Mutter

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


Nazi-rammstein.jpg

Upa upa cavalinho
Este artigo se refere á banda alemã mais badalada de todos os tempos, o Rammstein. O que significa que esse artigo pode ser pirotécnico e nacional-socialista. Tome cuidado!


Motar
RammsteinMutter.jpg
A capa do álbum fazendo apologia á eugenia
Lançado em 2001
Gênero Neue Deutsche Reich, Nazi-Metall, Metal industrial
Gravadora Mutter Music Records
Duração 45 minutos
Certificação Único álbum relativamente conhecido do Rammstein, e também o mais nazista.
Álbum Anterior Sens...Sehsh...Senshu...foda-se
Este álbum Leia o título do artigo novamente
Próximo Álbum Reise Reise


60px-Uiquiilogo botante.gif
Se quer ler um artigo com fontes fiáveis, a Wikipédia tem um artigo sobre: Mutter.


Mutter (do alemão: Mamãe) é o terceiro álbum da banda de alemã de nazi metal Rammstein. É o álbum mais nazista disparado da banda, contendo músicas que, ao contrário dos outros álbuns, deixam as mensagens nacional-socialistas explicitamente claras. Também é o mais conhecido, justamente por causa disso.

Músicas[editar]

Faixa Nome Descrição
1 "Mein Herz Brennt"
(Meu Coração Queima)
Nesta música, Hitler, em sua forma de espírito, chama as crianças dentro de suas cabeças enquanto elas dormem durante a madrugada, chamando-as para se juntarem ao exército do Quarto Reich e ao Partido Nacional Democrático da Alemanha.
2 "Links 2 3 4"
(Esquerda 2 3 4)
Versão em metal do hino da Alemanha nacional-socialista, sendo o glorioso hino que o incentiva á defender o seu país e livrá-lo da raça poderosa e mesquinha.
3 "Sonne"
(Sol)
Aqui o Sol representa a nova forma espiritual de Hitler, que surge todas as manhãs para iluminar o povo alemão.
4 "Ich Will"
(Eu Quero que você se foda)
Nesta música, Hitler é o próprio eu-lírico. Aqui ele manda suas mensagens para uma multidão de patriotas apoiadores de seu discurso libertador.
5 "Feuer Frei!"
(Abrir Fogo)
Esta música descreve o que fazer com suas espingardas em mãos ao encontrar um grupo de judeus subversivos: abrir fogo.
666 "Mutter"
(Mamãe)
Música que defende a prática da eugenia, descrevendo um ser narigudo que foi abortado pela sua mãe em nome da liberdade do corpo feminino da mulher alemã. Nesta música, o judeuzinho descreve todo o seu ódio á sua mãe e á todos os alemães por terem parado seus planos maléficos.
7 "Spieluhr"
(Caixa de música)
Aqui, o lado bondoso de Hitler se manifesta. Nesta narrativa, Hitler desenterra uma criança que foi enterrada viva com sua caixa de música por judeus malvados.
8 "Zwitter"
(Hermafrodita)
9 "Rein Raus"
(Dentro fora)
A música descreve a reprodução sexual adequada entre uma alemã loirinha e um alemão loirão para gerar uma linda criancinha alemã ariana.
10 "Adios"
(Adeus)
Essa aqui pode ser interpretada de duas formas: um adeus a um judeu nojento quando este está sendo morto na câmara de gás, ou um adeus ao Querido Líder quando este morre em nome da glória da Alemanha.
11 "Nebel"
(Nevoeiro)
Esta utiliza-se de metáforas para descrever o nevoeiro que trará de volta a grandeza nacional perdida, sendo este nevoeiro formado por Zyklon B.
12 "Halleluja"
(Aleluia)
Aqui, os soldados alemãs comemoram a morte de mais um judeu vagabundo.

Formação[editar]