Absolutismo

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

(Redirecionado de Monarquia)

Página de redirecionamento
Redirectltr.pngFascismo



"Pensa numa forma de governo bosta e multiplica por 30."


Vovo reclamao.jpg ESSE ARTIGO É COISA DE VELHO

Vê se você, meu jovem, não fica de traquinices escrevendo abobrinhas, seu badernista de meia-tigela, porque eu posso reclamar na delegacia do idoso e na previdência social que já estão me enrolando a mais de 20 anos aqueles malditos, miseráveis, safardanas..

Velho da praca.jpg
Hammer sickle clean2.png
Nazi.jpg
Esse artigo fala sobre opressão e dentadura ditadura!

Você DEVE aceitar o que tá escrito aqui SEM duvidar de nada. Não gostou? CALE-SE ou correrás o risco de sumir misteriosamente.

Josef Stalin e Adolf Hitler vigiam esse artigo!!!

Um típico monarca, sentado em seu trono

Cquote1.pngVocê quis dizer: AbsolutismoCquote2.png
Google sobre Monarquia
Cquote1.png Eu odeio a monarquia assim como qualquer outra coisa que tenha a ver com mona... Cquote2.png
Homofóbico sobre monarquia
Cquote1.png Cortem-lhe a cabeça! Cquote2.png
Rainha Elizabeth sobre um carinha que recusou a chupar sua frieira

A Monarquia (governo da mona) é uma forma relativamente nova de governo, que remonta à década de 1970. A monarquia é uma subespécie da teocracia em que a autoridade é dita pelo fantasma do rei Elvis Presley, e executada por seus agentes sobre a Terra. Seu poder em todo o reino é habilitado pelos discípulos do rei, que costumavam se chamar adolescentes histéricas e agora se chamam cabeludos piolhentos.

Monarquias vêm em dois tipos distintos, as monarquias constitucionais, onde o governo paga alguém pra te matar, e absolutas, onde o governo te mata com as próprias mãos. Antes de alterar o seu tipo de governo para a monarquia você deve primeiro ter pesquisado Código de Leis e Enterro Cerimonial. A monarquia é o único tipo de governo onde as decisões não têm poder de veto, não há discursos, a opinião é uma só e você que se foda.

Monarquia é doença?[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Monarquista
Coincidência?
Viva o Rei!

Sim, a monarquia é uma doença muito rara, sendo que apenas algumas pessoas na Noruega e no Brasil estão infectadas. A menos que seja curada, os afetados desenvolvem a ainda mais rara síndrome de Dom Pedro. Se esta se desenvolve, o afetado será uma pessoa muito problemática que irá receber um impulso incrível que irá reduzir 90% de sua função cerebral, fazendo com que o portador da síndrome acabe por conseguir enxergar todos os problemas do mundo mas apenas uma causa: República e apenas uma solução: Monarquia. As vítimas acabam por emigrar para São Paulo e para o Sul.

A única coisa que pode curar a doença é o infectado encontrar um companheiro que não esteja infectado (de preferência um escritor republicano que consiga, uma vez na vida, apontar outro culpado para problemas como o entupimento de um vaso sanitário ou um laxante que fez efeito na hora errada, o que inclui todos eles com a notável exceção do astrólogo Olavo de Carvalho). A partir daí, o companheiro deverá morar com ele e se tornar um monarca, que deverá literalmente escravizar o infectado. Assim ele perceberá que os problemas não se resolvem com abolir a República (frase utilizada pelos zumbis de The Walking Dead no idioma suaile, decifrada pelo Google Translate).

Para perceber se alguém está infectado com a monarquia, você deverá notar se o infeliz possui um furúnculo similiar a uma coroa em sua testa (deve-se notar que a maioria dos atingidos pela monarquia costumam escondê-la todos os dias, exceto em ocasiões formais). Após a primeira acumulação de pus, o sobrenome da vítima eventualmente irá apodrecer e cair. Quando o último nome desaparecer, vem um sobrenome que foi observado em todos os casos, ou seja, a pergunta em terceira pessoa. A doença não tem apenas impacto sobre as vítimas, mas também sobre aqueles que as rodeiam. Quando você for conversar com um monarquista, deve mencioná-lo na terceira pessoa, senão ele se irrita e manda cortarem sua cabeça.

Conforme a infecção vai se espalhando, as vítimas desenvolvem algum tipo de artrite, o que diminui as habilidades de fala.

História[editar]

Origem do nome[editar]

A palavra archia, em grego, significa poder. De acordo com a filosofia moderna, as possíveis formas de poder entre os homens são três: anarquia (poder anal), monarquia (poder da mona) e RDF (República Ditatorial Fascistíssima). Como resultado, os chefes-de-estado podem ser tanto anarcas quanto monarcas. O governo da mona, em especial, é uma forma de governo perpétua e inextinguível uma vez que as monas se sucedem sem interrupção.

