Off the Wall

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar



Bad.jpg
The number of the beast.jpg

Este artigo fala sobre um álbum


E com certeza você comprou uma cópia pirata no camelô da esquina.


Gozei na Parede
Off the Wall.jpg
Michael e seu chulé
Lançado em 1979
Gênero R&B, Funk, Axé
Gravadora Epica
EKaralho-2469
Duração 40 minutos (só)
Certificação Disco de Platina pelas mais de 20 milhões de cópias pirateadas
Álbum Anterior Nenhum Preto Para Sempre
Este álbum Leia o título do artigo novamente
Próximo Álbum MWAHAHAHAHAHA!
60px-Uiquiilogo botante.gif
Se você não quer se informar e o seu objetivo é somente fazer uma pesquisa sobre seu trabalho de escola, a Wikipédia tem um artigo sobre: Off the Wall.

Babelfish.gifTraduzindo: Pega no meu pau
Babel Fish sobre Off the Wall

Off the Wall (Gozei na parede) é o álbum número 1[1] de Michael Jackson, lançado pela gravadora Epica Records. Mesmo o álbum tendo míseras 10 canções muito curtas e com apenas uma sendo de autoria de MJ, ele levou 2 anos pra ser gravado.

A única música do álbum composta por Michael (e também a mais famosa) é Don't Stop Till' You Get Enough (Goza na Vadia até ela engravidar), que é uma música sem vergonhammm que fala sobre comer cus. As outras músicas foram feitas pelo finado Paulo Macaco, pelo abacinado Severino Maravilha (que infelizmente não pode ver o resultado) e por um anônimo desconhecido.

História[editar]

Primeiro álbum gravado por Michael depois de acabar com o seu pobre nariz, graças a esse disco, Michael se livrou de outros trabalhos da Motown que seriam muito chatos ou desinteressantes. A ideia para o álbum se iniciou por um motivo simples (muito simples), por serem muito chatos, os álbuns do Jackson 5 começaram a decair rápido demais. Na cabeça de MJ e seus mano, o motivo das vendas estarem caindo era o fato deles não terem permissão de compor suas próprias músicas. Well, talvez seja verdade, não sei.

Então abandonaram a gravadora e assinaram contrato com uma tal de CBS Recópia. Onde puderam compor suas músicas, MAS rolou o que sempre rola em trabalhos em grupo escolares: Michael escrevia e compunha tudo enquanto seus irmãos jogavam RPG. Assim, MJ não teve outra escolha a não ser largar seus mano pra lá e se lançar em carreira-solo, criando suas próprias coreografias e mendigando pra pagar dançarinos (parece que ainda não era hora de largar os irmãos).

Enquanto dançava com um bando de palermas, Michael escorregou em uma nasca de bacana e caiu com a fuça no chão de concreto, como Michael Jackson era um astro, o SUS chegou em 10 segundos e meio e o levou até o açougue hospital. Como os médicos do SUS já eram incompetentes desde aquela época, a cirurgia foi muito mal-feita e Michael Jackson perdeu o seu precioso nariz para sempre, agora ficando com a voz de Lenny Leonard e voltando a velha voz de Ursinho Pimpão que possuia na infância.

Produção[editar]

MJ e seu sorriso falso. Por dentro ele está com uma puta dor no saco por causa da calça apertada

Apesar de um grande astro, Michael Jackson sempre foi pessimista, e achou que o resultado seria uma merda como os do Jackson 5. Ele também disse que queria mais liberdade criativa, outra que não foi uma de suas melhores ideias, de sua cachola só sairam duas das 10 músicas (Goza na Branquela até ela engravidar e Ralando Dia e Noite). Michael precisou recorrer a outros artistas, de inicio chamou um zé ruela desconhecido chamado Rod Flanders Temperton, membro de uma banda chamada Rétiueive. Apesar de ter cara de caipira, as músicas do zé ruela não eram tão ruins assim, em troca de um pão com ovo, ele compos 3 músicas para MJ (Foder Contigo, Gozei na Parede e Rebolando esse Funk Agora).

Com 5 músicas prontas, MJ saiu pra procurar mais otários artistas e acabou por encontrar Paulo Macaco em um McDonald's local[2]. Paulo estava deprimido por causa da briga feia com João Limão. Com a desculpa que era uma distração, Michael o fez compor uma música pra ele, chamada Namorada, que relatava todas as 4758558642 vadias que já haviam dado para MJ até o momento. Com 6 músicas prontas, Michael encontrou uma partitura na lixeira do tal McDonald's de uma música chamada Ela Saiu do Meu Cabaré, MJ pensou na possibilidade de ninguém ter visto aquilo até o momento e se arriscou a colocá-la em seu álbum.

Ainda faltavam 3 músicas, então MJ voltou até a Motown pedir seu emprego de volta quando viu Severino Maravilha compondo uma música chamada Te Fode Sozinho Aê, Severino a vendeu para MJ em troca de um cão guia. As outra duas músicas foram compostas por uma pulga local.

Faixas[editar]

A capa original

Músicas arquivadas[editar]

  • "Goin' to Rio" (Indo ao Rio) - Quando veio para o Rio de Janeiro e teve seu nariz roubado.
  • "Thank You For Life" (Obrigado pela Vida) - Agradecendo sarcasticamente á seu pai pela merda de vida que tem.
  • "What A Lonely Way To Go" - Tradução desconhecida, letra desconhecida, autor desconhecido, tema desconhecido.
  • "Sunset Driver" - Sobre o estrago feito por Mulheres no volante.

Singles[editar]

Single Lançamento Melhor
posição
"Goza na Branquela até ela engravidar" 28 de julho de 1979 1 (4758558642x)
"Foder Contigo" 3 de novembro de 1979 1 (4758558642x)
"Gozei na Parede" 2 de fevereiro de 1980 1 (4758558642x)
"Ela Está Fora de Meu Cabaré" 19 de abril de 1980 1 (4758558642x)
"Namorada" 16 de julho de 1980 1 (4758558642x)

Notas

  1. Na verdade é o número 5, mas o povo só conta a partir desse
  2. Na época ele ainda não era vegan, por isso era mais respeitado

Ver também[editar]