Roberto Gómez Bolaños

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


Mamãe, No céu tem pão ? E MORREU !
Faleceu...

Roberto Gómez Bolaños já morreu!!!

Foi beber água junto aos peixes!!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno.


60px-Uiquiilogo botante.gif
Para ler este artigo com um ponto de vista mais parcial, a Wikipédia tem um artigo sobre: Roberto Gómez Bolaños.


Cquote1.pngVocê quis dizer: Olavo de CarvalhoCquote2.png
Google sobre Chespirito

Roberto Gómez Bolaños é (era) um escritor, ator, desenhista, caricaturista, escultor, diretor, roteirista, comediante e super-herói. Alguns dizem que este personagem singular no México é o irmão perdido de Zeus, Poseidon e Hades, nascendo do caos no ano 980 aC. Outros dizem que é filho de Quetzalcóatl, e outros dizem que nasceu de uma virgem. Mas a Wikimerda tomou a difícil tarefa de investigar a sua vida. Seu nome verdadeiro é José Guadalupe del Carmen Roberto Gómez Bolaños e Lerdo de Tejada, mas todos sabemos o seu pseudónimo artístico, Roberto Gómez Bolaños ou Chespirito.

Seus primeiros anos[editar]

Chespirito nasceu em um barril que foi perdido em um bairro. Há rumores que foi encontrado lá tequila adulterada e reduzida, uma prática que nunca foi vista no México. Por este motivo, o pobre Chespirito sofreu alucinações. Quando criança a sua mãe deixou-lhe e ele vivia em um barril, embora ele sustente que, na realidade vivia na casa número 8. Isso é um boato, dado que foram encontradas muitas evidências empíricas que mostram que sua infância foi vivida no barril, que emana misteriosos gases. Passou fome durante a sua infância, tão satisfeito que consumira uma incrível quantidade de estupefacientes e psicotrópicos. Uma vez que este não poderia morrer assim um bom homem deu-lhe um sanduíche de presunto, que também o viciou.

Não foi uma criança solitária. Um dia ele conheceu Chabelo (criatura ainda mais velha que Chespirito, nativa do planeta Marte), o personagem favorito das crianças, o amigo de todas as crianças, que trocou um sanduíche de presunto por um bando de seres imaginários. Foi rodeado por muitas pessoas, incluindo o varonil Ramón Madruga Valdez, a quem considera o seu pai. Mas isto não foi suficiente para o garoto Chespirito, que foi amigo de um garotinho chamado Quico, que era meio (meio?) burro. Ele foi considerado seu melhor amigo, porém o traiu ao mudar seu nome para Kiko e mudar de canal. Também encontrou uma ninfomaníaca chamado Chiquinha, que anos mais tarde também o traiu. A única pessoa em quem confiou foi um tal de Dona Florinda.

Período de depressão[editar]

Chespirito em sua fantasia comunista

Como todos os seus amigos o traíram novamente, Chespirito entrou em depressão. Não teve outra opção senão ser seduzido pelo lado negro da força. Ele aceitou com prazer a oferta desses seres maléficos. Logo começou a mudar sua aparência e não era mais o bonito rapaz vestindo roupas que não se encaixam, era agora um senhor de roupa escura e chamava a si próprio de Chaveco.

Chaveco foi um nem tão inepto ladrão que viveu na casa de seu amigo íntimo, Gordonfredo Botija (vulgo Botijão) e sua mulher, Maria da Chimoltrufia Expropriación de Torquemada e Petronila Lascurain Botija, e a verdade é que ele só queria assaltar uma tal Dona Chonita para comprar sanduíches de presunto. Fazendo isso, enfraqueceria a economia mundial de tal ordem que não haveria mais sanduíches de presunto. Fome apoderaria-se da humanidade e ele poderia dominar o mundo.

Durante estes anos, Chespirito passou por várias fases. Após o seu plano para dominar o mundo falhar, ficou louco e se autodenominou Pancada Bonaparte. Ele foi internado no hospital psiquiátrico, onde conheceu seu amigo Lucas Tanedo, um parente de seu antigo professor de primário.

Chapolin[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Chapolin
E não é que ele se deu bem?

Ao recuperar-se plenamente de sua loucura, ficou decidido a fazer o bem. Como ele não sabia o que fazer foi capturado por um dilema complicado, até que o seu velho amigo Quico o levou a um comício do Partido Democrata. Deslumbrado pela quantidade de burrice, Chespirito decidiu criar um único e extremamente masculino traje, a fim de aterrorizar qualquer vilão.

Em um curto espaço de tempo tornou-se o Chapolin Colorado, um anti-herói comunista armado com uma arma de destruição maciça: a marreta biônica, que é capaz de destruir qualquer ser humano. Definitivamente, você não poderia suportar o golpe desta marreta. O triste fim de Chapolin foi quando, na luta contra seus inimigos, se tornou viciado em anfetaminas e comprimidos de encolhimento. Há rumores de que enquanto o corpo aumentava, a parte de baixo diminuía, embora só quem possa confirmar seja Florinda.

Cquote1.png Tomar uma xícara de café com um sanduíche de presunto é muito melhor que sexo! Cquote2.png
Florinda

Envelhecimento[editar]

Chespirito na infância, sob efeito da tequila

Em idade avançada, Chespirito já estava cansado de ser um anti-herói, então, pesquisou por uma identidade secreta e encontrou-a, colocando como um médico. Doutor Chapatin foi seu nome, ele trabalhou na companhia de uma enfermeira que lhe lembrou vagamente a Dona Florinda, até sua aposentadoria em 1995. Agora ele está vivendo em um local secreto com sua esposa Florinda Meza, que tem uma misteriosa semelhança com os suas eternas companheiras: A Dona Florinda e a Chimoltrufia. Acredita-se que usava seu[1] personagem Chapatin para fazer consultas médicas nas farmácias como médico, sem pagar um centavo. Diz-se que no saco que sempre traz um viagra para recordar velhos tempos ou para aguentar o tranco quando beijar sua esposa.

Recentemente, no México, Chespirito revelou o seu passado obscuro, em suas próprias palavras:

Cquote1.png Quando eu estava no ventre de minha mãe ela sofreu um acidente que a colocou à beira da morte, o médico disse: "terá que abortar", e ela respondeu: "Sim, esta criança foi um produto indesejável de uma noite de bebedeira ..." mas a minha mãe não contava com minha astúcia e eu rapidamente saí de seu ventre e assassinei a sangue frio o médico, para proteger a vida...a minha vida. Cquote2.png

As suas declarações tiveram um impacto importante sobre o mundo: o mercado de ações caiu 23 pontos, a temperatura aumentou 2 ° C e um monte de gente defendendo suas vidas tomaram as ruas em todo o mundo a gritar "aborte a lei, não a vida!"


Notas

  1. Sim, sua personagem não faz sentido uma vez que Doutor Chapatin era louco, mas não o suficiente pra trocar de sexo

Ver também[editar]