Situação precedente[editar]

Para falarmos sobre a monarquia devemos analisar com firmeza a situação política em países como o Principado de Sealand e o principado de Mônaco, que possui este nome justamente por ser uma monarquia governada por monas.

Os líderes jesuítas, louvando a guerra para ter o mar, distribuíram bonecas Barbie para a população. Estes objetos primitivos nem sempre são tidos em conta, juntamente com muitos dos filmes da Disney que deturparam as mentes das crianças destas repúblicas. Agora, na verdade, eles querem todas as monarquias absolutas com a Barbie e seu marido/lacaio (tudo a mesma merda) Ken no poder. A monarquia, para funcionar, deve ser absolutamente super absoluta, muito absoluta, que se você não limpar sua bunda e o apartamento do vizinho, ao mesmo tempo, será jogada uma bomba em todo o distrito.

Mas o exemplo atual real é o Reino de Paz de Jesus.

Reino da Paz[editar]

Situação atual[editar]

Monarquias atuais[editar]

Tipos de monarquia[editar]

Monarquias constitucionais[editar]

Nestas monarquias, o poder dos sacerdotes do Elvis é moderado por, ou mesmo delegável totalmente a, um órgão eleito de imitadores do Elvis e representantes das gravadoras de Elvis, como a MonarKia e a Universal Monarchy.

Embora sejam vistas com desconfiança por outras nações, e costumem ver os países vizinhos com indiferença, as monarquias constitucionais tendem a ter excelentes registros de direitos civis e humanos, que são sempre acarinhados nestas monarquias, com muitas garantindo tanto a liberdade de ficar falado quanto o direito de usar o cabelo do Elvis e a roupa do Elvis, além da liberdade de chamar os discos do rei de um CD ou de um cacete K7.

Exemplos incluem o Irã, Detroit, Tampere e parte da Internet, livre de estados como Demi.fi.

Monarquias absolutas[editar]

Nesses estados, a palavra do rei é incorreta. Esses estados são firmemente condenados, até mesmo por moderados por:

Cada uma das pessoas sim não fez por alguma razão as mesmas pessoas sentar-se ao nível da monarquia.

Nestes países, os direitos dos cidadãos são limitados acentuadamente. O governo alimenta seus súditos utilizando a carne assada do cidadão que sumiu misteriosamente após recusar-se a beijar os dedos fedorentos do rei. O governo também possui pleno respeito ás mudanças climáticas, de forma que os cidadãos são sumariamente proibidos de se refrescarem quando o tempo está muito quente e de se esquentarem quando o tempo está muito frio. Por que? Porque o rei quer, cacete.

A ONU emitiu repetidas denúncias de monarquia absoluta, mas é incerto se este fato é conhecido nas próprias monarquias, desde que as resoluções da ONU voltaram marcadas com Return to Sender. Exemplos de monarquias absolutas incluem Brunei, Chade, África do Sul e Alemanha. O país fundamentalista mais notoriamente duro e cruel é a Inglaterra, a terra do Mr. Bean.

No final do dia, o método mais simples para determinar se um monarca é constitucional ou absoluto é encontrar o dito monarca e dizer em voz alta uma palavra adequadamente ofensiva de 4/5 letras. Se você não estiver morto em 4 segundos, então você pode ter certeza de que a monarquia não é absoluta. Se você não estiver morto em 10 segundos, então você pode ter certeza que não é monarquia.

Monarquia e tirania[editar]

A diferença entre a monarquia e a tirania é relativamente pequena. Entretanto, nessa diferença, a monarquia fica em desvantagem. O fato é que, o tirando alcança sua posição com astúcia, conhecimento acerca da natureza humana e diligência. O tirano costuma ter a capacidade de realizar alianças estratégicas antes da violência tática de curto prazo. O tirano tem que fazer tudo isso sabendo que outra pessoa é susceptível de fazer isso sozinha, então ele deve ser forte e firme, de alguma forma.

E o monarca? O monarca alcançou aquela condição simplesmente por ter saído da buceta da rainha, já tendo de nascença o direito de sentar no trono, não precisando fazer qualquer esforço. Sério, nenhum mesmo, três lacaios irão carregá-lo da cama para o trono, da cadeira para o trono, da privada para o trono. Aliás, o que há de tão legal em ficar o dia inteiro sentado em um trono?

Na Inglaterra, a monarquia é constitucional e não absoluta. Entretanto, a toda poderosa gostosa sexy Bruxa do 71 Rainha Elizabeth costuma passar o tempo se dedicando á caça esportiva de seres humanos com os quais ela não vai com a cara (ou seres humanos que ela sabe que não vão com a cara dela).

Monarcas famosos[editar]

60px-Uiquiilogo botante.gif
Para ler este artigo com um ponto de vista mais parcial, a Wikipédia tem um artigo sobre: Monarquia.


Ver também[editar]

Circle-contradict.png Este artigo parece contradizer um outro artigo: República. Não pense sequer em corrigir isto