Planeta sem núcleo

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar

O planeta sem núcleo é um tipo teórico de planeta terrestre (que não é um planeta gasoso) que sofreu uma diferenciação planetária, mas, no entanto, não tem um núcleo metálico, isto é, o planeta é, na verdade, oco e, portanto, deve ser bem delicioso morar num planeta desses.

Origem[editar]

De acordo com um estudo de dois cientistas altamente ociosos que estavam pensando se trabalhariam ou jogariam Tetris 3D durante a madrugada, provavelmente há duas maneiras de um planeta sem núcleo ser formado, mas isso é apenas teoria, e do tipo mais embriagada possível. No primeiro caso teórico, o planeta, um asteroide do tipo Guina choca com esses planetas, deixando um oco no meio. O segundo caso teórico é que ocorrem terremotos poderosos de magnitude vinte e quatro da escala Kauan Desu, e se forma um oco interno, embora nesses casos o planeta se tornaria, hipoteticamente, um lugar bom para relaxar.

Tais planetas podem se formar em regiões mais frias e mais remotas da estrela central, mas novamente dizendo, isso é só teoria de dois sujeitos que não tinham NADA pra fazer. Após se formar, o planeta aumenta tanto de água materiais metálicos ricos e ricos em ferro. No entanto, o ferro metálico reage com a água formando óxido de ferro e de hidrogênio emitido antes da diferenciação do núcleo de metal tenha ocorrido. Sempre gotas de ferro são bem misturados e são pequenos o suficiente (1 cm), o resultado final esperado é que o óxido de ferro e é preso no manto, incapaz de formar um núcleo. Se você não conseguiu entender as três últimas frases, saiba que elas foram copiadas integralmente da Wikipédia, e realmente eu não consegui entender nadinha, então boa sorte tentando descobrir o que o autor chapado das drogas ilícitas tentou dizer.

Características[editar]

Antes de ler as características, saiba que a explicação a seguir foi tirada totalmente da Wikipédia, e serve como um alerta do porquê não se deve copiar trabalhos desse site maligno, sendo preferível copiar da Wikimerda.

Como diz a Wikipédia, "uma completa sem núcleo planeta silicato não têm um núcleo de fundição e, por conseguinte, não haverá nenhum campo magnético. Os tamanhos previstos de planetas sem núcleo são semelhantes dentro de alguns por cento, o que faz com que a interpretação da composição interna do exoplaneta com base em medições de massas planetárias e raios". Sim, a Wikipédia disse que as características desses tais planetas sem núcleo são isso aí. Foi a Dilma quem bolou essa teoria?

Não ver também, pois nunca terão artigos aqui na Wikimerda[editar]