Vinte (árbum)

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


Bad.jpg
The number of the beast.jpg

Este artigo fala sobre um álbum


E o Bart Simpson já completou o dele com figurinhas da copa.


Cquote1.png Vendo por tres real Cquote2.png
Vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por dois real Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por um real Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por cinquenta centavo Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por trinta centavo Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por dez centavo Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Vendo por cinco centavo Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png O meu é de graça (por favor, alguém compra essa porra) Cquote2.png
Outro vendedor sobre Vinte
Cquote1.png Ninguém comprou Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Vinte

Vinte é o álbum número vinte de Seu Creysson, lançado pela gravadora "Ninguém cômprio seu CD Récordios" em 4567.

Sucesso comercial[editar]

O álbum pareceu vender mais de oito mil cópias, todas compradas pelo próprio Creysson, mas ele nunca escutou, ficou metade do dia cagando e metade do dia dormindo (sortudo, não vai pra Escola).

Ninguém também nunca escutou as letras, porque elas não falavam exatamente sobre porra nenhuma, ele levou dez minutos pra gravar todas as músicas, e nem sabia que estava fazendo isso porque não sabe o que que é música, nem o que que é fazendo e nem o que que é isso (eu ia dizer que era melhor ele consultar o Dicionário Otário, mas ele não sabe ler).

Foi tudo gravado no Karaoke do vizinho, lançado pela Ninguém compra seu CD Records, e distribuido pelo Sílvio Santos (sabe, Creysson pagou pro silvio, e como silvio Topa Tudo por Dinheiro...), as lojas concordaram em vender, porque sempre concordam em vender qualquer coisa porque também Topam Tudo por Dinheiro.

Formação[editar]

  • Carla Perez - Na bateria (mas ela não sabe o que é isso)

Faixas[editar]

1- O meu sabor preferido de Mousse é o de Merda
2- Meu perfume preferido é o de peido
3- Eu nasci, eu nasci, na puta que te pariu...
4- A culpa é minha e eu boto ela em quem eu quiser
5- Cala a boca, porra
6- Eu gosto de bucetas, amo a minha
7 Eu so mais gordo que o fostaum
8- Ocho
9- Lá vai o chaves
10- Vintio

Ver também[editar]