Anexo:Lista de Pesquisadores

De Wikimerda
(Redirecionado de Lista de Pesquisadores)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Eis aqui alguns motores de busca, de todos eles apenas o Google presta, mas foda-se.

Gringos[editar]

Ask[editar]

Não é desse ask que estou falando...

Não falo do Ask.fm, falo do motor de busca mesmo, um motor de busca somente disponivel em ingreis, ainda exste, por um tempo foi padrão do Firefox, mas depois este voltou a ser o Google, atualmente ele não faz mais parte das opções da barrinha lá em cima, sendo substituido pela Wikipédia.

Babylon[editar]

Logotipo do Babylon, um B (de Bosta)

Possui o nome por literalmente ter vindo da Babilônia, também não tem versão em português, este (diferente dos outros) não é um site, e sim um programa, que também atua como Google Translate, desde 2008 que quando se instala o Windows ele vem junto, e ninguém nunca conseguiu desinstalar esta porra, nem com exorcismo, o "desistale o babylon" é igualzinho ao Mude a cor do seu Facebook, se alguém te dizer, é virus.

Pesquisas científicas afirmam que qualquer um que falar "Babylon" 3 vezes na frente do espelho terá um derrame cerebral a ponto de usar e recomendar essa ferramenta de pesquisas.

Facemoods[editar]

O Facemoods é só um motor de busca padrão, geralmente acaba aparecendo no Firefox quando você instala os complementos, ninguém nunca busca naquela porra, simplesmente vai para o Google (ou pra qualquer outro), esse não tem seu logotipo na página inicial, sendo trocado por um belo de um SPAM aleatório, geralmente é aquela porra de "Google me paga 1 centavo e meio por hora pra eu não fazer porra nenhuma" ou "tome bomba e fique que nem esse tio fudido do lado" (o tio tá exageradamente bombado, ninguém quer ficar daquele jeito).

Search Results[editar]

Logo do Facemoods

Como o próprio nome já diz, é pra encontrar resultados, e como o nome sugere, está em inglês, seu layout tá completamente fudido, na página principal só tem uma página com fundo branco escrito "Web Images Videos" e a barra de pesquisa embaixo, SÓ, é o mais pobre que tem (é mais pobre até do que o bing, que pelo menos tem uma imagem aleatória bonita de Windows 7 no fundo), ninguém em sua sã-consciência utiliza esta droga (aliás, ninguém utiliza nenhum desses, todo mundo usa o Google).

Mundiais[editar]

Google[editar]

Entidade satânica em forma de motor de busca, atualmente propriedade de Otto Mann, que também trabalha como motorista de ônibus escolar.

Otto, atualmente programa o google para que se achem coisas em outros sites quando alguém pesquisa, resultados sejam encontrados, mas quando otto dá uma tragada, ele fica completamente louco e começa a fazer um ritual de macumba envocação do deus google em sua casa, e o deus google realmente existe, deus google promete dar muita benção ao otto se ele manipular as pessoas e tentar

Logo do Google

dominar o mundo através da internet, mas sem confundir a cabeça das pessoas, mas com pornografia, assim que alguém pesquisa algo no google, mesmo que seja de brincadeirinha, fica viciado naquilo que pesquisou, e mesmo que tenha decorado o link do site, vai pesquisá-lo no google, quando o efeito da droga faz efeito, otto não fica sabendo de nada, nada mesmo, absolutamente porra nenhuma do que fez (ferrar o mundo), a pergunta é: como otto consegue ser o dono da epresa mais famosa do mundo se ele é pobre e drogado?, bom a resposta é: ele não é pobre (assim como o Zelador Willy) a gente é que pensa que ele é, como acham que ele conseguiu dar um trato na máquina do Homer?, bem, continuando, o site foi criado justamente para louvar ao deus google (daí vem o nome), para manipular as pessoas bem mais rápido, foram criados o Google AdSense, Google Images, o Google Traslate, o Google Chrome, o Google Earth, o Google qualquer porcaria...

Bing[editar]

Bing mostrando que sabe das coisas mais do que o poderoso império do mal conhecido como Google a concorrência, note sua sabedoria no quarto link da página!

O Grande rival do Google, o bing odeia o Google, mas é por pura inveja, já que o Google é usado por 500% da população universal, enquanto o Bing só é usado por supersticiosos que acham que usar o Google dá azar/é coisa do diabo/é coisa de macumbeiro, esse tipo de idiotice.

Nos dias de hoje, podemos dizer que a Barra do Bing é que nem chulé. Por mais que se livre disso, essa desgraça sempre volta 1000 vezes pior.

Alguns nerds afirmam que conseguiram desinstalar a Barra do Bing, mas isso nunca foi confirmado. Provavelmente, a única maneira de se livrar dessa barrinha féladaputa, que ocupa 20 mb, é chamando um exorcista.

Yahoo[editar]

O Yahoo! pode ter mudado de dono, mas continua com todas no Lado Rosa da Força, como podemos ver neste spam anúncio direcionado a um suposto macho.

Sendo um visionário, o empresário vendeu a sua marca para dois universiotários nerds de uma tal Universidade de Stanford, que teriam pago milhões pela marca com a intenção de transformá-la no primeiro portal da história podre da internet.

Então se surgia o Yahoo! como conhecemos hoje, um motor de busca servidor de busca como conhecemos hoje e que teria além disso a possibilidade de oferecer serviços de e-mail a qualquer idiota que tivesse internet (e isso já nos anos 90).

Além disso, para esconder um pouco o poder da marca naqueles tempos e não atiçar os invejosos que achavam que eles queriam se transformar em uma nova Microsoft, eles criaram o Geocities, serviço noob de hospedagem de home pages pessoais que fornecia endereços como http://geocities.com/Area51/Rampart/1542 por exemplo. E que agora o Geocities fechou e todos os noobs que criaram suas páginas se ferraram e perderam seus sites.

É bem verdade que depois, assim como o Google fez com o Orkut, os senhores do Yahoo! viriam a assumir a paternidade de seu filho bastardo, dando um grande exemplo que seria seguido por todos os noobs da internet que usariam o lema de dividir para conquistar.

Tupiniquins[editar]

Mercado Livre[editar]

Esse nunca foi um motor de busca, só entrou na lista de opções para barrinhas, desde que os navegadores decidiram colocar sites que não são motores de busca na lista.

Wikipédia[editar]

Idem Mercado livre

BuscaPé[editar]

Site de fotos de produtos que auxilia você antes de ir andar na rua para fazer suas compras. Ainda, suja a Internet com banners.

Após alguns anos mostrando sempre o maior melhor preço para os internautas, o BuscaPé percebeu que perdia uma grande fatia do mercado, e resolveu abaixar todos os preços de todas as lojas fazendo seus usuários mais felizes. Com isso, toda busca de produtos resulta numa lista ordenada de lojas que pagam mais possuem os melhores preços.

Em 2000, com forte concorrência dos shopping chineses na 25 de Março e na Av. Paulista, o BuscaPé aliou-se ao Bondfaro que fazia comparações de artigos caninos. Com isso, tornou-se detentora da maior base de dados do mundo de imagens de produtos.

Ver também[editar]