém, mas assunto que é bom NADA.

Estando casado, perdeu-se de amores por Maria da Penha de França de Mendonça (mano, isso é um artigo ou uma poesia romantista?), dama do Paço e esposa de D. Lourenço de Almada, e com ela fugiu para a Galiza e aí em Tui tentaram se esconder. Tendo sido ambos perseguidos pelo próprio rei de Portugal, ela acabou recolhida num convento, indicado pelo bispo de Tui, e o marquês foi obrigado a fugir para a Inglaterra. Diz «Nobreza de Portugal», tomo II, página 642 «refugiado pelo Mundo sem parte certa», depois de renunciar a seus direitos em favor do irmão, D. José Mascarenhas, para não sofrer os rigores da lei. Uma história de merda dessas certamente jamais ganharia uma biografia normal aqui na Wikimerda, então tem que ser essa cópia barata da Wikipédia com uns toques de idiotice.

Ver também[editar]